110 anos comemorados com estilo

Que bela iniciativa! O Sport Lisboa e Benfica está hoje de parabéns! São 110 anos de glória! Ora os responsáveis da Luz resolveram comemorar esta data importante com a inauguração de uma estátua de homenagem a Bela Guttmann, treinador que venceu as duas Taças dos Campeões da Europa pelo SLB.


É precisamente uma estátua do húngaro com os dois troféus que o Benfica desvendou nesta sexta-feira e que ficará ao lado do memorial a Miklos Féher, compatriota de Guttmann, na porta 18.

A cerimónia da inauguração contou com a presença, entre outros, do vice-presidente do Benfica, Rui Gomes da Silva, e do secretário de Estado do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Hungria, Zsolt Németh. Hoje, em entrevista ao DN, o governante húngaro disse que espera ver dissolvida a maldição de Béla Guttman contra o Benfica com a inauguração desta estátua. E explicou como surgiu a ideia.

"O Benfica ganhou duas Taças dos Campeões, em 1961 e em 1962, uma contra o Barcelona e outra contra o Real Madrid. Guttman Béla era o treinador nessa altura e quis um aumento de salário. No clube disseram que isso não estava no contrato. Então ele disse, se não me dão vou-me embora, mas amaldiçoo-os: durante 100 anos o Benfica não vai voltar a ganhar a Taça dos Campeões. Passaram 50 anos desde então e o Benfica não ganhou. Foi então que o embaixador da Hungria, Norbert Konkoly, surgiu com uma solução para este problema. Falou dela ao presidente do Benfica [Luís Filipe Vieira] e ele concordou. A solução é colocar uma estátua de bronze enorme, de dois metros, no estádio do Benfica com as duas Taças dos Campeões nas mãos. E depois ele regressa. E, regressando, a maldição desaparece e, desaparecendo, veremos resultados. É esta a história", explicou Zsolt Németh, dizendo que o acontecimento é tão importante para os benfiquistas como para os húngaros.
Read More

Gaitán inventa livre à Panenka

A expressão não é minha mas é realmente uma óptima descrição para o que Gaitán fez ontem... Grande cobrança de um livre directo contra o PAOK



Read More

Benfica 3-0 PAOK: bilhete para Londres

O Benfica passeou classe nos 16avos de final da Liga Europa 2014 tendo vencido o PAOK da Grécia por 4-0 no total da eliminatória. Hoje, no Estádio da Luz, venceu a partida por 3-0 e carimbou encontro escaldante com o Tottenham na próxima fase desta competição europeia. Antes disso, e já amanhã, este grandioso clube vermelho está de parabéns!

No seu jogo 250 à frente do SLB, Jorge Jesus, que conseguiu a sua vitória 175, apresentou o seguinte 11: Artur; Maxi Pereira, Luisão, Garay, Sílvio; Rúben Amorim, André Gomes, Djuricic; Gaitán, Salvio, Óscar Cardozo.


1ª parte dominada pelo Benfica com boas oportunidades para Cardozo e com uma quantidade inaceitável de agarrões aos avançados do SLB que o árbitro deixou passar na área de rigor máximo. 
Já a 2ª parte começou com o PAOK por cima, com a bola no meio campo das águias mas sem grandes oportunidades. Mas, lá está, as equipas pensam que estão a encostar o Benfica e a equipa lisboeta desfere um contra ataque fatal e mata a partida. Katsouranis teve que travar Lima, quando este seguia isolado, e viu o vermelho directo; na cobrança do livre directo, Gaitán abriu o marcador com um livre à Panenka!
Foi o final da equipa grega que em 9 minutos sofreu 3 golos: Lima, de penalty e Markovic fecharam o placard.

Com os próximos adversários ingleses apenas 2 jogos na história: 1 vitória e 1 derrota nas meias finais da Taça dos Clubes Campeões da Europa, a caminho do bicampeonato europeu de 1962.

Homem do Jogo: Gaitán, marcou o 1º golo e foi de uma entrega e esforço notáveis. Mais um jogo sem sofrer golos...

Read More

Nunca na história do FCP de Pinto da Costa

Nunca tinha acontecido... Desde que Pinto da Costa tomou conta dos destinos do emblema da Invicta nunca o FC Porto tinha perdido um jogo em casa para o campeonato em que o golo que decide os três pontos, para o adversário, tenha sido marcado através de um pontapé de grande penalidade. Ou seja, o que o Estoril conseguiu no Domingo passado foi mais histórico do que se poderia pensar.

Foi apenas a 21ª derrota na Liga neste período de tempo e segundo as fichas de jogo disponibilizadas pelo ZeroZero.pt foi a 1ª vez que tal sucedeu.

Read More

Temos candidato Real

Que grande Real Madrid que se apresentou em casa do Schalke 04 para conseguir resolver a eliminatória e conquistar apenas a 2ª vitória em solo germânico do poderoso emblema espanhol. Foram 6-1 mas poderiam ter sido muito mais! 2 golos do Benzema, 2 do CR7 e 2 do Bale. Grandes jogadores, grandes golos e grande candidato!

Neste momento para mim esta é a ordem dos candidatos ao ceptro europeu:
  1. Bayern Munique
  2. Real Madrid
  3. Barcelona
  4. PSG
  5. Chelsea
Read More

Benfica TV rouba assinantes à Sporttv

O lançamento da Benfica TV teve um impacto no negócio da Sport TV, que perdeu clientes para o canal do clube das águias e atingiu um mínimo de subscritores desde 2008.
Esta informação consta do projeto de decisão da Autoridade da Concorrência (AdC) sobre a fusão da Sport TV, um negócio que o regulador enviou para investigação aprofundada, como o CM revelou na segunda-feira.

Segundo a AdC, existiu "uma descida significativa de subscritores da Sport TV" em junho e julho de 2013, antes do início de emissões da Benfica TV. Nessa altura, "o número de clientes da Sport TV desceu abaixo [valor confidencial] pela primeira vez desde 2008". Apesar de a Sport TV apontar a crise económica como justificação para a perda de subscritores nos últimos três anos, a AdC conclui que a descida em 2013 "é particularmente acentuada", isto apesar de em agosto se ter "registado alguma recuperação", que estará ligada à "reação estratégica da Sport TV", que lançou a "Sport TV Live, a um preço idêntico ao da Benfica TV (9,90 euros)". Segundo o clube das águias, a Benfica TV já conta com 307 mil clientes.

De acordo com o documento, até 10% das angariações da Benfica TV na Zon são de clientes que deixaram de subscrever a Sport TV. Já no MEO, da PT, e na Cabovisão, 10 a 20% dos clientes que subscreveram a Benfica TV saíram da Sport TV.

Fonte: Correio da Manhã
Read More

Coluna assina pelo Benfica celestial

Uma bela homenagem do blog Cabelo do Aimar


Read More

Coluna: um senhor e um monstro sagrado

O FIFA.com presta uma bela e justa homenagem a Mário Coluna, ele que foi considerado pelo organismo máximo do futebol um dos 100 melhores do último século:

O Alto-Mahé tem algo de especial. Foi nesse bairro de Lourenço Marques, actual Maputo, capital de Moçambique, que nasceram grandes nomes do futebol como Matateu, Vicente e Hilário e também foi aí que cresceu um jovem chamado Mário Esteves Coluna, que se viria a tornar num dos melhores futebolistas portugueses de todos os tempos.

Filho de pai português e mãe moçambicana, o jovem Mário não demorou a mostrar grandes capacidades físicas e queda para o desporto. Em pequeno, era perito a trepar árvores para apanhar manga ou caju e, por isso, ouvia muitas reprimendas do pai, antigo guarda-redes e um dos fundadores do clube Desportivo de Lourenço Marques.

E foi no Desportivo que Coluna abraçou o desporto. No basquetebol não passou da equipa de reservas, mas surpreendeu no atletismo, tornando-se recordista nacional do salto em altura. Porém, a glória estava guardada para dentro das quatro linhas, para um avançado que, ainda adolescente, chamou a atenção dos três grandes clubes portugueses.

Tinha sido impedido de jogar pelo Desportivo de Lourenço Marques numa digressão à África do Sul, por causa das leis do apartheid, mas no duelo da segunda mão, em casa, vingou-se e marcou os sete golos da vitória da sua equipa. Nada mau para um miúdo de 17 anos. Tão bom que recebeu, pouco depois, uma proposta do FC Porto, seguindo-se o Sporting, que dobrou o valor da oferta, mas a vontade do pai e o facto do Desportivo de Lourenço Marques ser uma filial do Benfica traçaram-lhe o destino. E que destino...


Um passo atrás, dois em frente

Em 1954, com 19 anos, chega a Lisboa depois de uma incrível viagem de avião que durou qualquer coisa como 34 horas e que o levou até ao Lar do Jogador do Benfica, onde ficavam a viver os jogadores que não tinham casa própria. Coluna não gostou e os primeiros tempos não foram fáceis.

Tinha chegado com rótulo de estrela, mas ainda demorou um pouco a convencer o então técnico do Benfica, Otto Glória. Afinal, para a posição de ponta-de-lança já existia José Águas, mas o treinador brasileiro viu mais longe. Percebeu as qualidades de passe e a forte presença em campo do jovem e apostou que Coluna poderia vir a ser um grande médio. Aposta mais que ganha.

A estreia com a camisola encarnada aconteceu num amigável com o FC Porto e, no primeiro jogo oficial para o campeonato português, o ainda adolescente mostrou para o que vinha. Marcou dois golos na goleada (5-0) contra o Setúbal, os primeiros de muitos que viria a assinar durante as 16 épocas consecutivas que representou a equipa lisboeta, pela qual fez 677 jogos e marcou 150 golos oficiais.

E se os números não dizem tudo, os títulos mostram bem o que Coluna conseguiu no Benfica. Até 1954/55, o Sporting dominava o futebol português, mas nas 16 épocas que se seguiram o Benfica somou nada mais nada menos do que dez títulos nacionais e seis Taças de Portugal, além de atingir a glória europeia, com Coluna a marcar um dos golos na conquista da primeira Taça dos Campeões Europeus, em 1960/61, frente ao Barcelona.


Coluna não, Senhor Coluna

Quando, no final de 1960, chegou a Lisboa mais um jovem vindo de Moçambique, já Coluna era uma das grandes figuras do Benfica campeão europeu. Esse jovem também era natural de Lourenço Marques e dava pelo nome de Eusébio da Silva Ferreira. Chegou à capital portuguesa jovem, tímido e com uma carta no bolso para entregar a Coluna.

Afinal, as famílias de Coluna e Eusébio conheciam-se de Lourenço Marques e a mãe do Pantera Negra, preocupada com o bem-estar do filho em Lisboa, escreveu a Coluna a pedir que olhasse pelo jovem Eusébio. Foi o que fez aquele que, até hoje, se considera o “padrinho” de uma dos maiores avançados de todos os tempos do futebol mundial.

Levou Eusébio a abrir a primeira conta num banco e, todos os meses, tratava das suas finanças até que o adolescente se tornou adulto e constituiu família. Juntos, dentro de campo, ajudaram o Benfica a conquistar o segundo título de campeão europeu.

Em 1961/62, a final da Taça dos Campeões Europeus colocou frente-a-frente Benfica e Real Madrid. Os espanhóis chegaram ao intervalo a vencer por 3-2, com três golos de Puskás, mas a reviravolta na segunda parte começou com um golo de Coluna, cabendo a Eusébio fazer o resto.

Aos 17 minutos do segundo tempo, o árbitro marcou uma grande penalidade a favor do Benfica e Coluna preparava-se para cobrar o castigo máximo quando ouviu a voz tímida de Eusébio: “Senhor Coluna, posso marcar o penálti?”. Assim mesmo, com a reverência do título de senhor, Coluna acedeu ao pedido e o Pantera Negra fez o 4-3, antes de bisar e fixar o resultado final em 5-3.

E no final desse jogo em Amesterdão, o jovem Eusébio tinha mais um favor a pedir ao “senhor”Coluna. Tímido, não teve coragem de pedir a camisola do seu grande ídolo Alfredo Dí Stefano e foi Coluna que se dirigiu ao hispano-argentino para pedir a camisola do Real Madrid que Eusébio guardou nos calções durante os festejos e que considera, até hoje, como um dos maiores troféus que conquistou no futebol.
Depois da Europa, o Mundo
Foi da base do Benfica bicampeão europeu – e que perdeu as três finais seguintes, sempre com Coluna como capitão - que se construiu a selecção portuguesa que viria a brilhar na Copa do Mundo da FIFA Inglaterra 1966. Germano era o capitão da equipa, mas como não era titular, a braçadeira foi entregue a Coluna que, em terras de Sua Majestade, mostrou a classe do costume no centro do terreno, ajudou Eusébio a sagrar-se o artilheiro da competição e levou Portugal ao terceiro lugar do Mundial, feito que ainda é, até hoje, o melhor da selecção das Quinas em Copas do Mundo.

Depois da epopeia inglesa, Coluna voltou para mais três épocas no Benfica, do qual se despediu em 1969/70 partindo para um ano ao serviço do Lyon. O regresso ao Estádio da Luz aconteceu em Dezembro de 1970 para um jogo de homenagem frente a uma selecção mundial onde estavam nomes como Johan Cruyff e Bobby Moore, entre muitas outras vedetas. Alinhou 15 minutos com a camisola encarnada, saindo debaixo de uma enorme ovação. Estava previsto jogar alguns minutos pela outra equipa, mas recusou-se. Afinal, não conseguia defrontar o clube do coração.

Já era o Monstro Sagrado dos benfiquistas, o Didi Europeu como lhe chamavam os jornalistas brasileiros, ou, simplesmente, o Senhor Coluna como lhe chamava Eusébio.
Read More

Morreu o nosso capitão

A notícia já era esperada mas nem por isso menos triste. Faleceu hoje, em Maputo, Mário Coluna, aos 78 anos, um dos maiores jogadores da história do Benfica, o jogador que mais vezes vestiu a braçadeira de capitão do SLB - o Monstro Sagrado da Luz. Que descanse em Paz!

Obrigado por tudo. E foi tanto...
Rei Eusébio e Rei Coluna nunca poderiam estar separados.

Épocas ao serviço do Benfica: 16
Total de Jogos pelo Benfica: 525
Total de Golos pelo Benfica: 127

Títulos pelo Benfica:
2 Taças dos Campeões Europeus
10 Campeonatos Nacionais
7 Taças de Portugal



Read More

Liga da Verdade 2013/14: 20ª Jornada

20ª Jornada
Benfica 1-0 V. Guimarães (Nuno Almeida)
- Bem no lance do único golo da partida e bem ao não expulsar Addy com 2º amarelo ainda na 1ª parte.

FC Porto 0-1 Estoril (Vasco Santos)
- Penalty e expulsão bem assinalada contra o FC Porto: é o lance do único golo da partida (77') e é indiscutível a falta de Mangala sobre Evandro. Bem também na cor do cartão para o defesa do FC Porto.
- Passou em claro entrada muito dura, e respectivo amarelo, de Mangala sobre Diogo Amaro (9').


Rio Ave 1-2 Sporting (Jorge Ferreira)
- Nada a assinalar

19ª Jornada
P. Ferreira 0-2 Benfica (Duarte Gomes)
- Nada a assinalar

Gil Vicente 1-2 FC Porto (Paulo Baptista)
- Assinalou e mal um fora de jogo, em que o avançado da equipa de Barcelos se isolava, com o resultado em 0-0 (8').
- Entrada muito dura de Quaresma sobre Luís Martins que poderia ter valido um cartão vermelho (16').

Sporting 1-0 Olhanense (Hugo Miguel)
- Golo mal anulado ao Sporting: com o marcador em 1-0 Fredy Montero coloca a bola dentro da baliza mas o assistente anula mal o lance (28'). Não há fora de jogo na sequência do livre indirecto.

18ª Jornada
Benfica 2-0 Sporting (Marco Ferreira)
- Nada a assinalar

FC Porto 3-0 Paços de Ferreira
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: é o lance do 1-0 e entende-se o critério do árbitro ao assinalar a mão do defesa pacense Seri.
- Muitas dúvidas em lance idêntico (mão na bola) na área dos visitantes em que se pediu penalty (6').
- Assinalou e mal um fora de jogo, em que o avançado dos visitantes se isolava, com o resultado em 1-0.

17ª Jornada
Gil Vicente 1-1 Benfica (Bruno Paixão)
- Penalty bem assinalado a favor do Benfica: no lance que dá o 0-1 é claro o pontapé de Brito em Nico Gaitán (60').
- Penalty duvidoso assinalado a favor do Benfica: fiquei com muitas dúvidas no penalty assinalado sobre Djuricic já nos descontos. Como todos sabem Cardozo não marcou e o eventual erro de Paixão não trouxe consequências.
- Penalty por marcar a favor do Benfica: aos 52' Rodrigo é impedido de fazer o 1º golo do jogo por João Vilela.
- 1º amarelo a Siqueira mal mostrado pois não existe simulação nenhuma (37'). O brasileiro do SLB viu o 2º amarelo depois, esse indiscutível, mas que deveria ter sido o 1º e não a expulsão (58').
- Será que Bruno Paixão aprendeu a Lei da Vantagem? Ao menos foram as duas equipas que se podem queixar das repetidas faltas a beneficiar o infractor.

Marítimo 1-0 FC Porto (Nuno Almeida)
- Penalty bem assinalado contra o FC Porto: no lance capital do jogo, o do único golo, esteve bem ao assinalar penalty de Danilo sobre Danilo Pereira.

Sporting 0-0 Académica (Paulo Baptista)
- Penalty não assinalado a favor do Sporting: Halliche joga a bola com o braço dentro da área de rigor da Briosa mas o árbitro não assinalou o respectivo castigo máximo (69').
- Dúvidas num lance na área do SCP entre Adrien e Fernando Alexandre quando a 1ª parte acabava. Agarrões de parte a parte num lance de bola parada com Adrien a ser o mais ostensivo. Para quando uma decisão//recomendação da FIFA nestes lances?
- Cartão amarelo a William Carvalho bem mostrado, que tira o médio do derby da próxima jornada.

16ª Jornada
Benfica 2-0 Marítimo (Hugo Miguel)
- Golo mal validado a favor do Benfica: é a jogada do 2-0, aos 36 minutos, e Rodrigo está em fora de jogo quando Markovic lhe passa a bola.
- Penalty não assinalado a favor do Benfica: Markovic é rasteirado e em vez do penalty vê o cartão amarelo (75').

FC Porto 3-0 V. Setúbal (Hugo Pacheco)
- Nada a assinalar

Arouca 1-2 Sporting (Cosme Machado)
- Mal assinalado o canto a favor do Sporting que dá no golo do empate de Rojo (25').
- Critério muito apertado nas expulsões, uma para cada lado (Tinoco e Rojo), por duplo amarelo na 2ª parte. Evitável.

15ª Jornada
Benfica 2-0 FC Porto (Artur Soares Dias)
- Penalty por assinalar a favor do Benfica: clara a mão na bola de Mangala depois de cabeceamento de Matic (51'). E o árbitro viu pois está mesmo a 2 metros e a olhar para lá.
- Penalty por assinalar a favor do FC Porto: empurrão de Garay a Quaresma que Soares Dias deixou passar em claro.
- Mal na expulsão a Danilo, não há penalty mas também não há simulação nenhuma (74').
- Com o marcador em 2-0, não permite que Jackson se isole ao não dar a lei da vantagem (58').
- Má exibição do árbitro natural do Porto que somou muitos erros. Por exemplo, fora de jogo escandaloso que Jackson quase aproveitou no final da 1ª parte, amarelo a Jackson por varrer contra ataque do SLB e no último lance do jogo não mostra vermelho a Mangala que varre jogador isolado do SLB - assinala a falta e depois volta atrás para dar bola ao ar (?!?!?!?!).

Estoril 0-0 Sporting (Pedro Proença)
- Nada a assinalar

Read More

Golo do Dia: o chapéu de Markovic

Foi um dos momentos altos da jornada 20! O grande golo com que Markovic ofereceu mais 3 pontos ao Benfica



Read More

Benfica 1-0 V. Guimarães: super Markovic

O Benfica venceu o V. Guimarães por 1-0 no jogo da 20ª Jornada da Liga Zon Sagres 2013/14 e tem agora 7 pontos de avanço para o FCP. Como em quase todos os campeonatos este foi um dos jogos mais difíceis para os encarnados em sua casa e o Vitória vendeu cara a derrota mas o SLB está muito sólido tacticamente neste momento e com uma verdadeira defesa de betão.
Grande destaque individual para Markovic que fez um jogo espectacular e marcou o único da partida. O sérvio aliás é perito em golos importantes e a sua magia já valeu 5 pontos nesta Liga. Os mesmo que temos para o 2º classificado...


Foi um SL Benfica com algumas baixas por castigo que se apresentou no Estádio da Luz para tentar aproveitar a escorregadela do tri-campeão. Sem Gaitán e Maxi Pereira, Jorge Jesus apresentou os seguintes jogadores: Oblak, Sílvio, Luisão, Jardel, Siqueira, Fejsa, Enzo, Markovic, Sulejmani, Lima e Rodrigo.
O grande capitão Luisão, o nosso nº 4, chegou hoje aos 400 jogos oficiais com a camisola berrante do Benfica e está de parabéns. Hoje como há 11 anos estava no Estádio para te ver jogar. Ainda me lembro da tua estreia. Obrigado por tudo!

A partida começou logo com uma grande oportunidade de golo de Rodrigo que na procura do seu melhor pé perdeu tempo na pequena área. A entrada forte das águias foi interrompida por um lance caricato que tirou Jardel do campo durante alguns minutos e fez a equipa jogar com 10. Aproveitou o Vitória para equilibrar o jogo, mostrando qualidade de passe, retenção de bola e comandando alguns minutos da 1ª parte. Só que iam abrindo espaço na defesa para as arrancadas mágicas de Markovic que fez um 1º tempo parte ao nível dos melhores jogadores do mundo. Chegou ao golo numa jogada em que rompeu a subida dos defesas adversários e, aproveitando assistência de Rodrigo, ofereceu um chapéu ao GR adversário e carimbou o único golo da partida (40').

2ª parte que também começou com uma arrancada de Markovic mas que foi muito mais calma e com o SLB a saber colocar gelo nos acontecimentos. É a grande diferença desta versão do Benfica de Jorge Jesus, sabe ter bola e posicionar-se para que o adversário não consiga subir. Pragmáticos e controladores. E o treinador do Benfica não tem de ter medo em colocar Rúben Amorim mais cedo, com a entrada do médio a equipa adversária acabou.

Foi então aproveitada a 100% a crise do dragão e fica apenas uma curiosidade: alguma vez, há alguns anos atrás, o SLB jogaria, depois de uma noite europeia, numa 2ª feira e o FC Porto no Domingo? Não. São pequenas coisas que vão acabando e que, todas juntas, faziam o famoso polvo. Agora a Sporttv tem de se preocupar com as audiências da concorrência e a Benfica TV, ao escolher quando as águias jogam, a estação do clube coloca o canal de Oliveira e o FCP em maus lençóis.

Homem do Jogo: Markovic, mágico! Faz lembrar João Vieira Pinto. É que não foi só o melhor jogador desta partida. Fez um dos melhores jogos individuais de todo o campeonato.
Read More

Todos contigo Mário Coluna

Parece que o Monstro Sagrado do Benfica, Mário Coluna, bicampeão europeu pelo SLB, está com graves problemas de saúde. Ele sempre foi o meu ídolo daquela geração e junto-me a toda a família benfiquista a desejar as melhoras no seu estado de saúde. Já chega de perdas irreparáveis em 2014 por favor!


Read More

Não me lixes Benfica

Não pensei acordar hoje com Paulo Fonseca ainda sem ter apontamento marcado no centro de desemprego... Mas isso é um problema do rival da Invicta.
O Benfica tem hoje outro problema e chama-se V. Guimarães! A oportunidade é demasiado grande e historicamente única para o SLB a deixar fugir. Nos últimos 30 anos foram muito raras as vezes em que o dragão esteve tão perto do colapso e em todas elas o SLB estava ainda pior. Hoje não! Claro que vencer esta noite não assegura nem termina com anda. Mas será um princípio que depois terá de ser cimentado nos próximos meses.

Já agora o jogo em casa com o Guimarães é, tradicionalmente, um dos mais difíceis da temporada na Luz. Não tenham dúvidas. Aliás, nas últimas 19 visitas do emblema minhoto para o campeonato só 12 vitórias, 5 delas pela vantagem mínima, 4 empates e 3 derrotas. E quem não se lembra da tragédia do Jamor 2013...

Read More

O Estoril paga as suas dívidas

Ora aí está o Estoril de Marco Silva a pagar velhas dívidas ao meu Benfica! 82 jogos depois o FC Porto perdeu um jogo para o campeonato no seu Estádio. Hoje, Evandro, de penalty, fez o 0-1 final que coloca Paulo Fonseca no centro de desemprego e ditou a 1ª vitória de sempre do Estoril Praia na casa do Dragão.


Depois de no ano passado os canários terem tirado o título ao SLB na antepenúltima jornada, com um empate polémico na Luz, hoje podem ter deixado o Benfica com 7 pontos de vantagem para o seu cabo das tormentas. Para isso é necessário que os encarnados vençam amanhã o V. Guimarães em sua casa. Vitória que é uma das equipas com que as águias sentem mais dificuldades como visitados.

Não tenho dúvidas que Paulo Fonseca irá sair nas próximas horas e que Marco Silva, o treinador do Estoril, é um dos mais fortes candidatos ao lugar, agora vago, de treinador do FCP. O regresso de Villas Boas também é uma possibilidade.
Read More

Portugal com via verde para o Euro 2016

Portugal já tem adversários no caminho para mais um campeonato da Europa. O sorteio para a fase de qualificação do Euro 2016, que irá decorrer em França, ditou que a Seleção Nacional irá integrar o Grupo I e defrontar Dinamarca, Sérvia, Arménia e Albânia.

A seleção francesa também foi integrada neste grupo, mas os seus jogos não vão ter influência na qualificação. Apenas servem para que a França mantenha o ritmo competitivo, ou seja, tem o mesmo valor de um particular.


Os dois primeiros classificados de cada grupo e o melhor terceiro qualificam-se diretamente para a fase final, a disputar entre 10 de junho e 10 de julho de 2016, enquanto os restantes oito terceiros vão disputar o playoff, em novembro de 2015.
Read More

O dia em que o SCP deu o título ao SLB

Andava aqui a fazer umas estatísticas do futebol nacional quando encontrei esta jóia do futebol português. Uma história que nos faz recuar até ao dia 24 de Abril de 1955, no auge do Estado Novo e para a 20ª edição do campeonato nacional do nosso país.
Naquela tarde disputava-se a última jornada da Liga (26ª) com a luta pelo título de campeão ao rubro. Todas as atenções estavam voltadas para dois campos: Benfica - Atlético e Belenenses- Sporting, pois SLB e o clube azul de Lisboa disputavam taco a taco o ceptro máximo nacional.
Antes do jogo o Belenenses tinha 1 ponto de avanço na liderança da tabela mas uma diferença de golos bem pior (na altura esse era o critério de desempate).

O Benfica de Otto Glória resolveu a sua questão com alguma facilidade e com 1 golo de José Águas aos 27' e o bis do avançado logo no reatar da partida (o jogo terminou 3-0 com 1 auto-golo a fechar o placard) os adeptos encarnados já só estavam interessados no derby que se realizava nas Salésias.

As notícias não eram as melhores pois já perto do final da partida o Belenenses vencia por 2-1... Já na 2ª parte Matateu, a grande estrela daquela época, teve o golo nos pés, vendo o guarda-redes Carlos Gomes deter uma bola sobre a linha de golo. O fiscal de linha, que acompanhava o ataque do Belém, ainda começou a correr para o centro do terreno, dando a impressão que validara o golo, mas o árbitro nada apontou.
Quando os milhares de adeptos do clube da "Cruz de Cristo" já festejavam nas bancadas a conquista do título com foguetes e tudo, o avançado leonino João Martins marca o golo do empate, aos 86 minutos de jogo, destruindo o sonho do título das gentes de Belém que não queriam acreditar no que estava a acontecer. A alegria dava lugar ao desespero! Do outro lado da cidade a explosão no então novo Estádio da Luz foi imediata e gigante pois os adeptos acompanhavam o derby pela rádio. Nunca um golo dos leões fora festejado por tanta águia...
Rezam as crónicas da época, que João Martins, logo a seguir a ter apontado o golo do empate, abeirou-se do guarda-redes adversário, José Pereira, e pediu-lhe desculpa emocionado, não conseguindo conter a emoção e a tristeza que lhe ia na alma por ter causado tamanha infelicidade e tão grande desgosto na família do clube rival que via, de forma inglória e dolorosa, fugir-lhe o título a 4 minutos do final da partida. 

Depois de conquistado o título, os adeptos encarnados manifestaram-se em frente à sede leonina, então na Rua do Passadiço, num gesto de agradecimento. "Um a um, entraram no edifício e depositaram algum dinheiro nos mealheiros existentes para a recolha de prendas destinadas ao Estádio do Sporting."

Read More

Agenda recheada de espectáculo


Sábado
Chelsea - Everton (12h45)
Real Madrid - Elche (15h)
Man. City - Stoke (15h)
Arsenal - Sunderland (15h)
Crystal Palace - Man. United (17h30)
Real Sociedad - Barcelona (19h)
Bolonha - AS Roma (19h45)
Rio Ave -Sporting (20h15)


Domingo
Toulouse - PSG (13h)
Liverpool - Swansea (13h30)
Sampdoria - AC Milan (14h)
Norwich - Tottenham (16h)
Hannover - B. Munique (16h30)
Juventus - Torino (17h30)
FC Porto - Estoril (19h15)
Osasuna - A. Madrid (20h)

2ª feira
Nápoles - Génova (20h)
Benfica - V. Guimarães (20h15)

Read More

O gigante sagrado

Luisão... Um nome cada vez mais na história do Benfica e do futebol nacional. Ontem tornou-se no primeiro jogador a conseguir 100 jogos nas competições da UEFA por um clube português. 
Luís Figo, Rui Costa, Simão Sabrosa, Vítor Baía e, mais recentemente, Cristiano Ronaldo ultrapassaram esta marca, mas todos com jogos por equipas estrangeiras, ao contrário de Luisão, que cumpriu os 100 com a camisola das águias. O central internacional brasileiro, que se estreou a 24 de Setembro de 2003, em Charleroi, frente ao La Louvière (1-1), cumpriu hoje o 28º encontro da Liga Europa, ao qual junta meia centena na Liga dos Campeões e 22 na Taça UEFA.

No total, o "4" dos "encarnados", que disputou todos os encontros como titular e apontou um total de 8 golos, venceu quase 50 por cento dos encontros (47), somando ainda 23 empates e 30 derrotas.

Obrigado Anderson Luís Silva, o gigante sagrado do SLB!

Read More

PAOK 0-1 Benfica: autoritário

O Benfica venceu na Grécia o PAOK por 1-0 na 1ª mão dos 16avos de final da Liga Europa 2014. Uma vitória categórica, num jogo totalmente dominado pelos lisboetas que apresentaram apenas 4 titulares mas foram uma equipa muito madura e autoritária. Espero que a rotatividade de plantel na Liga Europa continue até o FC Porto estar a mais de 7 pontos.

Jorge Jesus fez-me o favor e colocou muitos dos suplentes em campo apontando baterias para o campeonato nacional. Assim apareceram de águia ao peito num dos Estádios mais quentes do planeta os seguintes jogadores: Artur Moraes; Maxi Pereira, Luisão, Jardel e Sílvio; Rúben Amorim e André Gomes; Enzo Peréz, Djuricic e Sulejmani; Lima. O capitão Luisão fez o jogo 100 nas competições europeias pelo seu SL Benfica. Destaque inicial ainda para a bonita homenagem feita na Grécia ao nosso Rei.

Jogo todo muito igual, sempre com o Benfica instalado no meio campo adversário, a mandar no jogo e sem deixar grandes hipóteses para o PAOK que foi a campo apenas para tentar marcar em contra ataques ou em bolas paradas.
A primeira grande oportunidade de golo só surgiu aos 48' quando Lazar atirou muito perto do poste de Artur. No entanto, o único golo foi mesmo para os encarnados numa bela jogada de Sulejmani, lançamento para a área de Enzo, assistência de Djuricic e remate vitorioso de Lima. Já agora Lima estava em claro fora de jogo.
Um grande golpe nas esperanças dos gregos que mesmo tendo conseguido encostar os visitantes à sua área no último quarto de hora não conseguiram criar perigo. Foi mesmo de Markovic a outra grande oportunidade de golo (82').

Nas duas vezes anteriores que o Benfica começou a vencer fora de casa uma eliminatória da UEFA por 1-0 seguiu sempre em frente.

Homem do jogo: Lima, foi importante para os gregos nunca saírem da sua área e marcou o único golo do desafio. Sílvio fez um belo jogo mas precisa mesmo de melhorar nos cruzamentos, chega a ser desesperante...

P.s. - Fui só eu ou a arbitragem foi muito inclinada para o SLB? Com Platini a ver...
Read More

"A Benfica TV é um sucesso"

O blog do Maunel traz este artido do Pedro Guerreiro, uma voz com algum saber na questão, e partilho o artigo:
«Chegou a hora de dar o braço a torcer: a Benfica TV é um sucesso. Poucos diriam. Eu não disse. Eu disse que não. Mas nenhum outro clube poderá repetir a proeza.



O lançamento do canal, e mais tarde a não renovação do contrato de direitos televisivos, parecia uma loucura. Como é que o Benfica ia perder receitas de 22 milhões de euros por ano, garantidos pela Olivedesportos, e lançar-se num canal que implicava custos? Os números não batiam certo e por isso aqui concluí então que o único objetivo da Benfica TV só poderia ser o de quebrar o poder indisputado de Joaquim Oliveira no futebol. Ainda hoje penso que esse era o objetivo. Mas, além disso, os números mostram que Luís Filipe Vieira tinha razão. A televisão é uma máquina.

A Benfica TV tem hoje cerca de 300 mil assinantes. A Sport TV tem mais de 400 mil assinantes. Mas os custos da Benfica TV são incomparavelmente menores. O truque, parece ser hoje claro, foi a compra dos direitos da Premier League: atraiu até não benfiquistas. Só isso pode explicar tamanha adesão, que nem os operadores de televisão por cabo, que conhecem bem o negócio, alguma vez contaram. O Benfica diz-se o clube do Mundo recordista em sócios, mas tem o dobro de assinantes da televisão. É obra.

Isto dá um grande poder a Luís Filipe Vieira, não só por fazer contrapeso ao até aqui monopólio de Joaquim Oliveira, mas também para se tornar ele próprio um presidente... incontestado. A forma desintermediada, sem depender da comunicação oficial independente, como o Benfica consegue hoje comunicar com os seus adeptos é poderosa – e potencialmente manipuladora.
Como alguém terá dito, Luís Filipe Vieira é o novo Jorge Nuno Pinto da Costa: vai eternizar-se no poder. A Benfica TV foi uma teimosia sua, é uma vitória sua – e será uma arma sua. Para quê? É o que veremos.

PS: A saída de Angelino Ferreira da administração da SAD do FCPorto é muito mau sinal. Por que razão saiu? E que consequências terá isso na sociedade – e no clube?»
Read More

Super jogo estragado pelas leis do futebol

Foi uma 1ª parte espectacular aquela que Arsenal e Bayern Munique nos ofereceram em Londres nesta quarta feira de Champions. Velocidade estonteante, ritmo de deixar até os espectadores sem ar nos pulmões e uma qualidade de futebol de topo. Muito bom!
Antes do início destaque, nos 11 titulares, para a ausência de Ribéry, por lesão, e para a estreia do jovem Yaya Sanogo na frente de ataque dos gunners.

Foi um Arsenal eléctrico aquele que atacou os primeiro minutos contra o campeão da Europa - apesar da 1ª oportunidade de golo ter sido num remate fantástico de Toni Kroos. A equipa de Wenger conseguiu aproveitar muito bem a tradicional defesa alta nas equipas de Guardiola e saindo da zona de pressão, junto à sua área, conseguiu arrancar várias jogadas de 2 para 1 nas alas e baralhar toda a organização bávara. Vimos 4 ou 5 minutos em que a formação alemã pareceu completamente perdida em campo - algo muito raro.
Mas, mais uma vez, esta equipa de Wenger brilha no futebol jogado mas não tem aquele instinto matador que faz a diferença ao mais alto nível. Ozil ganhou um penalty (8') mas permitiu a defesa do colega de Mannschaft Neuer. Ainda bem, pois o 10 dos londrinos estava em fora de jogo no início da jogada.

Apesar do golpe sofrido o Arsenal ainda empolgou até aos 30 minutos, sempre com rápidas arrancadas e trocas de posição na frente de ataque. A meia hora trouxe então outro jogo pois o cerco à área de Szczęsny começou. Impressionante a teia que esta equipa monta na área dos rivais, conseguindo atacar e defender ao mesmo tempo; é ver como a pressão depois da perda de bola na área do rival dá, em muitas ocasiões, nova posse de bola.
Surgiu outro penalty (37'), desta vez para a equipa visitante, quando Robben se desmarcou, furando a defesa central dos ingleses. Szczęsny fez falta, é bem visível o toque, mas o cartão vermelho é exageradíssimo! Tão fracas estas arbitragens da UEFA... Alaba não aproveitou e atirou ao poste o castigo máximo não conseguindo castigar o Arsenal, na mesma jogada, por 3 vezes.
Acho que a FIFA tem de rever estes casos: uma equipa sofre o penalty, e quase sempre o golo, passa a jogar com 10 e ainda fica com menos uma opção para o próximo jogo. É exagerado.

A 2ª parte foi obviamente jogada na área dos ingleses com destaque para o brilhante pé canhão de Kroos que desequilibrou a eliminatória. Que grande pontapé, lá onde a coruja dorme, a fazer o golo inaugural da partida (54'). O médio alemão também tinha inaugurado o marcador em Londres quando estas mesmas equipas se defrontaram na mesma fase da Liga dos Campeões da temporada passada. Na parte final Muller fez o 0-2 final, terminando uma jogada linda de cruzamento de atacantes conseguindo arrastar e confundir os defesas.

Nada mais neste 2º tempo de sentido único e de um desinteresse total. Cada vez estou mais certo que as leis do futebol não protegem o espectáculo! As pessoas pagam para ver um jogo de 11 contra 11 e há demasiadas situações em que isso pode não acontecer. O vermelho deveria ser para casos extremos de agressões. Pode-se castigar de outras formas mas já sabemos que inovação é uma palavra que não entra no dicionário da FIFA. Porque não colocar 30 minutos como máximo que uma equipa joga com menos 1? Ou se um jogador for expulso na 1ª parte a equipa pode voltar a jogar com 11 depois do descanso? Não sei, só sei é que esta 2ª parte é que não interessa a ninguém.
Read More

Reforço de peso para o Benfica

O regresso mais esperado desta temporada: Salvio está de volta aos convocados do Benfica! Desde o último dia de Agosto do último ano que tal não acontecia! Um belo reforço para Jorge Jesus fora da janela de transferências.


Read More

A espingarda de Z. Ibrahimovic

Um verdadeiro tiro de Shotgun! Assim passou Zlatan Ibrahimovic a ser o melhor marcador desta edição da Liga dos Campeões (10 golos). Pelo menos até que Cristiano Ronaldo jogue... Um golaço, marcou 2 na vitória do seu PSG em casa do Bayer Leverkusen por 4-0.






Read More

Barcelona Rei em Inglaterra

Uma vitória clara por 2-0 em casa do Manchester City deixou límpido para todos a candidatura deste Barcelona a presença no Estádio da Luz lá mais para Maio. Num jogo marcado pelo lance que deixo em baixo, Messi arrancou a expulsão de Demichelis e marcou o penalty conquistado nessa mesma jogada. Para mim é penalty, pois a rasteira só acaba já com os jogadores dentro da área mas pode-se queixar o City de uma falta óbvia a meio campo, no principio da jogada, não assinalada.


Os onze iniciais mostravam que nenhum dos treinadores queria um jogo muito vivo, pelo menos na 1ª parte. Este era daqueles jogos que poderia ter 180 minutos... A etapa inicial foi a prova disso mesmo sendo que o Barcelona começou no seu estilo, sem medo de ter a bola, e colocando os craques dos blues a correr atrás da bola. Mesmo assim os culés nunca causaram perigo pois esbaravam sempre na muralha que é aquela defesa central do City e tinha que lateralizar a bola para um cruzamento que, devido à diferença de alturas, nunca deu resultado.
A equipa da casa respondeu já mais perto do intervalo com Negredo em bom destaque, ele que é uma das revelações da temporada e está a entregar uma candidatura muito séria ao lugar de ponta de lança da Roja na Copa 2014.

2ª parte marcada então pelo lance polémicos aos 53' que virou o jogo de avesso e permitiu ao Barcelona jogar nas sete quintas. Ainda apanhou um ou outro susto, sempre por bola área, mas foi Daniel Alves, numa bela jogada, que fechou o placard.


No outro jogo da noite o PSG de Ibrahimovic, para mim depois de Barça, Munique e Real o mais forte candidato a esta Champions, cilindrou o B. Leverkusen, na Alemanha, por 4-0. Veja o 2º golo de Zlatan pois vale a pena!
Read More

Bruno de Carvalho on fire

Este Bruno de Carvalho é qualquer coisa! Tem momentos que não acerta uma mas na luta contra o sistema/FC Porto é do melhor que apareceu nas últimas décadas. Parabéns! Muito bem ontem no programa Dia Seguinte da SIC, podem ver alguns momentos deliciosos com Guilherme Aguiar neste link:



Read More

Oh Happy Day!

E está de volta finalmente! Chegou um dos meus dias preferidos do calendário futebolístico. O caminho para Lisboa continua...
 A maior competição do mundo de clubes está de volta e agora já não há jogos pequenos, é tudo a doer. A Liga dos Campeões regressa com uma das que promete ser das melhores eliminatórias do ano: Man. City - Barcelona! Para a mesma hora está marcado o B. Leverkusen - PSG.
Amanhã outro prato forte com o Arsenal - Bayern Munique e o AC Milan - A. Madrid.


Read More

Caso do Túnel da Luz só dá multas

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa condenou cinco jogadores do FC Porto por ofensas à integridade física de dois assistentes de recinto após o jogo com o Benfica, disputado a 20 de dezembro de 2009 no Estádio da Luz.

Segundo noticia a Benfica TV, Sapunaru, Helton, Hulk, Rodríguez e Fucile terão de pagar multas compreendidas entre os 35 mil euros e os 90 mil euros.
Sapunaru foi condenado ao pagamento de 90 mil euros, Helton de 60 mil, Hulk, Rodríguez e Fucile de 35 mil euros cada.
O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa ordenou ainda o pagamento de indemnizações de 30.500 euros a cada assistente de recinto.

Dos cinco jogadores, apenas Helton e Fucile permanecem vinculados ao FC Porto.

Read More

Nós só queremos o Benfica campeão

3 pontos! Foi com essa preciosa soma que o Benfica fez a viagem de regresso de Paços de Ferreira depois de mais uma jornada da Liga. Mas ainda falta tanto... O jogo de ontem foi a perfeita recordação disso mesmo. Depois da facilidade com que as águias bateram os eternos rivais na 3ª feira a 1ª parte de ontem terá lembrado a muitos benfiquistas que agora é mesmo a doer até a Maio. Não vamos ter facilidades e as equipas vão se fechar lá atrás na busca do pontinho para as suas preocupações. 

Vamos então centrar atenções nas 11 finais que ainda faltam no campeonato e deixar de lado distracções com Ligas Europas e Taças da Liga que interessam para pouco e podem custar o objectivo central. Não tenham dúvidas que o FC Porto está completamente dentro deste campeonato.

Hoje lia o grande Nuno Gomes dizer que era fundamental não perder pontos até a uma das jornadas principais deste campeonato que será a 23ª. Nesse fim de semana o Sporting recebe o FC Porto e o Benfica viaja à Madeira para subir à Choupana. É uma visão sábia do atleta nascido no Porto mas fico a pensar que o ano passado todos nós fazíamos contas a outra viagem à Madeira e já ninguém se preocupava com o Estoril... Cada jogo será uma Final!
Read More

Liga da Verdade 2013/14: 19ª Jornada

19ª Jornada
P. Ferreira 0-2 Benfica (Duarte Gomes)
- Nada a assinalar

Gil Vicente 1-2 FC Porto (Paulo Baptista)
- Assinalou e mal um fora de jogo, em que o avançado da equipa de Barcelos se isolava, com o resultado em 0-0 (8').
- Entrada muito dura de Quaresma sobre Luís Martins que poderia ter valido um cartão vermelho (16').

Sporting 1-0 Olhanense (Hugo Miguel)
- Golo mal anulado ao Sporting: com o marcador em 1-0 Fredy Montero coloca a bola dentro da baliza mas o assistente anula mal o lance (28'). Não há fora de jogo na sequência do livre indirecto.


18ª Jornada
Benfica 2-0 Sporting (Marco Ferreira)
- Nada a assinalar

FC Porto 3-0 Paços de Ferreira
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: é o lance do 1-0 e entende-se o critério do árbitro ao assinalar a mão do defesa pacense Seri.
- Muitas dúvidas em lance idêntico (mão na bola) na área dos visitantes em que se pediu penalty (6').
- Assinalou e mal um fora de jogo, em que o avançado dos visitantes se isolava, com o resultado em 1-0.

17ª Jornada
Gil Vicente 1-1 Benfica (Bruno Paixão)
- Penalty bem assinalado a favor do Benfica: no lance que dá o 0-1 é claro o pontapé de Brito em Nico Gaitán (60').
- Penalty duvidoso assinalado a favor do Benfica: fiquei com muitas dúvidas no penalty assinalado sobre Djuricic já nos descontos. Como todos sabem Cardozo não marcou e o eventual erro de Paixão não trouxe consequências.
- Penalty por marcar a favor do Benfica: aos 52' Rodrigo é impedido de fazer o 1º golo do jogo por João Vilela.
- 1º amarelo a Siqueira mal mostrado pois não existe simulação nenhuma (37'). O brasileiro do SLB viu o 2º amarelo depois, esse indiscutível, mas que deveria ter sido o 1º e não a expulsão (58').
- Será que Bruno Paixão aprendeu a Lei da Vantagem? Ao menos foram as duas equipas que se podem queixar das repetidas faltas a beneficiar o infractor.

Marítimo 1-0 FC Porto (Nuno Almeida)
- Penalty bem assinalado contra o FC Porto: no lance capital do jogo, o do único golo, esteve bem ao assinalar penalty de Danilo sobre Danilo Pereira.

Sporting 0-0 Académica (Paulo Baptista)
- Penalty não assinalado a favor do Sporting: Halliche joga a bola com o braço dentro da área de rigor da Briosa mas o árbitro não assinalou o respectivo castigo máximo (69').
- Dúvidas num lance na área do SCP entre Adrien e Fernando Alexandre quando a 1ª parte acabava. Agarrões de parte a parte num lance de bola parada com Adrien a ser o mais ostensivo. Para quando uma decisão//recomendação da FIFA nestes lances?
- Cartão amarelo a William Carvalho bem mostrado, que tira o médio do derby da próxima jornada.

16ª Jornada
Benfica 2-0 Marítimo (Hugo Miguel)
- Golo mal validado a favor do Benfica: é a jogada do 2-0, aos 36 minutos, e Rodrigo está em fora de jogo quando Markovic lhe passa a bola.
- Penalty não assinalado a favor do Benfica: Markovic é rasteirado e em vez do penalty vê o cartão amarelo (75').

FC Porto 3-0 V. Setúbal (Hugo Pacheco)
- Nada a assinalar

Arouca 1-2 Sporting (Cosme Machado)
- Mal assinalado o canto a favor do Sporting que dá no golo do empate de Rojo (25').
- Critério muito apertado nas expulsões, uma para cada lado (Tinoco e Rojo), por duplo amarelo na 2ª parte. Evitável.

15ª Jornada
Benfica 2-0 FC Porto (Artur Soares Dias)
- Penalty por assinalar a favor do Benfica: clara a mão na bola de Mangala depois de cabeceamento de Matic (51'). E o árbitro viu pois está mesmo a 2 metros e a olhar para lá.
- Penalty por assinalar a favor do FC Porto: empurrão de Garay a Quaresma que Soares Dias deixou passar em claro.
- Mal na expulsão a Danilo, não há penalty mas também não há simulação nenhuma (74').
- Com o marcador em 2-0, não permite que Jackson se isole ao não dar a lei da vantagem (58').
- Má exibição do árbitro natural do Porto que somou muitos erros. Por exemplo, fora de jogo escandaloso que Jackson quase aproveitou no final da 1ª parte, amarelo a Jackson por varrer contra ataque do SLB e no último lance do jogo não mostra vermelho a Mangala que varre jogador isolado do SLB - assinala a falta e depois volta atrás para dar bola ao ar (?!?!?!?!).

Estoril 0-0 Sporting (Pedro Proença)
- Nada a assinalar

Read More

P. Ferreira 0-2 Benfica: líder eficaz

O Benfica venceu por 2-0 o jogo da 19ª jornada da Liga Zon Sagres 2013/14 que realizou em Paços de Ferreira. Três pontos importantes para não deixar cair a onda vermelha que se vai formando nestes últimos tempos. Foi um jogo pouco interessante mas em que o SLB mostrou a qualidade que começa a dominar esta temporada: eficácia. Defende bem nos jogos fora de casa (P. Ferreira não teve 1 oportunidade de golo) e consegue aproveitar as oportunidades de golo quase na totalidade - hoje 3 remates à baliza, 2 golos.

Sem o castigado Enzo Pérez, Jorge Jesus apostou na solução que dá mais confiança e Rúben Amorim foi a única novidade face à equipa que venceu o eterno rival na 3ª feira - Oblak, Maxi Pereira, Luisão, Garay, Siqueira, Fejsa, Rúben Amorim, Markovic, Gaitán, Lima e Rodrigo.

A 1ª parte foi do pior que esta época terá para oferecer mas também será justo dar mérito à equipa da casa que se apresentou muito pressionante e a defender muito bem o seu meio campo defensivo. Muitas perdas de bola e passes errados foram a imagem de marca dos lisboetas e escrevo, sem dúvidas, que a única coisa positiva dos primeiros 45 minutos foi o ambiente fantástico que os adeptos encarnados fizeram nas bancadas. Hoje nem foi uma onda vermelha... Foi mais um verdadeiro tsunami encarnado com a Mata Real cheia de águias.

2ª parte foi diferente e para isso muito contribuiu o golo que o Benfica conseguiu logo de início. Aliás Garay deitou a baixo toda a estratégia do Paços de Ferreira e praticamente resolveu o jogo. A jogada nasce de um canto marcado rapidamente por Rodrigo (54') sendo que a defesa amarela não teve tempo de acertar marcações deixando os dois defesas centrais atacantes com apenas 1 defesa. O argentino respondeu com uma bomba a grande cruzamento de Rúben Amorim.

Apareceu ainda Markovic ao minuto 68, ele que estava a fazer um dos piores jogos da sua carreira, a aproveitar uma recuperação de Amorim para disparar para a baliza e rematar uma bomba para fechar o marcador.

Homem do jogo: Rúben Amorim, ele tinha a tarefa mais difícil deste Benfica pois substituía o herói do derby. Não só não se notou a ausência de Enzo como ainda teve papel decisivo nos dois golos da partida.
Read More

A primeira Final

A primeira de 12 finais que o Benfica tem pela frente para chegar ao tão esperado 33º título de campeão nacional é jogada hoje na capital do móvel pelas 17h. Contra um Paços de Ferreira que tem habitado nos últimos lugares da prova o SLB tem um jogo tradicionalmente complicado para os grandes. A grande figura do derby de 3ª feira, Enzo Pérez, está castigado e não conta; assim como o ainda lesionado Salvio.



Read More

Eusébio, Moçambique e Samora

Os caminhos que a vida de Eusébio tomou depois da despedida da sua Mafalala, em 1960, ligaram-no a Portugal mais do que a qualquer parte do globo. Foi um português completo o Eusébio que acaba por se finar em Lisboa. Ele próprio se identificava assim (usava sempre a quarta pessoa para se referir à Seleção Nacional) e não havia nenhum português que não o tomasse como um dos seus.

A sólida identificação nacional portuguesa estabelecida entre Eusébio e Portugal não o desligou, porém, da sua terra natal, Moçambique. E orgulhava-se destes dois traços identitários do seu perfil, como quando manifestou púbica vontade de que o seu caixão fosse coberto com as bandeiras de Portugal, de Moçambique e da sua "paixão maior", o Benfica.

Diz-se que o primeiro pecúlio de Eusébio como jogador de futebol em Portugal, foi para proporcionar a sua mãe uma casa melhor do que aquela em que a deixara em Lourenço Marques - manifestação típica do lado de filho pródigo que também enobrecia a sua personalidade.

Na voragem dos excessos revolucionários que marcaram os alvores da independência de Moçambique, a casa que Eusébio mandara construir para a sua mãe foi confiscada pelo Estado. A lei que a isso levou determinava que o parque imobiliário passasse indiscriminadamente para a posse do Estado. Haveria lugar a devoluções quando os proprietários dos bens imobiliários nacionalizados provassem que se tratava de habitação própria.

Diz-se que Eusébio ficou melindrado com o destino dado à casa pelas leis do novo Estado, a que também não terá sido estranho um ambiente à sua pessoa alimentado por considerações que o conotavam com uma espécie de "comprometido" com o regime de Salazar.

Ainda coube a Samara Machel, na fase de reconsideração do rumo que o novo país levava, promover uma reaproximação a Eusébio. Um re-encontro importante foi quando Eusébio, na companhia da sua esposa Flora Bruhein, é recebida pelo Presidente Samora Machel. Quebra-se o gelo nas relações do “rei” com o seu país. O medo de Eusébio dissipa-se. Nessa altura o Presidente mandou restabelecer a propriedade plena da casa do King e conferiu-lhe formalmente a nacionalidade moçambicana, incluindo a titularidade de passaporte especial. Joaquim Chissano e depois Armando Guebuza aplicaram-se em cultivar o novo clima.

De Chissano e Guebuza ouviram-se no dia da morte do Pantera Negra declarações públicas de protesto e pesar pelo acontecimento. Em ambas as declarações esteve presente o reconhecimento de algo que Eusébio teria gostado de ouvir: a sua alma e a sua memória pertencem aos dois países. Do mesmo modo que pertenceu a sua vida.

Fonte
Read More

Messi está de volta!

Parece que Lionel Messi está a recuperar a forma de Bola de Ouro e vai estar pronto para ajudar o Barcelona na Champions e a Argentina na Copa 2014. Hoje marcou 2 golos ao Rayo Vallecano e conseguiu mais 2 recordes para a sua impressionante lista, ele que tem apenas 26 anos:

  • 337 golos por 1 único clube - é um recorde em Espanha
  • Em 2014 tem 10 jogos, 10 golos e 8 assistências
  • 3º melhor marcador de sempre na história da Liga espanhola


Read More

Mario Balotelli está zangado

E isto é o que acontece quando ele está de mau humor...



Read More

Grandes clássicos em Inglaterra


Sexta-Feira
PSG - Valenciennes (19h30)
AC Milan - Bologna (19h45)

Sábado
B. Munique - Friburgo (14h30)
A. Madrid - Valladolid (15h)
Bastia - Monaco (16h)
Man. City - Chelsea (17h15) Taça de Inglaterra
B. Leverkusen - Schalke 04 (17h30)
Barcelona - Rayo Vallecano (19h)
Fiorentina - Inter (19h45)
Sporting - Olhanense (20h15)


Domingo
Juventus - Chievo (14h)
Arsenal - Liverpool (16h) Taça de Inglaterra
Getafe - Real Madrid (16h)
P. Ferreira - Benfica (17h)
Gil Vicente - FC Porto (19h15)
Roma - Sampdoria (19h45)
Read More

Tugas 2014 com programa de festas definido




Portugal vai estagiar nos Estados Unidos, em Princeton, onde irá utilizar as instalações da credenciada universidade norte-americana. A Seleção Nacional fará dois jogos de preparação com o México, dia 6 de junho, e a Rep. Irlanda, no dia 10, em duas cidades com forte presença da comunidade portuguesa: Boston e New Jersey.

A Federação Portuguesa de Futebol não gastará um cêntimo com esta operação pré-Mundial. Todos os gastos são cobertos através das parcerias com as empresas que organizaram os jogos que a Seleção realiza nos Estados Unidos.
Até a estadia em Campinas, durante o Campeonato do Mundo do Brasil, não terá qualquer encargo financeiro para a FPF, uma vez que os responsáveis procuraram soluções que não ultrapassassem o “budget” que a FIFA destina aos finalistas do Mundial.

A preparação para o Mundial começa a 21 de maio com concentração em Cascais e jogo com a Grécia a 31, no Jamor. Pelo meio haverá um estágio em Óbidos. A partida para os Estados Unidos realiza-se no dia 2 de julho e a viagem para Campinas logo após o encontro com a Irlanda.
Read More

Temas

2011 2011/12 2012 2012/13 2013 2013/14 2014/15 2015/16 2016/17 2ª Divisão A Bola A Magia do Futebol AC Milan Academia Seixal Académica Adeptos Agenda Aguero Aimar Ajax Alemanha Alex Ferguson Alex Sandro Amigável análise tática Andebol Anderson Talisca André Gomes André Silva Andrea Pirlo Angola Aniversário Antevisão António Salvador Anzhi Apagão Apito Dourado arbitragem árbitro Argentina Arouca Arsenal Artur Artur Soares Dias AS Roma Atlético Madrid Atletismo auto-golo Balotelli Barcelona Basquetebol Bayer Leverkusen Bayern Munique Beckenbauer Beira-Mar Belenenses Benfica Benfica B Benfica Campeão Benfica TV Bernardo Sassetti bilhetes Blatter Blogs Blogs Benfica Blogs Futebol Boavista Boca Juniores Bola de Ouro Bolt Borussia Dortmund Bota de Ouro Boxing Day Braga Brasil Brasileirão Bruno Alves Bruno César Bruno de Carvalho Bruno Paixão Buffon Bundesliga C. Ronaldo Calendário Campeão Campeonato Alemão Campeonato Argentino Campeonato Brasileiro Campeonato da Europa Campeonato da Europa 2016 Campeonato do Mundo Campeonato do Mundo de Clubes Campeonato Escocês Campeonato Espanhol Campeonato Holandês Campeonato Italiano Campeonato Maicon Campeonato Nacional campeonatos europeus CAN Canoagem Capdevilla Cardinal Cardozo Carlo Ancelotti Carlos Martins Casagrande Casillas Caso vouchers Cavani Cech Celtic Glasgow Chalana Champions Chelsea Chicotada Ciclismo clássico Coluna Conselho de Arbitragem Conselho de Disciplina contas título contrato Copa do Mundo 2014 Copa dos Libertadores Corinthians corrupção Cosme Damião CR7 Cristiano Ronaldo crónica futebol D. Kiev David Beckham David Luiz Defeso Del Piero derby Derby della Madonnina Desportivo de Chaves Desporto Di Maria Di Matteo Diego Costa Direitos TV Djuricic Domingos Doping Doyen Sports Drogba Éder Ederson El Pibe Eleições Emerson Enke Enzo Pérez Equipa Equipas B Eredivisie escândalo Escutas Espanha Estádio da Luz Estádio de Alvalade Estádio do Jamor Estádio Dragão Estatísticas Estoril Estrelas do Futebol Euro 2004 Euro 2012 Euro 2016 Eusébio Eusébio Cup Everton FA Cup Fábio Coentrão Fair Play Fair Play financeiro Falcao FC Porto FCP Federação Portuguesa Futebol Fédération Internationale de Football Association Fehér Fernando Gomes Fernando Pimenta e Emanuel Silva Fernando Santos Fernando Torres FIFA Final Final Euro 2016 Final Liga dos Campeões Final Liga Europa 2012/13 Final Liga Europa 2013/14 finanças Fintas Flamengo Fluminense Football Leaks FPF França França 2016 Funny Football Fura-Redes Futebol Internacional Futebol Mundial Futebol Nacional Gaitán Galatasaray Garay Gareth Bale Gianni Infantino Giggs Gil Vicente Glorioso SLB Golden Boy Golo de Bicicleta Golo de Calcanhar Golo de Livre golo do ano Golo do Dia Golo Fantasma Gonçalo Guedes Grimaldo Guarda-Redes Guardiola Gyan Hat-Trick História Holanda Hóquei em Patins Hulk Ibrahimovic IFFHS Inferno da Luz Inglaterra Iniesta Inter International Board Itália Jackson Martínez James Rodríguez Jardel Jardel (33) Javi Garcia Jimmy Hagan JJ JO Joaquim Oliveira jogadores Benfica Jogos Olímpicos Johan Cruyff John Terry Jonas Jorge Jesus Jorge Mendes Jorge Sousa Jornal Jornal Record José Gomes José Mourinho José Pratas jovem promessa Júlio César juniores Jupp Heynckes Juventus Kaká Kardec Kelvin Klose Kompany La Liga Lampard Lazio Lázio Lebron James Leicester Leis do Futebol Léo Leonardo Jardim lesões Lewandowski LFV liga Liga BBVA Liga da Verdade Liga dos Campeões Liga Europa Liga Inglesa Liga Nos 2014/15 Liga Nos 2015/16 Liga Nos 2016/17 Liga Orangina Liga Portuguesa Liga Portuguesa Futebol Profissional Liga Zon Sagres Liga Zon Sagres 2012/13 Liga Zon Sagres 2013/14 Ligue 1 Lima Lionel Messi Lisandro López Liverpool Ljubomir Fejsa Londres 2012 Lopetegui LPFP Luís Figo Luís Filipe Vieira Luisão Maicon Man. City Man. United Manchester City Manchester United Mantorras Manuel Fernandes Maracanã Maradona Mário Wilson Marítimo Markovic Matic Maxi Maxi Pereira Medalheiro Melgarejo melhor marcador melhores golos 2013 melhores golos 2014 melhores golos 2015 melhores golos 2016 Mercado Mesquita Alves Messi Mexes México Miccoli Michael Jordan Mitroglou Modalidades Moreirense Mourinho Moutinho Mundial 2014 Mundial 2018 Mundial Clubes Museu Cosme Damião Nacional Nani Nápoles NBA Nélson Oliveira Newcastle Neymar Nike nº 10 No Name Boys Nolito novo contrato Nuno Espírito Santo Nuno Gomes O. Lyon Oblak Ola John Olegário Benquerença Olhanense Olheiro Olivedesportos Os três grandes Ozil Paços de Ferreira Pantera Negra Paolo Maldini Parceiros Paulo Bento Paulo Fonseca Pedro Proença Penafiel penalty Pepe Petardos Petit Phelps Ping Pong Pinto da Costa Pizzi PJ Platini Polvo Portugal Portugal Campeão 2016 Postiga pré-época Premier League Prémio Puskas PSG PSV Ramires Raúl González Raúl Meireles Real Madrid Recordes Red Pass Reforços Regulamentos 72 horas Rei Eusébio relatório contas Renato Sanches Ribery Rio Ave Riquelme River Plate Robben Roberto Carlos Rodrigo Rodrigo Mora Rojo Ronaldinho Ronaldinho Gaúcho Ronaldo Ronaldo vs Messi Rooney Rúben Amorim Rui Costa Rui Vitória Rússia SAD Salvio Samaris Saviola SCB Scholes Scolari SCP Selecção Sergio Ramos Serie A Sevilha Shevchenko Simão Sabrosa Sistema SL Benfica SLB Slimani sorteio Sport Lisboa e Benfica Sport tv Sporting Steven Gerrard Suárez sub-20 Suécia Suiça Sulejmani Super Maxi Supertaça Taça da Liga Taça da Liga Inglesa Taça das Confederações Taça das Nações Africanas Taça de Portugal Taça do Rei Tecnologia Golo Ténis Tévez Tondela Toni Top 10 Torneio Toulon Tottenham Totti tragédia futebol Transferências Treino Triplete Twitter U. Leiria UEFA UEFA Champions League União da Madeira Urreta V. Guimarães V. Setúbal Valdés Valência Valentim Loureiro Van Persie vídeo-árbitro Vídeos/Golos Villas-Boas Vitor Baia Vítor Pereira Walcott Wesley Sneijder Witsel Xavi Xistra Zenit S. Petersburgo Zidane