SLB tem maior série de vitórias consecutivas

Andava aqui pela net a pesquisar sobre a super-Roma e a sua série de vitórias seguidas na Serie A quando encontrei esta pérola. Não sabia e claro que este facto enche qualquer benfiquista de orgulho, eis as séries de vitórias consecutivas na Europa (em jogos do campeonato nacional):


29 jogos – Benfica (Portugal) 1971-73
A série de 29 vitórias consecutivas do Benfica, que continua a ser recorde europeu, começou no final de uma época na qual o conjunto de Lisboa se sagrou campeão de Portugal e continuou na temporada seguinte, em 1972/73, na qual as "águias" foram campeãs sem perder qualquer jogo, facto inédito em solo lusitano. O treinador inglês Jimmy Hagan teve um papel importante nesses sucessos, tal como relembrou Eusébio: "Ele gostava de disciplina. Todos os jogadores achavam que os seus treinos eram muito exigentes fisicamente, mas a equipa rapidamente começou a ganhar jogos e soubemos que valia a pena. Deu-nos força adicional e essa foi a razão pela qual ganhámos três campeonatos nacionais consecutivos."

28 jogos – Dinamo Zagreb (Croácia) 2006-07
Eduardo, Luka Modrić e Vedran Ćorluka estavam entre as futuras estrelas que participaram nessa fantástica série de vitórias na Croácia, que começou num triunfo de 5-1 sobre o NK Istra, a 8 de Novembro de 2006, e terminou com uma derrota por 4-3 no terreno do NK Varteks (actual NK Varaždin), a 23 de Setembro de 2007. Na véspera desse encontro, o técnico Branko Ivanković dissera: "Temos uma grande equipa e o Dínamo é um grande clube. Vamos vencer o 29º jogo consecutivo e igualar o recorde do Benfica, pelo que esta geração do Dínamo terá a possibilidade de entrar para a história do futebol". Contudo, tal não veio a acontecer.

25 jogos – Celtic FC (Escócia) 2003-04
O Celtic estabeleceu um novo recorde britânico de 25 vitórias seguidas no campeonato entre 16 de Agosto de 2003 e 29 de Fevereiro de 2004, marcando 86 golos durante a série numa temporada em que a equipa de Martin O'Neill venceu o campeonato e a Taça da Escócia e que viria a ser a última de Henrik Larsson no Celtic Park. "Estávamos nesta série e olhávamos para cada desafio como mais um que podíamos vencer", relembrou o antigo defesa do Celtic, Johan Mjällby, que actualmente integra o "staff" técnico do clube. "Quando uma equipa começa a vencer é difícil pará-la, especialmente quando se tem jogadores como Henrik, Chris Sutton e John Hartson a marcarem golos sem parar."

22 jogos – PSV Eindhoven (Holanda) 1987-88
Tendo embalado com vitórias nos derradeiros cinco encontros da época de 1986/87, o PSV viria a mostrar-se imparável na campanha seguinte, apesar de ter perdido a sua estrela, Ruud Gullit, nesse Verão. Hans van Breukelen, Ronald Koeman, Eric Gerets, Berry van Aerle, Jan Heintze, Ivan Nielsen, Søren Lerby, Gerald Vanenburg, Wim Kieft e o veterano Willy van de Kerkhof estiveram soberbos sob as ordens do estreante treinador Guus Hiddink. Um empate 2-2 frente ao Twente, a 16 de Janeiro de 1988, terminou com essa série de triunfos, mas o PSV ganhou confortavelmente a Liga holandesa e a Taça da Holanda, troféus seguidos pela conquista da Taça dos Clubes Campeões Europeus, frente ao Benfica. "Tivemos uma pré-temporada muito complicada mas, a partir do primeiro jogo oficial, ninguém nos conseguiu parar", relembrou Van de Kerkhof.

Maiores séries de vitórias nas Ligas europeias
29 jogos – Benfica (Portugal) 1971-73
28 jogos – Dinamo Zagreb (Croácia) 2006-06
25 jogos – Celtic FC (Escócia) 2003-04
22 jogos – PSV Eindhoven (Holanda) 1987-88
18 jogos – FH Hafnarfjördur (Islândia) 2004-05
17 jogos – Steaua Bucureşti (Roménia) 1988
17 jogos – Dinamo Bucureşti (Roménia) 1988
17 jogos – Internazionale Milano (Itália) 2006-07
17 jogos – Valur Reykjavík (Islândia) 1978
16 jogos – FC Barcelona (Espanha) 2010-11 
16 jogos – Olympiacos (Grécia) 2005-06
15 jogos – Benfica (Portugal) 1963
15 jogos – Real Madrid (Espanha) 1960-61
15 jogos – Bayern München (Alemanha) 2005
15 jogos – Sparta Praha (República Checa) 1999-00
15 jogos – Bangor City FC (País de Gales) 2010
Read More

Volta a Liga portuguesa em sinal aberto

O Governo anunciou, esta 5ª feira, que uma televisão em sinal aberto vai transmitir um jogo por jornada da Liga 2014/2015, envolvendo uma das 5 equipas melhor classificadas, por se tratar de um evento de interesse público.
A decisão, assinada pelo ministro Poiares Maduro, foi esta 5ª feira, publicada em Diário da República, na lista de eventos de interesse generalizado que têm de ser emitidos por televisões generalistas de sinal aberto, ou seja, RTP, SIC ou TVI.

No ano passado, o ministro que então tutelava o setor, Miguel Relvas, decidiu retirar os jogos da Liga da lista de eventos que têm de ser transmitidos em sinal aberto, alegando que esses canais não podiam negociar os direitos de transmissão com detentora dos jogos, a Controlinveste.
Este ano, o Governo considerou que o acesso a esses jogos deve "ser facultado pelos adquirentes dos respetivos direitos exclusivos que emitam em regime de acesso condicionado ou sem cobertura nacional aos operadores interessados na sua transmissão televisiva que emitam por via hertziana terrestre com cobertura nacional e acesso não condicionado".

Segundo o mesmo documento, os detentores dos direitos exclusivos terão de assegurar, até um mês antes do início do campeonato nacional de futebol da I Liga 2014-2015, "que é efetivamente facultado o acesso aos respetivos direitos, em termos não discriminatórios e nas condições do mercado de um jogo em cada jornada equitativamente repartidos entre cada uma das cinco equipas e em número igual de jogos em casa e jogos fora".
Além dos jogos do Benfica, do Sporting e do FC Porto, o canal que assegurar a transmissão de um jogo por jornada terá também de mostrar os jogos dos quarto e quinto classificados.

Os jogos do Benfica são detidos atualmente pelo clube, enquanto os restantes são da Controlinveste, empresa de Joaquim Oliveira A lista de eventos obrigatoriamente transmitidos em sinal aberto inclui ainda os jogos oficiais da seleção nacional, a final da Taça de Portugal de futebol e um jogo por jornada ou por mão de uma eliminatória da Liga dos Campeões em que participem equipas portuguesas.

Além disso, a RTP, a SIC ou a TVI terão de emitir um jogo por eliminatória da Liga Europa a partir dos quartos-de-final em que participem equipas portuguesas, as finais das competições de clubes organizadas pela UEFA, incluindo a Supertaça Europeia e as cerimónias de abertura e de encerramento, bem como jogos de abertura, quartos-de-final, meias-finais e final do Mundial de Futebol.
Da mesma lista constam ainda a Volta a Portugal em bicicleta, as participações de atletas portugueses e das seleções nacionais na fase final de Mundiais e Europeus, as finais das competições oficiais internacionais entre clubes em que participem equipas portuguesas nas modalidades de andebol, atletismo, basquetebol, hóquei em patins e voleibol.
Fonte: record.pt
Read More

Vieirismo chega hoje aos 10 anos

Faz hoje 10 anos que Luís Filipe Vieira sucedeu a Vilarinho como Presidente do Sport Lisboa e Benfica. 10 anos de muito trabalho e dedicação, disso não tenho dúvidas, mas também 10 anos com algumas derrotas amargas.

Fica uma curta lista de prós e contras de um Presidente que confesso só votei uma vez como sócio do SL Benfica:

Prós:
- Inegável aumento do "imobiliário" do SLB: Estádio, centro de estágios e Museu;
- Grande revitalização na zona dos sócios e das casas do SLB;
- Toda a luta com o Apito Dourado que deu alguns frutos;
- Benfica TV e direitos televisivos;
- Apesar do passivo gigante ninguém pode dizer que o Benfica está, financeiramente, pior do que quando ele pegou no clube;
- Grande sucesso desportivo nas modalidades e mesmo nas camadas jovens do futebol.

Contras: 
- Resultados desportivos muito aquém dos plantéis que conseguiu montar, muito poucas taças nestes 10 anos;
- Sucessivas derrotas humilhantes com o maior rival, FC Porto;
- Nunca conseguiu organizar o departamento de futebol sénior de forma a ter resultados de sucesso;
- Uma certa cultura ditatorial de ouvir pouco vozes discordantes - O Benfica é, e sempre foi, uma democracia!

Read More

Ronaldo responde a Blatter no relvado

Cristiano Ronaldo respondeu hoje em campo a Blatter e com golos, como tão bem ele sabe. Marcou um no jogo da Liga BBVA contra o Sevilha e festejou assim:


Blatter disse que ele era um comandante e se calhar agora vai pegar... Bem Ronaldo!
Read More

Jesus antecipa mês de exigência máxima

Quando visitar Coimbra, nesta sexta-feira, Jorge Jesus espera encontrar uma Académica moralizada pelo triunfo em Braga, na última jornada.
«Fez um bom resultado, e os jogos em Coimbra são normalmente difíceis, seja em que circunstância for. Temos que estar preparados para as dificuldades que encontrarmos, ter capacidade de resposta. É dentro dessa confiança e dessa intenção que vamos a Coimbra», começou por dizer o treinador do Benfica, na antevisão do encontro.

E nem mesmo a circunstância de a Briosa ser o pior ataque da Liga, com apenas quatro golos marcados, faz Jesus baixar a guarda. «Não é algo que possamos realçar, face às jornadas disputadas. Isso conta no fim. Daqui a algumas jornadas pode ser uma equipa com mais golos. Esperemos que não, pois seria mau sinal para nós, mas tem jogadores de qualidade na frente, com experiência. Vai ser um adversário motivado», referiu.

O jogo com a Académica marca o início de um mês de Novembro de exigência máxima para o Benfica. Segue-se depois a visita ao Olympiakos, a recepção ao Sporting e ao Sp. Braga, e depois a visita ao Anderlecht. 

«Não direi que estes jogos podem marcar a época. Tirando o da taça, que é a eliminar. Nas outras provas temos margem para recuperar. Mas estamos habituados a isto. As grandes equipas estão envolvidas em várias competições. Já aconteceu em Novembro do ano passado. Não olhamos para as dificuldades, olhamos para esses jogos já com alguma experiência. Felizmente que é assim. O que nos pode preocupar é a margem de recuperação, que normalmente é de três dias. Temos de saber trabalhar e decidir consoante os jogos», afirmou Jesus.

O treinador do Benfica não gosta de falar em poupanças, ainda assim. Limita-se a dizer que a equipa «encara um jogo de cada vez», e «aqueles que estiverem melhor para a Académica são os que vão a jogo». «Sabemos que não vai ser fácil mas vamos montar uma equipa em função do jogo com a Académica, sem pensar no Olympiakos», garantiu.

Questionado se era difícil motivar a equipa para a visita a Coimbra, sabendo-se que depois vem a importante visita a Atenas, Jesus respondeu que «é mais difícil motivar depois da Liga dos Campeões», quando a equipa regressa à Liga. «Mas queremos muito voltar a conquistar o campeonato e estamos tão ligados numa coisa como noutra. Pensamos prova a prova. O que interessa agora é o campeonato, e depois vem a Champions. Não podemos diferenciar mentalmente», acrescentou.

Fonte: maisfutebol

Read More

Maradona outro ídolo perseguido pela FIFA

Está hoje de parabéns um dos maiores astros que o planeta já conheceu! Diego Armando Maradona, El Pibe, o argentino que revolucionou o futebol e fez maravilhas nos relvados. Interessante a coincidência do aniversário com a polémica toda em redor de CR7 pois Maradona foi outra super-estrela que a FIFA perseguiu durante a maior parte da carreira.

Maradona faz hoje 53 anos e para celebrar a vida da estrela nascida partilho um trabalho fenomenal do MaisFutebol que vale a pena consultar - http://www.maisfutebol.iol.pt/internacional-maradona-d10s-el-pibe-maisfutebol/520b92fe3004bc615fd2844a.html

"Nasceu a 30 de Outubro de 1960, pelas 7.15 da manhã, na Policlínica Evita, em Lanús (Buenos Aires). Na Argentina brinca-se que quando Maradona nasceu, os médicos gritaram golo.

«Quando se atira a bola a um bebé, o reflexo natural dele é agarrá-la com as duas mãos. O meu filho chutava-a com o pé esquerdo.»
A frase pertence a Dona Totta, mãe de Maradona. Nela cabe toda a perfeição da mais pura definição do génio que nasceu para jogar à bola."

Deixo também um vídeo para os mais novos conhecerem de quem estamos a falar

Read More

Um vídeo para Blatter

Inacreditáveis as declarações do Presidente da FIFA sobre Cristiano Ronaldo! Já agora Messi é assim tão bom rapaz mas não falas do desfalque de impostos que está a ser julgado... 
Deixo este vídeo para que Blatter perceba de quem está a falar, do que ele significa para o amor que tantas pessoas têm pelo desporto que ele dirige. Para mim é, neste momento, o melhor jogador do Mundo:


Read More

Blatter goza com C. Ronaldo

Josep Blatter, presidente da FIFA, organismo que atribui o prémio Bola de Ouro, surpreendeu ao caracterizar Lionel Messi e Cristiano Ronaldo enquanto futebolistas de estilos radicalmente diferentes. E acabou por admitir que prefere o argentino e fazer figura de palhaço.
Cristiano Ronaldo já respondeu, e muito bem, AQUI.
Na melhor das hipóteses, o suíço não esteve bem e segue-se um pedido de desculpas... ou mesmo um desmentido, apesar da provas em som em imagem.

Perante uma plateia constituída por universitários, em Oxford (Grã-Bretanha), Blatter entusiasmou-se e disparou umas quantas pérolas que deixaram o argentino bem visto e ridicularizam o português.

"O Leo [Messi] é um bom rapaz. Todos os pais e mães gostariam de o ter em casa, um homem amável, um bom tipo. Muito rápido, joga muito bem, como se estivesse a dançar", começou por dizer o presidente da FIFA que, entusiamado pelos risos e aplausos dos presentes, se levantou para uma (triste) imitação "militarizada" de Ronaldo:

"O outro é diferente, é como um comandante em campo. É o outro lado do futebol... e bom ter comandantes em campo, dá vida ao futebol."

"Um gasta mais com o cabelereiro do que o outro, mas não posso dizer quem é o melhor. A lista para a Bola de Ouro sai na próxima terça, e eles [técnicos e capitães das seleções nacionais e jornalistas escolhidos] vão decidir. Gosto dos dois, mas eu prefiro Messi", encerrou, assegurando mais uma polémica para o vasto currículo.
Podem ver as declarações neste vídeo:

Fonte: record.pt

Read More

Os 23 melhores jogadores do Mundo

Ai estão os 23 candidatos escolhidos pela FIFA/France Football para a Bola de Ouro 2013:

Philip Lahm (Alemanha/Bayern Munique)
Thomas Muller (Alemanha/Bayern Munique)
Manuel Neuer (Alemanha/Bayern Munique)
Mesut Ozil (Alemanha/Real Madrid e Arsenal)
Bastian Schweinsteiger (Alemanha/Bayern Munique)
Lionel Messi (Argentina/Barcelona)
Eden Hazard (Bélgica/Chelsea)
Neymar (Brasil/Barcelona)
Thiago Silva (Brasil/PSG)
Falcão (Colômbia/Atlético Madrid e Mónaco)
Yaya Touré (Costa do Marfim/Manchester City)
Andrés Iniesta (Espanha/Barcelona)
Xavi (Espanha/Barcelona)
Franck Ribéry (França/Bayern Munique)
Arjen Robben (Holanda/Bayern Munique)
Robin van Persie (Holanda/Manchester United)
Andrea Pirlo (Itália/Juventus)
Gareth Bale (País de Gales/Tottenham e Real Madrid)
Robert Lewandowski (Polónia/Borussia Dortmund)
Cristiano Ronaldo (PORTUGAL/Real Madrid)
Zlatan Ibrahimovic (Suécia/PSG)
Edinson Cavani (Uruguai/Nápoles e PSG)
Luís Suarez (Uruguai/Liverpool)

Read More

Um FCP-SCP com história

Ainda com o clássico em foco lembro uma das histórias mais inacreditáveis destes grandes jogos portugueses. O trabalho que passo a citar é do jornal Record:

«Um dos FC Porto-Sporting mais marcantes da história dos clássicos entre os dois clubes ocorreu a 19 de Outubro de 1975 por causa de um golo inédito e surrealista de autoria de um apanha-bolas na sequência de um remate de cabeça de Fernando Gomes que saiu junto à rede exterior da baliza de Vítor Damas.

Um "golo-fantasma" que o árbitro Alder Dante sancionou induzido em erro pelo denso nevoeiro que a certa altura se abateu sobre o relvado das Antas e que não lhe permitiu ver o remate do apanha-bolas que anichou a bola no fundo da baliza, presumivelmente através de um buraco na rede.

Incrédulos perante a decisão arbitral, os jogadores do Sporting, com Vítor Damas à cabeça, rodearam o juiz escalabitano na tentativa de lhe fazer ver o erro grosseiro em que estava a incorrer.

Fizeram-no com uma veemência inusitada e genuína, impelidos pela força da razão, mas Alder Dante concedeu apenas consultar o fiscal de linha Baptista Fernandes, consulta da qual resultou a confirmação da decisão tomada. A indignação dos jogadores conduziu a alguns excessos e à expulsão do médio Valter, além de uma paragem do jogo que durou cerca de cinco minutos durante a qual o treinador Juca entrou em campo para tentar acalmar os mais exaltados.

Este golo bizarro, iam decorridos 57 minutos de jogo, repôs a igualdade no marcador (2-2) depois de um início retumbante do Sporting que se adiantou no marcador através de Chico Faria e Manuel Fernandes no primeiro quarto de hora. Nem isso obstou, todavia, a que a equipa leonina, espicaçada no seu orgulho, chegasse à vitória, com um terceiro golo de Baltasar, a um quarto de hora do fim, mesmo reduzida a dez unidades.

No final do jogo, nem a felicidade pela vitória amenizava o tom das críticas ao árbitro Alder Dante por parte dos jogadores leoninos. Vítor Damas foi contundente: "O árbitro cometeu dois erros clamorosos: validar um golo que um apanha-bolas me marcou e expulsar injustamente um digno profissional de futebol. É um facto que houve alguém do Sporting que gritou que o árbitro era um palhaço, mas não foi o Valter."

O próprio Valter confirmou esta versão: "Juro pela saúde do meu filho que não chamei qualquer nome ao árbitro! Só lhe disse para consultar o fiscal de linha. Ele que seja sincero e escreva no relatório aquilo que se passou..."

A reportagem de Record da época dá conta de algumas declarações curiosas de Juca e do próprio Vítor Damas, que invocam o testemunho de António Oliveira, então jogador portista, para confirmar a ilegalidade do golo de Gomes.

"Deus não dorme" – comentou o actual seleccionador nacional após o jogo. O guarda-redes leonino enalteceu a atitude do seu adversário e colega de profissão: "Honesto foi o Oliveira, que nos confessou que se tratara de uma grande asneira do árbitro. O Gomes, que rematou à baliza, o Cubillas e o Murça, que deitou as mãos à cabeça quando viu o árbitro validar o golo, nem sequer o festejaram."


Gomes: «Fiquei com a sensação que tinha sido golo»


Fernando Gomes foi um dos protagonistas desse FC Porto-Sporting por ter sido ele o autor do remate que esteve na origem do golo-fantasma. Revivendo esse momento com Record, confessa-nos que não se apercebeu que não fora golo:

"Foi uma jogada rápida pelo lado direito, com um cruzamento tenso e que eu cabeceei para entrar no canto esquerdo da baliza do Damas. Fiquei com a sensação de que tinha sido mesmo golo e festejei-o como tal."

Segundo Gomes, que se quedou por alguns segundos na expectativa após o seu remate, a bola surgiu logo a seguir na pequena área: "Pensei que tinha sido o apanha-bolas que a chutou da parte de fora da rede, depois de ela ter entrado. É preciso ter em conta que as condições de visibilidade eram más..."

Por essa razão, considera natural que o árbitro tenha sido, também, traído pelo nevoeiro que se abatera sobre o relvado.

Todavia, nem o erro de Dante evitou a vitória do Sporting, cujos jogadores se sentiram espicaçados no seu orgulho. Mas Gomes tem outra perspectiva:

"Os tempos eram outros, o Sporting era nessa altura a equipa mais forte e a vitória surgiu naturalmente. O FC Porto dava os primeiros passos para a hegemonia que consolidou a partir da década de oitenta."


Álder Dante gostaria de conhecer o apanha-bolas


Vinte e seis anos depois, o principal protagonista do célebre FC Porto-Sporting do "golo-fantasma", o ex-árbitro Alder Dante, recorda sem complexos de culpa ou laivos de constrangimento o erro histórico que cometeu. Confessa que iniciou o jogo porque as condições meteorológicas naquele momento o permitiam e só se deterioraram à medida que decorria.

"Se acabasse o jogo com o Sporting a ganhar por 0-2 seria acusado de caseiro; se não acabasse, como sucedeu, acusar-me-iam de o ter feito sem que houvesse condições para tal. Era uma 'faca de dois gumes'. Seria 'preso por ter cão e por não ter'."

Em relação ao lance capital do jogo dá-nos a sua visão do mesmo: "Lembro-me que o Gomes rematou à baliza e a certa altura da trajectória da bola deixei de a ver por causa do nevoeiro. Foi tudo muito rápido. Só a vi no fundo das redes. O Damas e outros jogadores do Sporting correram para mim a protestar, jurando-me que a bola não tinha entrado. Lembro-me que me virei para dois jogadores do FC Porto e lhes perguntei se a bola tinha ou não entrado, ao que eles me responderam que sim. Um deles, mais tarde, mudou a versão, dizendo que a bola, afinal, não entrou, quando se transferiu para o Sporting" [Oliveira ou Gabriel?, os únicos que o fizeram].

Alder Dante reconhece que ficou com a dúvida a pairar-lhe na mente e a atormentá-lo até ao fim do jogo: "Quando temos uma equipa inteira a protestar de forma enérgica a decisão de um lance, é inevitável que a dúvida nos assalte." Uma dúvida que levou Dante a certificar-se de que tinha sido mesmo golo quando Baltasar, a um quarto de hora do fim, selou a vitória do Sporting: "Fui dentro da baliza chutar a bola contra a rede para ver se tinha mesmo entrado."

Na sequência do golo-fantasma, Valter foi expulso e no final do jogo jurou que apenas pedira ao árbitro para consultar o auxiliar. "Alguém chamou palhaço ao árbitro, mas não foi o Valter” – diria Damas, em defesa do seu colega. Alder Dante admite que possa ter errado: "A mim deu-me a sensação de que foi ele."

Curiosamente, no dia seguinte, Dante cruzar-se-ia com a equipa do Sporting no aeroporto de Lisboa, ele a caminho da Alemanha, como fiscal de linha de Francisco Lobo que iria dirigir o Duisburg-Lewski Spartak (Taça UEFA), os leões de partida para a Hungria, onde iriam defrontar o Vasas de Budapeste.

"Estivemos a falar cordialmente das incidências do jogo, com o Manuel Fernandes, o José Mendes, o Damas, que me reafirmaram que não tinha sido golo. Lembro-me de ter dito qualquer coisa do género: "Agora é tarde, já não há nada a fazer."

Um erro do qual Dante se penitenciou logo no dia seguinte ao enviar uma carta à então Comissão Central de Árbitros, assumindo a responsabilidade do erro: "Fui penalizado com uma repreensão por escrito, a única da minha carreira, a qual retardou a minha ascensão a internacional, que deveria ocorrer nesse ano."

Quem Alder Dante gostaria um dia de conhecer era o apanha-bolas que esteve na origem de um dos casos mais badalados de sempre do futebol nacional. "Foi um dos poucos que me conseguiram enrolar nesta vida..."»
Read More

Comentador italiano perde a cabeça

O jogo é o Udinese-AS Roma deste fim de semana e o relato é o do golo da vitória do líder da Serie A já muito perto do final. Para rir um bocado com este vídeo dos berros de Carlo Zampa mas cuidado com o volume:


Os berros por Lex Luthor devem-se às parecenças de Michael Bradley com o inimigo nº 1 do Super-homem.

Read More

Liga da Verdade 2013/14: 8ª Jornada

8ª Jornada
Benfica 2-0 Nacional (Jorge Ferreira)
- Nada a assinalar.

FC Porto 3-1 Sporting (Artur Soares Dias)
- Uma das melhores exibições em jogos grandes que vi num árbitro em muito tempo. Não há dúvidas no penalty que dá o 1-0, pois a falta sobre Alex Sandro é clara.


7ª Jornada
Estoril 1-2 Benfica (Manuel Mota)
- Penalty mal assinalado a favor do Benfica. Lima falhou o penalty mesmo antes do intervalo portanto um erro de arbitragem sem influência. Agora é um lance em que a FIFA deixa ao critério de cada um, pois nunca se pronunciou de forma a terminar as dúvidas. É claro que a bola vai ao braço e que ele não está em posição natural, pelo que se entende da FIFA isto chega para ser penalty. Agora, para mim, neste caso não há intenção de cortar o esférico e o jogador nunca olha para a bola. Casual portanto. Mas se o árbitro marca a falta tem de dar o 2º amarelo a Filipe Gonçalves.
- Bem nas 2 expulsões do desafio, uma para cada lado: Filipe Gonçalves (56') e Maxi Pereira (89').
- O árbitro não mostrou 2 vermelhos a jogadores do Estoril: João Pedro Galvão dá uma cotovelada a Maxi (49') e Seba tem uma entrada assassina sobre Siqueira por trás e em tesoura (65').

Arouca 1-3 FC Porto (Vasco Santos)
- Arbitragem sem influência no resultado mas com 2 lances a beneficiar o FC Porto. Primeiro é Helton que, aos 17 minutos, escapa ao amarelo quando abalroa Seballos numa saída da baliza.
 - Depois é Mangala, outro defesa do FC Porto a escapar a um lance em que claramente joga com mão a bola. Aos 47' Mangala corta remate de Bruno Amaral mesmo à frente da área - livre perigosos por marcar e amarelo por mostrar. Aliás o defesa do FC Porto vê dois minutos depois o cartão que na altura deveria ter sido o 2º.

Sporting 4-0 V. Setúbal (Duarte Gomes)
- Penalty mal assinalado a favor do Sporting: é o lance do 4-0, sem qualquer influência na atribuição dos pontos, mas é ridículo como se transforma uma falta atacante num castigo máximo. A camisola do defesa parecia um elástico...

6ª Jornada
Benfica 1-1 Belenenses (Jorge Tavares)
- Golo mal validado contra o Benfica: é claro o fora de jogo de Fredy no lance do empate, jogador que interfere claramente com a jogada e atrapalha Artur.
- Penalty por marcar a favor do Benfica: Cardozo é agarrado no braço pelo defesa azul, lance aos 71' com o resultado em 1-1.

FC Porto 1-0 V. Guimarães (Pedro Proença)
- Penalty mal marcado a favor do FC Porto: não existe falta nenhuma sobre Quintero no lance que dá o castigo máximo que decide o jogo. É o jogador que se atira para o defesa mas Pedro Proença inventou a favor do FCP.

SC Braga 1-2 Sporting (Paulo Baptista)
- Cartão vermelho bem mostrado a Aderlan Santos por travar Montero, lance aos 27'.

5ª Jornada
V. Guimarães 0-1 Benfica (Bruno Esteves)
- Expulsão mal assinalada a favor do Benfica: aos 60' Addy puxa Enzo e vê o 2º amarelo. Este cartão é bem assinalada, o problema é que o primeiro, na 1ª parte, não foi justo pois o defesa não chega a tocar em Enzo Pérez. Mesmo que fosse livre indirecto por entrada perigosa como não lhe toca nunca seria amarelo.
- Penalty por marcar a favor do Benfica - jogada aos 69' sobre Lima, sendo claro a falha do árbitro ao não assinalar o castigo máximo.
- 2 foras de jogo mal tirados a Enzo Pérez, ainda na 1ª parte, quando o argentino se isolava.
- Pelo critério do árbitro neste jogo Siqueira deveria ter visto o 2º amarelo.

Estoril 2-2 FC Porto (Rui Silva)
- Expulsão não mostrada a jogador do FC Porto: logo no início do jogo, 12', Otamendi faz falta sobre Luís Leal quando este se ia a isolar.
- Penalty mal assinalado contra o FC Porto: lance ridículo o do 1-1. Aos 33' Otamendi corta a bola com a mão mas é claramente fora da área. Para além disso o avançado que ia receber a bola está, primeiro que tudo, em fora de jogo.
-  Dúvidas, mas imagens de TV inconclusivas, no lance do 2º golo do Estoril quanto à posição de Luís Leal.
- Fico pasmado com o que Fernando pode refilar com os árbitros...

Sporting 1-1 Rio Ave (Carlos Xistra)
- Penalty não assinalado a favor do Sporting: é claro o corte com o braço de Marcelo aos 75', quando o jogo já estava 1-1. Xistra diz que não viu...

4ª Jornada
Benfica 3-1 Paços de Ferreira (Bruno Paixão)
- Nada a assinalar

FC Porto 2-0 Gil Vicente (Hugo Pacheco)
- Penalty por assinalar a favor do FC Porto: falta de Peck's sobre Varela, numa altura em que o marcador já mostrava 2-0 (76'). E ainda deu amarelo ao jogador por simulação...

Olhanense 0-2 Sporting (Olegário Benquerença)
- Golo mal validado ao Sporting, é o lance do 0-1 e é claro o fora de jogo de Fredy Montero.

3ª Jornada
Sporting 1-1 Benfica (Hugo Miguel)
- Golo mal validado a favor do Sporting: é claro o fora de jogo de Fredy Monteiro no início da jogada que dá o 1º golo da partida (10').
- Penalty por assinalar a favor do Benfica: aos 82' Maurício faz uma gravata a Cardozo dentro da área. O árbitro manda jogar e mal.
- Maxi Pereira poderia ter sido expulso no decorrer da 2ª parte com o 2º amarelo, pela sucessão de faltas. O lance do seu 1º cartão amarelo é claramente para essa cor de advertência. Vai à procura da bola, falha o tackle, acerta no jogador - cartão amarelo.

Paços de Ferreira 0-1 FC Porto (Rui Costa)
- Dúvidas no único golo do jogo pois Jackson dá um toque no defesa na sua frente antes de cabecear a bola. Eu diria no limite mas legal.

2ª Jornada
Benfica 2-1 Gil Vicente (Paulo Baptista)
- Nada a assinalar

FC Porto 3-0 Marítimo (Jorge Ferreira)
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: é o lance do 3-0 (51') e a falta sobre Otamendi é clara.

Académica 0-4 Sporting (Artur Soares Dias)
- Golo mal validado a favor do Sporting: é o lance do 0-2 (42') e existe fora de jogo de Fredy Montero.
- Dois penalties bem assinalados a favor do Sporting.

1ª Jornada
Marítimo 2-1 Benfica (Jorge Sousa)
- Penalty bem assinalado contra o Benfica: é o lance do 1-0 (45') e é clara a falta de Artur. Amarelo bem mostrado ao GR.
- Dúvidas, mas imagens de TV inconclusivas, no último lance do jogo quando Lima cai na área do Marítimo. Benefício da dúvida para o árbitro que deixou o jogo seguir e não marcou penalty.

V. Setúbal 1-3 FC Porto (João Capela)
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: é o lance do 1-1 (48') e apesar de Jackson ficar à espera do contacto para se atirar, o defesa toca e parece derrubar o avançado. Daqueles penalties que em Inglaterra não são assinalados mas cá são.
- Cartão vermelho bem mostrado a Kieszek por tentativa de agressão a Josué. Penso que pela atitude provocatória e pelas palavras de Josué o médio do FC Porto também poderia ter sido admoestado com o vermelho. Lance aos 49' com o marcador em 1-1.

Sporting 5-1 Arouca (Rui Costa)
- Nada a assinalar

Read More

FCP 3-1 SCP: a fuga do dragão

O FC Porto venceu o Sporting no Dragão por 3-1 na 8ª jornada do campeonato nacional e abriu 5 pontos de vantagem sobre os 2 eternos rivais de Lisboa. O tri-campeão nacional deu um passo de gigante para a conquista de novo titulo e ninguém pode dizer que esta vitória de hoje seja injusta. Foi a melhor equipa (principalmente a mais agressiva e fisicamente preparada) e, volta a mostrar que as equipas azuis e brancas, mesmo fragilidades, sabem muito bem jogar estes grandes jogos em Portugal.

Os treinadores lançaram os jogadores que têm sido titulares e não houve nenhuma surpresa de última hora. FC Porto com meio campo chave nesta equipa, com Fernando e Lucho a fazerem uma época fenomenal; do lado do Sporting uma equipa com muita juventude e com vários jogadores a disputarem o seu 1º clássico no Dragão.

A 1ª parte teve mais FC Porto, principalmente no início, altura em que Alex Sandro ganhou um penalty claro a Maurício e Josué converteu o castigo máximo. Muito mal defendido pelo meio campo do Sporting que não foi capaz de fazer as dobras necessárias à jogada envolvente do lado esquerdo do Dragão. Aliás, foi nesse flanco que o FC Porto canalizou a grande maioria do seu futebol atacante. Do Sporting muito pouco a abrir, sendo que não conseguiu fazer nenhum remate à baliza.

A 2ª parte foi espectacular e começou com a resposta do Sporting ao domínio anterior do rival. Não há dúvida que esta equipa de Leonardo Jardim tem personalidade e encostou a equipa da Invicta durante alguns minutos. Conseguiu o golo do empate no seu 1º remate à baliza com William Carvalho a aproveitar o mau alívio de Hélton (60').
O problema foi que, mais uma vez, os de Lisboa não souberam anular as entradas dos laterais rivais na sua área e Danilo, numa bela jogada individual, fez o 2-1 nem 2 minutos depois do empate. Golpe fatal nesta equipa do SCP sofrer este tento logo de seguida...
Os leões ainda tiveram duas grandes oportunidades para empatar com Hélton a fazer duas grandes defesas e a negar o empate a Montero e a Piris.
O resultado ficou definido numa jogada de contra ataque aos 74' com Jackson, Varela e Lucho a construírem o lance.

Final do jogo com a continuação da série impressionante do FC Porto de mais de 5 anos sem derrotas no seu Estádio para o Campeonato.
Read More

Benfica 2-0 Nacional: Cardozo rei da Luz

O Benfica venceu o Nacional da Madeira por 2-0 na 8ª Jornada da Liga Zon Sagres. Com uma exibição segura, voltou às vitórias na Luz e fica à espera do resultado do clássico para saber a quem ganha pontos.

Jorge Jesus lançou uma equipa com algumas alterações sendo que pisaram o relvado da Luz os seguintes atletas: Artur; Maxi Pereira, Luisão, Garay e Siqueira; Matic, Enzo Pérez, Ivan Cavaleiro e Gaitán; Rodrigo e Cardozo. Bom jogo de Ivan Cavaleiro na sua estreia na principal divisão do país, boas jogadas e saiu com câimbras de tanto ter corrido, não se pode pedir mais. Por mim continua a titular.

Benfica entrou muito bem em jogo, com uma velocidade que não se tem visto esta temporada e logo aos 15 minutos Siqueira, depois de tabela com Cardozo, inaugurou o marcador. O brasileiro é que não teve outras razões para sorrir pois saiu lesionado logo depois. Aliás não percebo por que temos todos os jogos algum jogador lesionado...
A equipa descansou um pouco sobre a vantagem adquirida e só por mais uma vez criou perigo na baliza dos madeirenses - Cardozo aos 35'.

A 2ª parte foi do melhor que se tem visto dos encarnados, sempre com Gaitán e Cavaleiro em destaque e com Cardozo a combinar bem com os outros avançados. O paraguaio picou o ponto logo aos 48' na sequência de uma bela jogada e passe de Nico Gaitán.

Homem do Jogo: Cardozo, um golo e uma assistência e muitas jogadas de envolvimento bem conseguidas. Está em grande forma. Na festa do 10º aniversário do novo Estádio da Luz o Tacuara mostrou que é ele o Rei daquele lugar mágico.
Read More

C. Ronaldo envergonhado por Daniel Alves

Foi um dos momentos do clássico de ontem: a maldade que o defesa Daniel Alves fez a Cristiano Ronaldo. Uma cueca e finta maravilhosa! Para ver neste vídeo:



Read More

Barcelona 2-1 Real Madrid: Alexis show

O Barcelona venceu o Real Madrid por 2-1 em jogo da 10ª Jornada da Liga BBVA e passa a ter 6 pontos de vantagem do eterno rival. Vitória justa num jogo que teve uma 1ª parte demasiado morna mas que aqueceu muito na etapa final. Alexis Sánchez tem o destaque todo da partida pois marcou um golo absolutamente genial!

Na escolha dos titulares Ancelotti surpreendeu ao lançar Sergio Ramos como trinco e Bale como 9; já Martino lançou a equipa esperada com Fábregas e Piqué em campo. O italiano já deve estar arrependido da opção em Bale pois realizou uma exibição perto do zero.

Foi então uma 1ª parte com muito poucos remates e intensidade ofensiva sendo que Neymar abriu o marcador aos 19' numa jogada individual. Já o Real Madrid só conseguiu causar perigo numa ocasião com Khedira quase a marcar, o alemão foi aliás o melhor jogador dos blancos.

A 2ª parte foi então ao ritmo que estes jogos nos habituaram sempre com o Real Madrid por cima na procura do golo do empate. Pareceu sempre que ele ia acontecer e Ronaldo teve nos pés uma hipótese dourada, agora já se sabe que quem não marca sofre... Alexis aos 79' fez então uma golo espectacular, ganhando a corrida a Varane e oferecendo uma chapéu ao GR adversário.
Nos descontos e na sequência de uma assistência de CR7, Jesé fez o 2-1 - com grande ajuda de Valdés  -mas já não havia tempo para o Real.

Final do jogo com grandes queixas dos derrotados que se queixaram de um penalty sobre Ronaldo que ficou por marcar.
Read More

O mundo vai parar às 17h

É com certeza o maior clássico do Mundo! Barcelona e Real Madrid preparam-se para subir a Camp Nou para a jornada da Liga BBVA e para o 1º clássico pós-Mourinho. Claro que sem Mourinho as coisas serão diferente mas estes grandes clubes são imortais e não fazem da sua rivalidade uma questão pessoal; é uma questão institucional.
Para além disso grande expectativa para o 1º jogo grande de Bale e Neymar e para o eterno confronto entre Messi e Ronaldo. Este será aliás o 20º clássico desde que CR7 chegou a Madrid e as duas super estrelas têm, nesse período, 12 golos nestes grandes jogos. Nos bancos duas estreias no comando destes jogos, com o 1º clássico de Ancelotti e Martino.

Do lado do Real Madrid ainda não se sabe se Bale ocupará o lugar de Benzema e se Fábio Coentrão envia Marcelo para o banco de suplentes. No Barcelona subsiste dúvida sobre a utilização de Piqué, no meio-campo entre Xavi, Iniesta e Fabregas um ficará de fora, enquanto Pedro e Alexis disputam um lugar no ataque.


Read More

10 anos de Nova Catedral

Já faz 10 anos! Já faz 10 anos que se inaugurou o Estádio da Luz! Já faz 10 anos que entrei pela primeira vez no novo ninho da águia! Lembro-me como se fosse hoje de subir as escadas de acesso ao 3º anel e da primeira imagem do Estádio: com sorriso gigante na cara pensei "É Grande!"

Deixo um resumo bem feito da página oficial do glorioso:
«O dia 25 de Outubro de 2003 vai, para sempre, ficar marcado na vida dos benfiquistas. Deu-se a inauguração do novo Estádio da Luz, da Nova Catedral, do Estádio do Sport Lisboa e Benfica como é o seu nome oficial.

Mas antes deste dia houve uma maratona com muitos obstáculos, agruras e noites mal dormidas de uma Direcção, na altura, encabeçada por Manuel Vilarinho. A decisão de construção do novo Estádio da Luz foi aprovada na Assembleia Geral de 28 de Setembro de 2001 e esteve relacionada com a realização do Campeonato Europeu de Futebol (Euro 2004) em Portugal.

Da sua decisão ao dia da inauguração decorreu o tempo recorde de dois anos. O Estádio do Benfica foi o último a arrancar e o segundo a acabar. Do antigo Estádio foram trazidos alguns materiais, nomeadamente milhares de ferros, toneladas de betão e vidros antigos que foram adaptados ao novo Estádio, proporcionando assim uma poupança de recursos e de ambiente.

No dia 25 de Outubro de 2003 deu-se a inauguração e o convidado foi a equipa do Nacional de Montevideo. O Benfica venceu por 2-1 e Nuno Gomes foi o autor do primeiro tento. Estavam presentes 64 386 espectadores. Referir que antes do início deste jogo deu-se o voo da Águia. Foi a primeira vez que sucedeu e hoje é um marco indissociável do Estádio. Algo por que todos os adeptos aguardam.


O Estádio foi erguido de acordo com os princípios e as técnicas mais inovadoras para a construção de estádios modernos, indo ao encontro das mais exigentes normas de segurança e recomendações da FIFA e da UEFA. Desta forma, foi escolhido para ser o palco da Final da Liga dos Campeões em 2014.

Dizer, ainda, que o Estádio tem capacidade para 65.647 pessoas. O primeiro anel tem capacidade para 21.800 lugares, entre os quais se encontram espaços para pessoas com mobilidade reduzida (PMR). O segundo anel, ou anel VIP, tem capacidade para 7.300 pessoas e é aqui que se situa a Tribuna Presidencial e os melhores lugares cativos. O terceiro anel é reservado aos camarotes, constituído por 156 espaços para sócios e empresas, que totalizam 2.500 lugares. O quarto anel é o que contabiliza mais lugares, num total de 33.600 lugares.

Dez eventos mais importantes:

29-02-2004 – Comemorações do Centenário: perante 32.171 adeptos, assistiu-se a um grande espectáculo pirotécnico de luz e som.

04-07-2004 – Realização da Final do Euro 2004, entre Portugal e a Grécia (0-1). Durante a competição o Estádio da Luz recebeu cinco jogos.

25-07-2004 – Jogo do Centenário: Benfica – Real Madrid (2-2).

19-12-2004 – Maior Concentração de Pais Natal do Mundo – O número oficial de participantes comunicados ao Guinness World Records foi de 12.352 Pais Natal, batendo claramente o anterior recorde, que era de 2 685 Pais Natal que se reuniram em 2002 numa parada nas ruas da Suécia. A marca foi entretanto batida no Reino Unido, em 2007, numa concentração que reuniu 13.000 participantes.

07-07-2007 – Cerimónia de Declaração Oficial das Novas 7 Maravilhas do Mundo. Aproveitando a realização deste evento mundial, resolveu eleger-se, também, as 7 Maravilhas Portuguesas, num evento que antecedeu a cerimónia internacional.

11-05-2008 – Jogo de despedida de Rui Costa. O Maestro despediu-se com uma vitória sobre o Vitória de Setúbal por 3-0 e perante o olhar emocionado de cerca de 55 mil pessoas.

15-08-2008 – Realização da primeira edição da Eusébio Cup (Benfica – Inter Milão), que conta já com seis edições.

25-01-2010 – “Jogo contra a pobreza” – O Estádio da Luz recebeu a 7.ª edição do Jogo contra a Pobreza, entre os amigos de Ronaldo e Zidane e os All-Stars do Benfica. O jogo foi organizado pela Fundação Benfica e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). Cada entrada valia 10€ que revertia para as vítimas da catástrofe no Haiti. O Estádio da Luz registou uma assistência de 51.312 espectadores que ajudaram a angariar mais de meio milhão de euros. Eusébio deu o pontapé de saída no dia do seu aniversário. O resultado foi o menos importante mas, ainda assim, a partida acabou empatada a três golos.

23-06-2012 – Casamento no Estádio da Luz: A cerimónia foi realizada em pleno relvado do Estádio da Luz, com direito a um voo exclusivo da águia e ao Hino do Sport Lisboa e Benfica. No final do dia houve ainda tempo para um cocktail e fogo-de-artifício.

18-07-2012 – Realização do jogo SL Benfica - Luís Figo & Resto do Mundo – “Um Gesto Contra a Fome”. Uma iniciativa da Fundação Benfica em conjunto com a Fundação Luís Figo e o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados. O Benfica venceu por 5-1, numa partida em que o resultado final foi o que menos importou. Eusébio deu o pontapé de saída em mais uma iniciativa social do Sport Lisboa e Benfica.

Dez goleadas do SL Benfica:

31-08-2009 – Benfica – Vitória de Setúbal, 8-1 (3.ª Jornada Campeonato Nacional)
02-01-2013 – Benfica – Aves, 6-0 (Oitavos de final Taça de Portugal)
11-11-2007 – Benfica – Boavista, 6-1 (10.ª Jornada Campeonato Nacional)
26-10-2009 – Benfica – Nacional, 6-1 (8.ª Jornada Campeonato Nacional)
06-01-2007 – Benfica – Oliveira Bairro, 5-0 (4.ª Eliminatória Taça de Portugal)
26-09-2009 – Benfica – Leixões, 5-0 (6.ª Jornada Campeonato Nacional)
22-10-2009 – Benfica – Everton, 5-0 (Fase de Grupos Liga Europa)
24-04-2010 – Benfica – Olhanense, 5-0 (28.ª Jornada Campeonato Nacional)
12-01-2011 – Benfica – Olhanense, 5-0 (Oitavos-de-Final Taça de Portugal)
16-12-2011 – Benfica – Rio Ave, 5-1 (13.ª Jornada Campeonato Nacional)

Dez melhores marcadores:

1.º Cardozo 103
2.º Nuno Gomes 42
3.º Simão Sabrosa 32 
4.º Luisão 23
5.º Saviola 22
6.º Rodrigo 17
7.º Aimar 16
8.º Sokota 15
9.º Lima 15
10.º Geovanni 14
Fonte: slbenfica.pt
Read More

Agenda: melhor que isto não há!

Um fim de semana que promete ser dos melhores da temporada. Só clássicos! Não falhe nada!

Sábado
Crystal Palace - Arsenal (12h45)
Schalke 04 - B. Dortmund (14h30)
B. Munique - Hertha Berlim (14h30)
Man. United - Stoke (15h)
Liverpool - WBA (15h)
Barcelona - Real Madrid (17h)
Inter - Verona (19h45)

Domingo
Nápoles - Torino (11h30)
Udinese - Roma (14h)
Parma - AC Milan (14h)
Juventus - Génova (14h)
Tottenham - Hull (16h)
Chelsea - Man. City (16h)
Monaco - Lyon (16)
Benfica - Nacional (17h15)
FC Porto - Sporting (19h45)
Saint Etienne - PSG (20h)


Read More

Exibição monstruosa com defesas impossíveis

Rogério Ceni fez ontem uma exibição memorável! Um dos melhores jogos que já vi de um GR. Elasticidade, reflexos e sangue frio - que mais se pode pedir de um guarda-redes?
Aos 40 anos ajudou a sua equipa a vencer o Universidad Catolica por 4-3 e a seguir em frente na Taça Sul-Americana.
Para a ver as suas defesas neste vídeo:



Read More

Isto dos "sorteios" tem que se lhe diga

O Benfica irá receber o Sporting na 4ª eliminatória da Taça de Portugal. É caso para dizer que o SLB não anda com "sorte" nenhuma nos sorteios desta temporada a nível nacional. Coincidências.


Sorteio da 4.ª eliminatória da Taça de Portugal
Os jogos estão agendados para o fim-de-semana de 9 e 10 de Novembro.
Ribeirão (CNS) - Penafiel (II)
Arouca (I) - Chaves (II)
Tondela (II) - Paços de Ferreira (I)
Olhanense (I) - SC Braga (I)
Fafe (CNS) - Aves (II)
Rio Ave (I) - Sertanense (CNS)
Beira-Mar (II) - Feirense (II)
Cova da Piedade (CNS) - Gil Vicente (I)
Camacha (CNS) - Atlético (II)
Covilhã (II) - Leixões (II)
Vitória SC (I) - FC Porto (I)
Famalicão (CNS) - Estoril-Praia (I)
Vitória FC (I) - Santa Maria (CNS)
Marítimo (I) - AD Oliveirense (CNS)
Benfica (I) - Sporting (I)
Académica (I) - Académico de Viseu (II)
Read More

Ibrahimovic está numa forma de ET

Até assusta pensarmos que temos este senhor no nosso caminho para o Mundial 2014. Nos últimos 4 jogos pelo PSG marcou 9 golos! Ontem esmagou o Anderlecht com 4 golos e foi o jogador em maior destaque nesta jornada de Champions. Um talento exceptional!



Read More

Benfica 1-1 Olympiakos: tudo em aberto

Voltei por fim ao Estádio da Luz para ver o Benfica empatar 1-1 com o Olympiakos na 3ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Jogo marcado por várias incidências e curiosidades que teve um domínio grego na 1ª parte e a resposta encarnada na etapa final.
As contas estão assim mais difíceis para o SLB e uma derrota na Grécia, já na próxima jornada, quase que afastam o Benfica dos oitavos. No entanto, um empate, tendo em conta que o PSG vem jogar na última jornada à Luz já apurado, pode ser importante.


Jorge Jesus a apostar num 11 de ataque com: Artur, André Almeida, Garay, Luisão, Siqueira, Matic, Enzo, Gaitán, Ola John, Lima e Cardozo. Acabou por ser uma aposta furada pois o Olympiakos acabou por dominar por completo a etapa inicial, muito pela falta de pressão e de povoamento do meio campo encarnado. Foi aliás notável a falta de agressividade defensiva encarnada nos primeiros 45 minutos. Preocupante exibição até então, ficando outra vez claro uma diferença gritante na condição física da equipa de Lisboa com o seu rival. Como é possível jogadores que não jogam à 20 dias só darem aquilo?...
Dominguez, no lance chave do 1º tempo, aproveitou uma perda de bola de Matic e sentou Garay para fazer o 0-1 aos 28 minutos.

2ª parte completamente diferente, muito também pela chuva que inundou a catedral encarnada. O Benfica entrou com outra raça, o campo assim o pedia e os adeptos isso transmitiam à equipa. No entanto, muito devido ao relvado e à arbitragem de um espanhol que a dados momentos deu a impressão que estava a apitar um outro desporto qualquer, nunca chegou com muito perigo às redes de Roberto. Para mim, é demasiado claro um penalty sobre Siqueira mesmo à minha frente com 56 minutos no relógio. Um escândalo!
Verdade que o lance do empate, aos 83, nasce de um canto que não o era mas pior na fotografia ficou o ex-GR do Benfica que deixou Luisão assistir Cardozo para mais um golo do Tacuara.

Fica o registo histórico que nas 9 presenças do emblema da águia na Liga dos Campeões, sempre que chegou à 3ª Jornada com 4 ou mais pontos o Benfica seguiu em frente na fase de grupos.
Foi o 60º jogo de Jorge Jesus como treinador do Benfica nas competições europeias (31 vitórias) e ao 12º jogo com clubes gregos o Benfica registou o 1º empate.

Homem do jogo: Cardozo pois volta a decidir os pontos para o seu clube. Luisão esteve muito bem e Enzo Pérez também enquanto durou a pilha.
Read More

No FC Porto dificilmente aconteceria

Uma joia que fui encontrar no blog parceiro MasterGroove (AQUI)

Disse Danilo, antes do jogo com o Zenit: “Como adversário, fiquei contente [com a derrota do Benfica na final]. É uma coisa de rival, e nós torcemos a favor do Chelsea. Foi uma desconcentração grande da defesa do Benfica nos minutos finais, que com o FCPorto dificilmente aconteceria, até pela raça das pessoas daqui e da cobrança que temos”


Hoje.. Porto 0-1 Zenit
Golo da derrota aos 85 minutos!
(E, já agora, também o golo do Atlético de Madrid aos 86 minutos...).
Read More

FC Porto volta a perder na Champions

Noite mágica por essa Europa fora com os melhores jogadores em campo frente a frente. Comecemos pelo representante nacional:

O FC Porto de Paulo Fonseca continua a não convencer ninguém e foi derrotado, outra vez em casa, na Liga dos Milhões. O Zenit S. Petersburgo foi ao Dragão vencer por 0-1, com o golo a ser marcado aos 86 minutos num jogo que fica claramente marcado pela idiotice de Herrera que foi expulso nos primeiros 6 minutos de jogo.

Apesar da inferioridade numérica o resultado é injusto para os azuis e brancos pois tiveram tantas oportunidades de golo como os russos mas já se sabe o que conta: Kerzhakov fez a bola beijar as redes depois de cruzamento de Hulk.
Nota máxima para Fernando que fez um jogo monstruoso e negativa para esta campanha ridícula de Paulo Fonseca em sua casa nas provas europeias.

Mudando de cidade e de equipas, numa reedição de uma espectacular eliminatória do ano passado AC Milan e Barcelona voltaram a dar show. Os italianos abriram o desafio com clara vantagem e, com muita velocidade e passes curtos, desfizeram a defesa catalã. Aproveitaram um erro de Piqué para fazer o 1-0 numa jogada fantástica de Kaká e Robinho.
Depois o problema dos italianos foi cair na realidade da vantagem no marcador que não é nada fácil de lidar com o Barcelona pela frente. Ficar lá atrás e cair na rede do Barça e ninguém tem pulmão para aguentar aqueles 20 minutos. Assim, Messi, da única vez que fez algo de jeito na 1ª parte, marcou o golo do empate.
A etapa final foi jogada a passo, em que o FCB teve 3 vezes mais remates e 3 vezes mais posse de bola mas não conseguiu levar os 3 pontos.

No outro palco de sonho desta noite o Borussia de Dortmund deslocava-se ao campo do Arsenal para o encontro de duas das melhores equipas deste princípio de temporada. O 1º tempo foi todo do Dortmund, esmagador mesmo, com Henrikh Mkhitaryan a fazer o tento inaugural depois de um erro gigante de Ramsey. A questão foi que na única vez que o ataque dos britânicos se encontrou Giroud fez o empate.
Mas o Dortmund estava num dia superior e apesar de uma 2ª parte mais equilibrada os alemães marcaram aos 82, por Lewandowski, o golo da vitória.

Read More

Qual destes o melhor jogo?

É por isso que adoramos a Liga dos Campeões. A pessoa até nem sabe qual o melhor jogo para ver! Ajudem-me lá a escolher!



E amanhã


Read More

Um clássico europeu

Um verdadeiro duelo de gigantes! Antes do 7º confronto em dois anos entre o Milan e o Barcelona faço uma retrospectiva dos destinos cruzados destes dois colossos do velho continente.

Confrontos anteriores
• Estes 2 famosos clubes defrontaram-se em 17 ocasiões, com o Barcelona a registar 7 vitórias contra 5 do Milan, e tendo marcado 26 golos contra os 21 do clube italiano. O registo do Milan nos 8 jogos em casa contra o Barcelona é de V3 E2 e D3.

• O Milan, de Allegri, venceu por 2-0 em San Siro na primeira mão dos oitavos da época passada, com os golos a serem apontados por Kevin-Prince Boateng (57) e Sulley Muntari (81). O Barcelona respondeu, no entanto, com 4 golos sem resposta em Camp Nou, por  Messi (5, 40), D. Villa (55) e Jordi Alba (90), que asseguraram assim uma vitória por 4-2 no somatório das duas mãos.

• O Barcelona empatou a 0 em Milão na 1ª mão dos quartos-de-final de 2011/12, antes de vencer por 3-1 em casa, na 2ª mão. Messi marcou através de 2 grandes penalidades no 1º tempo, pelo meio Antonio Nocerino chegou a empatar (32), mas Andrés Iniesta (53) cimentou a vitória para a equipa de Pepe Guardiola.

• Os 2 clubes encontraram-se ainda na fase de grupos dessa época, com o Barcelona a obter 4 pontos e a relegar o Milan para o 2º lugar. Em Camp Nou, o jogo terminou num 2-2, com Thiago Silva (92) a fazer o empate para o Milan, já depois de Pedro Rodríguez e Villa terem dado a volta a um golo de Pato logo no 1º minuto.

• De seguida, o Barcelona bateu o Milan por 3-2 em San Siro, com Xavi Hernández a marcar o tento decisivo aos 63 minutos, desfazendo a igualdade instalada quando Ibrahimović e Boateng anularam um golo na própria baliza de Mark van Bommel e uma grande penalidade convertida por Messi.

• O Barcelona de Frank Rijkaard venceu por 1-0 no somatório das 2 mãos em que defrontou o Milan de Carlo Ancelotti, nas meias-finais de 2005/06. O golo de Ludovic Giuly em San Siro foi decisivo.

• Valdés, Puyol, Xavi e Iniesta são os sobreviventes do duelo entre estes clubes registado na fase de grupos de 2004/05, quando o Barcelona perdeu por 1-0 em San Siro, a 20 de Outubro de 2004, tendo terminado em 2º lugar, atrás do Milan.

• O confronto mais importante entre este 2 clubes aconteceu na final da UEFA Champions League de 1994, com o Milan de Fabio Capello a vencer por 4-0, com golos de Daniele Massaro (22, 45), Dejan Savićević (47) e Marcel Desailly (58). O Milan também se superiorizou quando estes rivais se encontraram, na SuperTaça Europeia de 1989, vencendo em casa por 1-0, depois de um empate fora 1-1.

• O Barcelona venceu por um total de 7-1 na primeira ocasião em que o duelo se decidiu em duas mãos, na primeira ronda da edição de 1959/60 da Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Jogadores partilhados
Impressionante também a lista de atletas que passaram nas equipas seniores dos 2 clubes: de Ronaldo a Ibrahimovic, passando por Ronaldinho e Patrick Kluivert, terminado em Coco e Frank Rijkaard.

Fonte: UEFA.com
Read More

Dos jogos mais marcantes deste séc.

Como o tempo voa! Hoje passam 13 anos sobre um dos jogos mais marcantes deste século do futebol mundial.


O dia 21 de outubro de 2000 ficará para sempre na memória do português Luis Figo. Nesse verão tinha explodido o escândalo na Catalunha, com o capitão a trocar o clube pelo eterno rival, o Real Madrid.
O jogador foi arma eleitoral de Florentino Pérez que tinha prometido levar Figo para o Bernabéu nem que tivesse de pagar 60 milhões de euros. Venceu as eleições a Lorenzo Sanz e cumpriu a promessa.
No primeiro jogo em Barcelona, Figo foi recebido num ambiente hostil, com tarjas por todo lado, ameaças, insultos e talvez a maior assobiadela ouvida em Camp Nou. Entre os insultos de judas, traidor, mentiroso, ficou na cabeça o termo «pesetero»... e a cabeça de porco lançada a seus pés.

Já agora o Barcelona venceu por 2-0.


Fonte: ABola
Read More

IBM

Temas

2011 2011/12 2012 2012/13 2013 2013/14 2014/15 2015/16 2016/17 2017/18 2ª Divisão A Bola A Magia do Futebol AC Milan Academia Seixal Académica Adeptos Agenda Aguero Aimar Ajax Alemanha Alex Ferguson Alex Sandro Amigável análise tática Andebol Anderson Talisca André Gomes André Silva Andrea Pirlo Angola Aniversário Antevisão António Salvador Anzhi Apagão Apito Dourado arbitragem árbitro Argentina Arouca Arsenal Artur Artur Soares Dias AS Roma Atlético Madrid Atletismo auto-golo Balotelli Barcelona Basquetebol Bayer Leverkusen Bayern Munique Beckenbauer Beira-Mar Belenenses Benfica Benfica B Benfica Campeão Benfica TV Bernardo Sassetti bilhetes Blatter Blogs Blogs Benfica Blogs Futebol Boavista Boca Juniores Bola de Ouro Bolt Borussia Dortmund Bota de Ouro Boxing Day Braga Brasil Brasileirão Bruno Alves Bruno César Bruno de Carvalho Bruno Paixão Buffon Bundesliga C. Ronaldo Calendário Campeão Campeonato Alemão Campeonato Argentino Campeonato Brasileiro Campeonato da Europa Campeonato da Europa 2016 Campeonato do Mundo Campeonato do Mundo de Clubes Campeonato Escocês Campeonato Espanhol Campeonato Holandês Campeonato Italiano Campeonato Maicon Campeonato Nacional campeonatos europeus CAN Canoagem Capdevilla Cardinal Cardozo Carlo Ancelotti Carlos Martins Casagrande Casillas Caso vouchers Cavani Cech Celtic Glasgow Chalana Champions Chelsea Chicotada Ciclismo clássico Coluna Conselho de Arbitragem Conselho de Disciplina contas título contrato Copa do Mundo 2014 Copa dos Libertadores Corinthians corrupção Cosme Damião CR7 Cristiano Ronaldo crónica futebol D. Kiev David Beckham David Luiz Defeso Del Piero derby Derby della Madonnina Desportivo de Chaves Desporto Di Maria Di Matteo Diego Costa Direitos TV Djuricic Domingos Doping Doyen Sports Drogba Éder Ederson El Pibe Eleições Eliseu Emerson Enke Enzo Pérez Equipa Equipas B Eredivisie escândalo Escutas Espanha Estádio da Luz Estádio de Alvalade Estádio do Jamor Estádio Dragão Estatísticas Estoril Estrelas do Futebol Euro 2004 Euro 2012 Euro 2016 Eusébio Eusébio Cup Everton FA Cup Fábio Coentrão Fair Play Fair Play financeiro Falcao FC Porto FCP Federação Portuguesa Futebol Fédération Internationale de Football Association Fehér Fernando Gomes Fernando Pimenta e Emanuel Silva Fernando Santos Fernando Torres FIFA Final Final Euro 2016 Final Liga dos Campeões Final Liga Europa 2012/13 Final Liga Europa 2013/14 finanças Fintas Flamengo Fluminense Football Leaks FPF França França 2016 Funny Football Fura-Redes Futebol Internacional Futebol Mundial Futebol Nacional Gaitán Galatasaray Garay Gareth Bale Gianni Infantino Giggs Gil Vicente Glorioso SLB Golden Boy Golo de Bicicleta Golo de Calcanhar Golo de Livre golo do ano Golo do Dia Golo Fantasma Gonçalo Guedes Grimaldo Guarda-Redes Guardiola Gyan Hat-Trick História Holanda Hóquei em Patins Hulk Ibrahimovic IFFHS Inferno da Luz Inglaterra Iniesta Inter International Board Itália Jackson Martínez James Rodríguez Jardel Jardel (33) Javi Garcia Jimmy Hagan JJ JO Joaquim Oliveira jogadores Benfica Jogos Olímpicos Johan Cruyff John Terry Jonas Jorge Jesus Jorge Mendes Jorge Sousa Jornal Jornal Record José Gomes José Mourinho José Pratas jovem promessa Júlio César juniores Jupp Heynckes Juventus Kaká Kardec Kelvin Klose Kompany La Liga Lampard Lazio Lázio Lebron James Leicester Leis do Futebol Léo Leonardo Jardim lesões Lewandowski LFV liga Liga BBVA Liga da Verdade Liga das Nações Liga dos Campeões Liga Europa Liga Inglesa Liga Nos 2014/15 Liga Nos 2015/16 Liga Nos 2016/17 Liga Nos 2017/18 Liga Orangina Liga Portuguesa Liga Portuguesa Futebol Profissional Liga Zon Sagres Liga Zon Sagres 2012/13 Liga Zon Sagres 2013/14 Ligue 1 Lima Lindelof Lionel Messi Lisandro López Liverpool Ljubomir Fejsa Londres 2012 Lopetegui LPFP Luís Figo Luís Filipe Vieira Luisão Maicon Man. City Man. United Manchester City Manchester United Mantorras Manuel Fernandes Maracanã Maradona Mário Wilson Marítimo Markovic Matic Maxi Maxi Pereira Medalheiro Melgarejo melhor marcador melhores golos 2013 melhores golos 2014 melhores golos 2015 melhores golos 2016 Mercado Mesquita Alves Messi Mexes México Miccoli Michael Jordan Mitroglou Modalidades Moreirense Mourinho Moutinho Mundial 2014 Mundial 2018 Mundial Clubes Museu Cosme Damião Nacional Nani Nápoles NBA Nélson Oliveira Newcastle Neymar Nike nº 10 No Name Boys Nolito novo contrato Nuno Espírito Santo Nuno Gomes O. Lyon Oblak Ola John Olegário Benquerença Olhanense Olheiro Olivedesportos Os três grandes Ozil Paços de Ferreira Pantera Negra Paolo Maldini Parceiros Paulo Bento Paulo Fonseca Pedro Proença Penafiel penalty Pepe Petardos Petit Phelps Ping Pong Pinto da Costa Pizzi PJ Platini Polvo Portugal Portugal Campeão 2016 Postiga pré-época Premier League Prémio Puskas PSG PSV Ramires Raúl González Raúl Meireles Real Madrid Recordes Red Pass Reforços Regulamentos 72 horas Rei Eusébio relatório contas Renato Sanches Ribery Rio Ave Riquelme River Plate Robben Roberto Carlos Rodrigo Rodrigo Mora Rojo Ronaldinho Ronaldinho Gaúcho Ronaldo Ronaldo vs Messi Rooney Rúben Amorim Rui Costa Rui Vitória Rússia SAD Salvio Samaris Saviola SCB Scholes Scolari SCP Seferovic Selecção Sérgio Conceição Sergio Ramos Serie A Sevilha Shevchenko Simão Sabrosa Sistema SL Benfica SLB Slimani sorteio Sport Lisboa e Benfica Sport tv Sporting Steven Gerrard Suárez sub-20 Suécia Suiça Sulejmani Super Maxi Supertaça Taça da Liga Taça da Liga Inglesa Taça das Confederações Taça das Nações Africanas Taça de Portugal Taça do Rei Tecnologia Golo Ténis Tévez Tondela Toni Top 10 Torneio Toulon Tottenham Totti tragédia futebol Transferências Treino Triplete Twitter U. Leiria UEFA UEFA Champions League União da Madeira Urreta V. Guimarães V. Setúbal Valdés Valência Valentim Loureiro Van Persie vídeo-árbitro Vídeos/Golos Villas-Boas Vitor Baia Vítor Pereira Walcott Wesley Sneijder Witsel Xavi Xistra Zenit S. Petersburgo Zidane