As melhores histórias de 2013

Último post do ano aproveitando para desejar a todos um 2014 cheio de tudo o que desejam. Deixo as melhores histórias do ano que hoje termina em forma de imagem.

O campeonato 92'+Kelvin

De joelhos

Benfica vive Maio amaldiçoado

Os melhores adeptos do mundo

Os reis da Europa

O menino d'ouro

O comandante de 2013

Os cabrais a caminho da Copa 2014

Vitória no Jamor

Alex Ferguson e a despedida do ano

O happy one

O galês dos 100 milhões

Real Madrid de Mourinho ao fundo

A Liga mais combativa do Mundo

Brasil esmaga Espanha no Maracanã

O campeão do Mundo

SLB rei do Hóquei europeu no Dragão

A Photobomb do ano

King James: o herdeiro de MJ

Superbowl às escuras

Um rei britânico em Wimbledon

A dentada


Read More

Benfica: balanço de 2013

Como é costume o último dia do ano é dia de contas... Deixo-vos as estatísticas totais dos jogos do Benfica neste ano de 2013 que hoje acaba. Pena que estes números não tenham rendido nenhum troféu para o Museu Cosme Damião.

Jogos V E D Golos GS
Total 57 40 10 7 118 49
Liga 32 24 6 2 72 24
Champions 6 3 1 2 8 8
Liga Europa 9 6 1 2 15 9
Taça de Portugal 7 5 1 1 19 6
Taça da Liga 3 2 1 0 4 2

Duas curiosidades que deixo aos leitores do Fura-Redes:
  1. Dos 57 jogos o SLB marcou golos em 53.
  2. Foi conseguida uma série de 38 jogos (começada em 2012) sem perder.

Visitem a página do Fura-Redes no Facebook

Read More

Nacional 0-1 Benfica: boas festas

O Benfica terminou 2013 com uma vitória na 1ª jornada da Taça da Liga em casa do Nacional. Um auto golo de Mexer resolveu a contenda na Choupana e pintou ainda mais de vermelho esta época festiva.

Jorge Jesus não poupou tantos jogadores como eu estava à espera e apareceu na Madeira com vários titulares. Talvez assim seja melhor e despachando agora o apuramento podemos depois descansar na última jornada quando o calendário estiver mais denso. Este foi o 11 titular das águias: Oblak, Siqueira, Garay, Jardel, Sílvio, Fejsa, Enzo, Gaitán, Sulejmani, Markovic e Lima.

A equipa mostrou desde cedo quais eram as ordens do seu treinador e fez uma primeira meia hora de boa qualidade. Com uma frente de ataque sempre muito móvel o Nacional demorou a encontrar as marcações e quando o fez o jogo já estava resolvido. Nico Gaitán com um belo cruzamento e o defesa adversário Mexer construiram a jogada que determinou os 3 pontos (30').

O resto da partida mais se pareceu com um amigável e apenas num remate ao poste o Nacional ameaçou o jovem GR encarnado (75').
Read More

Nova acusação para o lama Josué

Josué, o Cuspidor! Novos relatos da má educação do médio do FC Porto Josué no clássico de ontem da Taça da Liga. Durante a 2ª parte registou-se um incidente junto ao banco do FC Porto, com vários elementos furiosos e de pé, que terá envolvido um dos apanha-bolas do clube leonino.

O jovem estava entre os bancos, uma situação que não agradou aos responsáveis dos dragões. Por ordem do delegado da Liga, o apanha-bolas acabou por ser recomendado a sair mas, antes de abandonar o local, terá trocado algumas palavras com o Josué, que estava no banco. Segundo fonte do clube leonino, o jogador terá mesmo cuspido o apanha-bolas, e os acontecimentos só não tomaram proporções mais graves porque o internacional português foi agarrado.

Já após o apito final, quando se dirigia para o autocarro, o funcionário do FC Porto, Fernando Oliveira, trocou algumas palavras mais azedas com o speaker do Estádio de Alvalade ainda no seguimento deste incidente.

Fonte: record.pt
Read More

O ano de Ronaldo!

Com 2013 a chegar ao fim, falta apenas o jogo de hoje do Benfica, altura de balanços e de dar destaque às principais figuras destes 365 dias. Para mim, nem há dúvidas, a grande figura no universo do futebol deste ano é português: Cristiano Ronaldo. Não só por ter sido o atleta que mais golos marcou mas também por nos ter dado as melhores exibições no rectângulo mágico.

O internacional português CR7 terminou 2013 com um novo recorde pessoal de golos num ano civil, ao apontar o 69.º tento em Valência, no triunfo por 3-2 do Real Madrid, para a Liga espanhola.

Em 2013, Ronaldo apontou 59 tentos ao serviço dos merengues em 50 jogos, e 10 pela selecção portuguesa, em nove, para um total de 69, mais seis do que os conseguidos em 2012, isto apesar de ter disputado menos 11 jogos (59 contra 70). Dos 69 golos, 9 foram atingidos de penalty e conseguiu 7 hat-tricks em 2013.

Os muitos golos - que não lhe permitem, ainda assim, entrar no top 3 da história, em que figuram Lionel Messi (91, em 2012), Gerd Müller (85, em 1972) e Pelé (75, em 1958) contrastam com o zero em termos de títulos colectivos. Apesar deste facto, foi ele, praticamente sozinho, que apurou a nossa selecção para o Mundial do Brasil 2014. Aliás, foi nos jogos com a camisola das quinas que Cristiano melhorou em muito a sua produção: 5 em 2012 para 10 neste ano.

Com todos estes golos CR7 já é o 4º melhor marcador de sempre do Real Madrid (164) na Liga Espanhola. No topo desta lista está Raul (228).
Se contarmos todos os jogos de blanco ao peito são 228 golos em 220 partidas, o 5º melhor artilheiro da história do clube mais vitorioso da história do planeta futebol. No topo desta lista está Raúl com 323 golos em 724 partidas, segue-se Di Stéfano com 308 golos em 396 partidas; Santillana (290 golos em 645 jogos) e Puskas com 242 tentos em 262 desafios.

Esta é a lista dos melhores marcadores deste ano civil 2013:
Jogador
C. Ronaldo
Ibrahimovic
Messi
Suarez
Cavani
Lewandowski
Diego Costa
J. Martinez
Van Persie
Aguero
Clube
Real Madrid
PSG
Barcelona
Liverpool
PSG
Dortmund
Atletico
Porto
Man United
Man City
Golos
69
47
45
42
41
39
36
33
31
30

Read More

Sporting 0-0 FC Porto: valeu S. Fabiano

Sporting e FC Porto não foram além do nulo no jogo inaugural da fase de grupos da Taça da Liga desta temporada. Num jogo intenso mas com poucas oportunidades de golo, Fabiano, o GR suplente do FCP foi a figura em maior destaque.

Os treinadores dos emblemas históricos do nosso futebol deixaram alguns titulares no banco e lançaram duas ou três novas caras para o clássico desta noite. Assim, Leonardo Jardim deu uma oportunidade a Marcelo, Dier e Slimani, enquanto Paulo Fonseca deixou Hélton, Lucho e Jackson de fora.

Numa 1ª parte muito fria e táctica o FC Porto até começou com o controlo da partida mas rapidamente o Sporting cresceu e teve a melhor oportunidade de golo destes 45 minutos. Herrera perdeu uma bola a meio campo e Wilson Eduardo terminou um rápido contra ataque em posição privilegiada para abrir o activo mas Fabiano não deixou. Destaque para a forma como Wilson Eduardo se posicionou em toda a partida, muito colado à linha, mas muito avançado, a tentar sempre explorar ou impedir as subidas de Alex Sandro. Leonardo Jardim a mostrar que aprendeu com a forma como foi derrota no Dragão.

2ª parte de domínio total verde e branco e penso que o Sporting fica a dever a si mesmo esta vitória. Teve 2 grandes oportunidades: aos 73' depois de grande jogada de Carrilo, Fabiano negou por 3 vezes o golo e aos 81' Vitor, só com o GR pela frente, permitiu nova defesa. O FC Porto viu ainda Carlos Eduardo ser expulso por acumulação de amarelos (84').

Tudo em aberto neste grupo B depois de uma 1ª jornada em que as 4 equipas empataram a 0 golos. Na próxima jornada da Taça da Liga o Sporting recebe o Marítimo, enquanto o FC Porto joga em casa frente ao Penafiel.
Read More

Fluminense salvo da Serie B pelos tribunais

Está instalada  polémica no Brasileirão com o ex-campeão Fluminense a ser salvo da descida de divisão por uma decisão dos tribunais. A Portuguesa, que tinha sido a primeira equipa a ficar acima da linha de água, irá disputar a Serie B do nacional brasileiro. O Tribunal Pleno, última instância no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), decidiu por unanimidade (oito votos a zero) a perda de quatro pontos da Lusa.

Além da perda de pontos, que fez a Portuguesa cair para 44 (atrás dos 46 do Fluminense, portanto), o clube paulistano terá de arcar com uma multa de R$ 1 mil. Esta pena acontece em função da utilização do meia Héverton no 2º tempo do empate sem golos com o Grêmio, na última jornada do Campeonato Brasileiro. Dois dias antes, o referido atleta tinha sido suspenso pelo STJD.

Interessante que a Portuguesa contou com a ajuda e presença no tribunal de representantes do Flamengo, arqui-rival do Fluminense. Serviu de pouco...
Já existe uma campanha entre os responsáveis da Portuguesa para que a equipa jogue a próxima temporada  na Serie B com um equipamento igual ao do Fluminense.
Read More

Corta o cabelo depois de marcar golo

Ora aí está um festejo original aquele que Tom Huddlestone fez nesta tarde de Premier League:



Read More

Conselho de Arbitragem a cores

O jornal Sporting na sua edição desta semana, traz um artigo de 3 páginas, a merecer abertura da publicação que aponta as relações de 5 elementos do Conselho de Arbitragem (CA) ao FC Porto.


Nem mesmo o presidente, Vítor Pereira, identificado como adepto do SCP, fugiu às críticas: «A forma como tem gerido as nomeações do árbitros para os jogos do Sporting nem sempre tem sido a mais adequada», pode ler-se no artigo, apresentando como exemplo os nomes de Duarte Gomes e Manuel Mota.

Vítor Pereira - Presidente do Conselho, instrutor FIFA, observador da UEFA. Adepto do Sporting.

Domingos Gomes - Vogal, provém da AF. Braga. Ligações ao FCP, tendo como amigo chegado Reinaldo Telles. 

António Rodrigues da Silva - Responsável pelas nomeações, estando conotado com fortes ligações ao FCP.

Luís Guilherme - Responsável pelo pelouro Administrativo e Financeiro. Como árbitro passou despercebido - o que não é necessariamente bom... - tenho ganho notoriedade como dirigente da APAF. Actualmente é presidente da CAJAP, Confederação de Juízes e Árbitros de Futebol - o que esta gente arranja para aparecer e se encostar... - e é, como bem sabemos, um grande amigo do Sporting e já de longa data. 

Relacionado com Adelino Caldeira e apoiante de Paulo Costa, seu colega de comissão e de outras andanças. Foi ele, Paulo Costa, o autor da primeira greve em 1998/99 e, coincidências das coincidências, logo contra o Sporting. Foi ele também o mentor da greve de há dois anos de João Pode Ser Ferreira e Paulo Baptista.

Lucílio Baptista - Vogal responsável pelo pelouro da formação. Um caso paradigmático de que Roma paga aos traidores. A sua passagem pela arbitragem é um compêndio de como cavalgar a toda a sela e fugir entre os pingos da chuva, agradando aqui e ali aos dois lados da margem do sistema. As suas actuações insidiosas proporcionaram-lhe, com inteiro mérito, uma competição oficial, a Taça Lucílio.
Na secção não profissional, a mesma publicação identifica o vice Carlos Manuel Carvalho, ex-presidente do CA da AF Porto e acusado de corrupção passiva desportiva no caso Apito Dourado. Também Paulo Costa, responsável pelas nomeações dos árbitros para os escalões jovens, tem, segundo os leões, ligações ao FC Porto.

Estes são os 5 elementos que compõem a secção profissional, responsável pela nomeação de juízes, árbitros assistente e quartos árbitros para as competições nacionais e internacionais a pedido dos respectivos organismos. tem ainda obrigação de participar ocorrências que possam consubstanciar infracções disciplinares.

O artigo é muito mais detalhado - uma boa razão para assinar o jornal do clube - e aborda também o papel dos observadores, decisivo na classificação dos árbitros, composto por eminências pardas, grande parte das quais não passariam num vulgar teste psicotécnico. Conheço pessoalmente um par deles e bastam 5 minutos a falar de futebol para perceber o seu condicionamento e fidelidade canina ao seu clube, que pede meças aos mais fervoroso adepto. 

Quem julga que o sistema morreu tem aqui um par de ideias para reflectir. O descaramento é tal que, na actual composição deste C.A. está pelo menos um elemento, Carlos Manuel Carvalho, que até constou no rol de acusados do Apito Dourado. É dono do conhecido Lima 5, conhecido por o Novo Canal Caveira. Juntamente com o restaurante Antunes, do irmão de Reinaldo Telles, onde foram gravadas muitas escutas do caso Guímaro, faz parte do roteiro obrigatório a quem quiser conhecer os primórdios dos esgotos do futebol português. É seguro que hoje muitos dos intervenientes se movimentam em ambiente mais requintados...


Read More

O Grinch deste Natal

O que Ryan Donk fez nem palavras merece. Hugo Almeida que se queixe:




Read More

Top 5 golos da Premier League 2013

Aqui estão os 5 melhores golos que foram marcados na Premier League 2013/14 agora que já se realizou a 1ª volta da competição.


Read More

Man. City 2-1 Liverpool: intensidade máxima

O Boxing Day 2013 acabava em beleza na Premier League! O Manchester City recebia o Liverpool em duelo de candidatos e de melhores ataques da competição. Os da casa apareciam em campo sem Aguero e os reds sem o capitão Gerrard.

Uma 1ª parte eléctrica com o City a entrar muito bem tendo Navas atirado uma bola ao poste aos 5'. Depois foi ver o Liverpool dominar o jogo como nenhuma equipa tinha conseguido fazer em casa do Manchester esta temporada. O árbitro ainda impediu o Liverpool de chegar ao 1-0 mas aos 24', numa jogada colectiva de sonho, Coutinho inaugurou o marcador.

Com a sua equipa encostada às cordas surgiu, mais uma vez, o capitão salvador dos citizens com uma presença incrível na grande área adversária. Kompany venceu Skrtel nas alturas e empatou a partida. Que duelo de gigantes durante toda a partida!
O Liverpool voltou a desenhar uma jogada de compêndio aos 40 minutos mas Hart negou o golo a Coutinho. Quem não marca sofre e, de forma algo injusta, numa saída rápida, Negredo levou a sua equipa em vantagem para o descanso. Simon Mignolet, GR do Liverpool, mal na fotografia.


Na 2ª parte notou-se claramente o desgaste físico nas duas equipas e o jogo caiu em termos de qualidade. Suárez ainda ofereceu, numa bela jogada, o empate a Sterling mas este esbanjou de forma inacreditável (73').
Nota negativa apenas para o árbitro, este senhor não tinha qualidade para um jogo destes.

Fica assim a tabela da Premier League depois deste Boxing Day:
1.Arsenal             39
2.Manchester City 38
3.Chelsea        37
4.Liverpool      36
5.Everton         34
6.Newcastle United    33
7.Manchester United   31
8.Tottenham     31

Read More

Boxing Day = grande espectáculo

Que espectáculo que é este Boxing Day da Premier League! Teve de tudo o de hoje: golos, expulsões, reviravoltas, surpresas, grandes exibições individuais... E ainda não foi servido o prato quente: Man. City - Liverpool daqui a pouco.
Dois dados para vos convencer do show que isto é: nenhum jogo sem golos e as 3 equipas que estavam a baixo da linha de água venceram os jogos de hoje. Que competição!

Tivemos um começo de jornada que nos dizia ao que vínhamos pois Hull e United marcaram 2 golos cada nos primeiros 25 minutos da partida inaugural. Primeiro os da casa por Chester (de canto) e Meyler, depois a resposta de Smalling e Rooney! Que golaço do avançado inglês!
Já na 2ª parte um erro de Chester colocou a bola na baliza errada e decidiu os 3 pontos para o Manchester United.

Depois foram 8 jogos de intensidade máxima com destaque para a vitória do Arsenal em casa do West Ham por 3-1. Golos a surgirem na 2ª parte: Carlton Cole ainda adiantou os da casa mas o sufoco que se seguiu do Arsenal foi impressionante e Walcott por 2 vezes e Podolski fecharam as contas. Grande capacidade de resposta e qualidade de jogo ofensivo da equipa de Wenger.

Já a equipa blue de Mourinho vai justificando a canção da moda em Inglaterra: "Chelsea are boring!" Foram os adeptos do Arsenal que cantaram no derby de 2ª feira e não há dúvidas que esta equipa do Happy One é, e apenas isso, suficiente. Venceu em Stamford Bridge o Swansea por 1-0 tendo dominado por completo a 1ª parte, com Hazard a fazer o golo que valeu os 3 pontos. Já em boa parte do 2º tempo os galeses encostaram a equipa da casa à sua área e por pouco que não havia escândalo.

O Tottenham continua a descer na tabela e nem a chicotada pode disfarçar graves problemas de organização táctica na equipa londrina. Fácil de contrariar e ocupa mal os espaços em zonas como meio campo lateral e a área. São várias as vezes que os Spurs conseguem ganhar a linha de fundo mas depois o cruzamento não dá em nada.
Quem fez o seu papel e lutou pelo pontinho em White Hart Lane foi o WBA respondendo ao golo de C. Ericken com o empate, 2 minutos depois, por Olsson.

O 5º classificado Everton foi surpreendido em sua casa pelo aflito Sunderland e a expulsão de Tim Howard e consequente penalty (27') deu a vitória aos visitantes.
Destaque ainda para a goleada do Newcastle por 5-1 ao Stoke, apesar de os derrotados terem terminado a 1ª parte com apenas 9 jogadores em campo. Bom jogo de Jay Rodriguez (Southampton) em casa do Cardiff com 2 golos e 1 assistência nos primeiros 27 minutos deste jogo.

Finalmente, tivemos o Norwich 1-2 Fulham e o Aston Villa 0-1 Crystal Palace (Dwight Gayle aos 90').
Read More

Boxing Day 2013

O grande dia do futebol inglês chegou! A tradição do Boxing Day traz um brilho especial esta jornada 18 da Premier League 2013/14. Hoje no país que inventou o futebol moderno vão se jogar 9 jogos da liga inglesa centenas de partidas pela aquela ilha fora, pois nas 6 divisões secundárias também há jogos de todas as equipas. Já para não falar da Liga Escocesa e Irlandesa. É, sem dúvida, um dia especial para os amantes do desporto rei.

Para facilitar as enchentes, e de acordo com o espírito natalício, os jogos da jornada costumam envolver equipas da mesma região, para não obrigar os adeptos a fazerem grandes viagens durante as festas.

Para os amantes do beautiful game, o Boxing Day é uma bênção... no dia seguinte ao Natal, os campos enchem-se com adeptos vestidos a rigor com barretes de Pai Natal, usando as prendas que receberam na véspera, muita das vezes a nova camisola da sua equipa favorita. 

Ora aqui está o cartaz do dia, com cobertura televisiva da Benfica TV:

Visitem a página do Fura-Redes no Facebook

Read More

A «Trégua do Natal» de 1914

Um excelente artigo de Natal que encontrei no site ZeroZero.pt. Partilho e deixo votos de Feliz Natal:

A «Trégua de Natal» foi um armistício espontâneo que ocorreu por entre as trincheiras da frente ocidental no Natal de 1914, durante a I Guerra Mundial. No meio da mortandade sem sentido da I Guerra, houve canções de natal, troca de presentes entre soldados alemães de um lado, e ingleses e franceses do outro, rezou-se pelas almas dos que partiram e houve até mesmo jogos de futebol, jogados na «terra de ninguém», nessa fria manhã de Natal... 


Nos dias que antecederam o Natal de 1914, nas trincheiras da frente ocidental, desde o Mar do Norte à fronteira com a Suíça, começaram a surgir sinais do espírito natalício. Dias antes, o Papa Bento XV, apelara a um cessar-fogo, prontamente recusado pelos dois lados do conflito. 

Na noite de 24, os tiros foram-se calando espontaneamente, ao longo da frente. Na zona de Ypres, na Bélgica, soldados alemães começaram a colocar velas ao longo das trincheiras, decorando-as com enfeites e começando a decorar também algumas árvores de Natal, ao mesmo tempo que entoavam canções de Natal. Do outro lado das barricadas, os ingleses responderam, começando a cantar as suas canções de Natal e algumas versões, das canções que os alemães já cantavam.

Saudações de «Feliz Natal» começaram a ser dedicadas ao inimigo, até que alguns soldados, pondo de parte as armas, avançaram para a Terra de Ninguém, onde ingleses e franceses, se encontraram com os alemães, começando a trocar os mais diversos presentes que tinham à mão, como chocolates, tabaco ou álcool.

Debaixo de um frio gelado, com muitos graus abaixo do zero, conseguiu-se aquecer o coração dos homens e celebrou-se o Natal, conversou-se, trocaram-se alimentos, abraços e sorrisos. Rezou-se em conjunto, recuperam-se os corpos de alguns dos que tinham tombado recentemente na zona entre trincheiras. A trégua, nalguns casos, só durou essa noite, voltando a artilharia a fazer estragos logo pela manhã.

A bola da paz

Porém, noutras zonas, a trégua continuou pelo dia de Natal fora (2), realizando-se diversos jogos de futebol entre os alemães e os aliados ocidentais. Dos mais diversos jogos que se jogaram ao longo de centenas de quilómetros da frente. 3-2, a favor de uma equipa de alemães, foi o único dos resultados que chegou até nós, documentado em cartas escritas nos dias seguintes, tanto por alemães como ingleses às respectivas famílias.

Essas cartas falam da emoção do momento, da alegria de partilhar um jogo, chutar uma bola com os homens que tinham tentado matar nos dias anteriores. A espontaneidade dos jogos de futebol na «terra de ninguém», demonstrou a dimensão que o futebol começava a ter entre os europeus, tornando-se já então, no desporto mais amado.
Read More

Feliz Natal

Queria deixar os votos de Feliz Natal para todos os leitores do Fura-Redes e agradecer pela visita! Que este dia tão especial seja cheio de paz, amor, carinho e passado com as pessoas que amam. Para todos um Santo Natal!


Read More

Loucura no topo da tabela da Premier League

O jogo grande da jornada 17 inglesa opunha Arsenal e Chelsea no escaldante derby de Londres. Dois dos principais candidatos ao título em campo com Liverpool e City à espreita. Mourinho voltava a defrontar Wenger, em novo duelo de treinadores de elite, sendo que o francês nunca tinha derrotado a português.

Com 4 jogos em 15 dias os treinadores têm mesmo de rodar os 11 titulares e algumas surpresas estavam à nossa espera. Rosicky jogou no lugar que costuma ser de Cazorla e Mikel e Willian apareceram no meio campo dos blues.

A 1ª parte decorreu no meio de uma típica chuvada londrina e isso estragou um pouco a qualidade de passe das equipas. Assim, nos primeiros 20 minutos houve uma clara ambientação ao clima e às formações apresentadas pelos rivais.
Deste período inicial do jogo saiu melhor o Chelsea que tomou conta da partida e teve aos 32' a melhor ocasião de jogo, quando toda a qualidade de leitura de jogo de Lampard resultou num remate do jogador inglês à barra de Szczęsny. O Arsenal nunca conseguiu ligar o carrossel nas alas, com 3 ou 4 jogadores a aparecerem perto da quina da área (jogada tipo do líder inglês) e os primeiros 45 minutos acabaram com uma fase de muitas faltas e interrupções.

Este jogo muito táctico e pouco espectacular teve duas partes bem distintas na etapa complementar. Nos primeiros 20 minutos esteve mais perigosa a equipa de Mourinho que aproveitou a qualidade técnica dos seus jogadores para sair da usual pressão dos visitados na saída do adversário da sua área. Ora, conseguindo sair desta teia fica algum espaço no resto do campo que os blues tentaram, mas não conseguiram, aproveitar.
No último quarto do jogo, o Arsenal lá conseguiu encostar os jogadores adversários à sua área e teve as suas únicas oportunidades de golo.

Com o empate final a 0 golos está instalada a loucura no topo da melhor Liga do Mundo! Não podia ser melhor dias antes do Boxing Day com um City - Liverpool:
  1. Liverpool     36
  2. Arsenal        36
  3. Man. City    35
  4. Chelsea        34
  5. Everton        34
Read More

Benfica lança pack Janeiro

O SL Benfica lançou uma baixa nos preços dos seus bilhetes para os jogos da Liga do próximo mês de Janeiro. Finalmente, Luís Filipe Vieira começa a fazer o que prometeu nas últimas eleições. Um boa iniciativa quer tendo em conta o clima de crise que se vive no país quer tendo em vista o objectivo de fazer renascer o inferno da luz. Agora, se se comprar o referido pack com direito aos bilhetes para os jogos com o FC Porto e Marítimo consegue, por exemplo para a Meo piso 3, 7,5€ de desconto; para Sagres Piso 0 tem desconto de 5€.




Read More

Classificação nacional final ano 2013

Deixo-vos a classificação final dos jogos da Liga Zon Sagres realizados no ano civil de 2013:


Pontos V E D GM GS
FC Porto 79 24 7 1 69 17
Benfica 78 24 6 2 72 24
Sporting 63 19 6 7 58 30
Estoril 54 16 6 10 52 36
Nacional 49 13 10 9 48 43
V. Guimarães 48 14 6 12 39 37
Braga 48 15 3 14 50 46
P. Ferreira 44 12 8 12 37 44
Rio Ave 41 12 5 15 30 41
Marítimo 41 10 11 11 47 52
Académica 33 9 6 17 25 43
Gil Vicente 32 9 5 18 32 54
V. Setúbal 31 9 4 20 35 58
Olhanense 23 5 8 19 19 45
Moreirense 16 4 4 10 16 32
Belenenses 12 2 6 6 9 16
Arouca 12 3 3 8 11 19
Beira-Mar 10 2 4 12 17 32

  • O FC Porto vence então esta Liga especial por 1 ponto, sendo que tem também a melhor defesa e a melhor série de vitórias (11).
  • Benfica tem melhor ataque, maior goleada (6-1 ao Rio Ave) e marcou golos em todos os 32 jogos realizados neste ano que está prestes a terminar.
  • Sporting claramente em subida neste ano mas sem vencer nenhum jogo contra os seus eternos rivais. 
  • A grande surpresa do Estoril de Marco Silva a dar cartas.
  • Último detalhe para os cartões vermelhos para jogadores dos 3 grandes: Benfica lidera com 7, Sporting teve 5 e FC Porto 2. 

Read More

Liga da Verdade 2013/14: 14ª Jornada

14ª Jornada
V. Setúbal 0-2 Benfica (Paulo Baptista)
- Penalty bem assinalado a favor do Benfica: é indiscutível a mão na bola de Dani no lance que dá a grande penalidade do 0-2 final.
- Cartão vermelho não mostrado a jogador do Vitória: difícil compreender como uma pisadela no colega de profissão passa impune. Nélson Pedroso aos 34' pisa deliberadamente Gaitán.
- Critério disciplinar muito largo e a deixar passar uma série de cartões amarelos para os dois lados. Não é por ter um critério igual para os dois lados que está a apitar bem.

Sporting 0-0 Nacional (Manuel Mota)
- Golo bem anulado ao Sporting: na minha opinião, tendo em conta o critério usado pelo juíz em todo o jogo, especialmente a favor do SCP, em que qualquer contacto e queda foi apitada, o árbitro não tinha outra opção se não assinalar o ligeiro toque de Slimani a Miguel Rodrigues. Não se pode querer a quantidade de faltas que o SCP teve à entrada da área por lances parecidos e depois não ser penalizado por fazer o mesmo.
Dito isso penso que existe falta de Fredy Montero, que o árbitro não assinala, segundos antes, e que o lance de Slimani fica ao critério do árbitro. 

FC Porto 4-0 Olhanense (Hugo Miguel)
- Penalty não assinalado a favor do FC Porto: aos 92' Diakhité coloca a mão na bola dentro da área mas o árbitro deixa passar.

13ª Jornada
Olhanense 2-3 Benfica (Vasco Santos)
- Golo em fora de jogo a favor do Benfica: é o lance do 1-1, aos 19 minutos, e Lima está adiantado na altura do cruzamento de Gaitán.
- 2 foras de jogo mal tirados ao ataque do Benfica pelo mesmo assistente (16' e 38').

Rio Ave 1-3 FC Porto (Bruno Esteves)
- Golo em fora de jogo a favor do FCP: é o lance do 1-2 e Jackson está um milímetro fora de jogo.
- Muitas dúvidas no livre do 0-1 para o FC Porto. Não parece haver falta sobre Carlos Eduardo (5').

Sporting 3-0 Belenenses (Hugo Pacheco)
- Penalty mal assinalado a favor do Sporting: é o lance do 1-0 e a jogada roça o ridículo. Transforma-se uma carga de ombro (não é falta) fora da área num castigo máximo (26').
- Penalty não assinalado a favor do Sporting: aos 44 minutos Hugo Pacheco, numa espécie de compensação, não assinala puxão claro a Fredy Montero.

12ª Jornada
Benfica 2-2 Arouca (Rui Costa)
- Penalty não assinalado a favor do Benfica: com o marcador em 0-0, Bruno Amaro joga a bola com a mão dentro da área sem o devido castigo máximo (15'). Sem este erro do árbitro a jogada do 0-1 nem teria acontecido (17').
- Penalty mal assinalado a favor do Benfica: é o lance que resulta no 2-2 (84') e só parece haver um ligeiro toque em Sulejmani quando este já está a atirar-se para o chão.
- Muitas dúvidas numa jogada entre Maxi Pereira e Ceballos na área encarnada (37') com o resultado em 0-1.
- Enzo Pérez excedeu-se nos protestos com o árbitro no final da 2ª parte e devia ter sido expulso.

FC Porto 2-0 Braga (Paulo Baptista)
- No lance mais complicado, o do 2-0 de Jackson, não me parece que o avançado portista tenha feito falta sobre o defesa. Ganhou posição e saltou mais alto, o contacto é inevitável e legal.

Gil Vicente 0-2 Sporting (Jorge Sousa)
- Expulsão mal assinalada a favor do Sporting: jogada aos 60' em que Pek's acaba expulso com vermelho directo. Exagerado, na minha opinião, pois é uma entrada perigosa mas a bola esteve lá uns segundos antes e a jogada é na entrada da área dos lisboetas - cartão amarelo.
- Expulsão não mostrada a favor do Sporting: Luan agride com o braço André Martins e só vê o amarelo (54').

11ª Jornada
Rio Ave 1-3 Benfica (Bruno Paixão)
- Expulsão bem mostrada a favor do Benfica: é evidente a falta de Wakaso e respectivo 2º amarelo (68'). Já do 1º amarelo não tivemos imagens mas foi logo na sequência do golo do Rio Ave e o jogador terá se excedido nos festejos.
- Não existe falta sobre Matic no livre que dá origem ao 1º golo de Lima (63'), na altura o 1-2.

Académica 1-0 FC Porto (João Capela)
- Penalty por assinalar contra o FCP: no 1º minuto de jogo e a falta é de Josué sobre Ivanildo.
- Penalty mal assinalado a favor do FC Porto: lance ridículo em que Capela inventa um penalty sobre Jackson Martínez quando é o próprio jogador que tropeça em si próprio (84').
- Perdoa expulsão a Varela (67') que cresce para o fiscal de linha num lance em que vê o amarelo pela falta mas deveria ter visto logo o 2º pelo que fez a um dos juízes da partida.
- Lance muito duvidoso entre Fernando e Marinho (78') em que o médio da Académica tem entrada muito dura sobre Fernando. Quer o amarelo, quer o vermelho directo se teria de aceitar - Capela mostrou o amarelo.

Sporting 4-0 Paços de Ferreira (Jorge Ferreira)
- Penalty e cartão vermelho bem mostrados a favor do Sporting: é a jogada que acaba no 3-0 e é clara a mão na bola de Filipe Anunciação quando esta vai na direcção da baliza (70').
- O jornal Record fala de uma falta não assinalada contra o SCP mesmo antes do canto que dá o 1º golo leonino.

10ª Jornada
Benfica 1-0 SC Braga (Nuno Almeida)
- Dúvidas num lance entre Rúben Micael e Garay na 2ª parte em que parece que o médio do Braga agarra o central dentro da área e no seguimento de um canto. Para mim, estes lances deveriam ser sempre castigo máximo mas nunca são marcados pelos árbitros portanto também seria injusto para o Braga que o fosse neste jogo.

FC Porto 1-1 Nacional (Carlos Xistra)
- Muitas dúvidas na sequência de um remate de Josué e de corte de Sequeira dentro da área (44') com o jogo em 0-0. Não há qualquer questão que a bola bate no braço do jogador do Nacional agora ele tem o braço recolhido e não aumenta a área do seu corpo com o braço naquela posição. Ou seja, mesmo que não fosse ao braço de seguida bateria no corpo... Penso que se estes penalties fossem marcados então teríamos de ter jogadores sem braços. No entanto, já vi que o julgamento da maior parte dos opinadores neste lance é contrária à minha...

V. Guimarães 0-1 Sporting (Paulo Baptista)
- Nada a assinalar

9ª Jornada
Académica 0-3 Benfica (Hugo Pacheco)
- Nada a assinalar

Belenenses 1-1 FC Porto (Manuel Mota)
- Penalty por assinalar contra o FC Porto: é um lance entre Otamendi e Diawara aos 20' e o central do FCP coloca o braço no pescoço do avançado de forma irregular não permitindo o seu salto.
- Na imagem em baixo podem ver um fora de jogo mal assinalado ao ataque do Belenenses quando o seu avançado (jogador a azul) se ia a isolar - lance aos 92'.


Sporting 3-2 Marítimo (Bruno Esteves)
- Expulsão não assinalada a favor do Sporting: Rúben Ferreira agride com uma cotovelada Capel e o árbitro manda seguir. Lance aos 45+3' com o resultado em 1-2.
- Apesar de nos dois lances as imagens não serem totalmente conclusivas fica o critério do árbitro nas duas grandes penalidades da partida, que deram um golo para cada lado.

8ª Jornada
Benfica 2-0 Nacional (Jorge Ferreira)
- Nada a assinalar.

FC Porto 3-1 Sporting (Artur Soares Dias)
- Uma das melhores exibições em jogos grandes que vi num árbitro em muito tempo. Não há dúvidas no penalty que dá o 1-0, pois a falta sobre Alex Sandro é clara.
Ficou apenas um amarelo por mostrar a Mangala.

7ª Jornada
Estoril 1-2 Benfica (Manuel Mota)
- Penalty mal assinalado a favor do Benfica. Lima falhou o penalty mesmo antes do intervalo portanto um erro de arbitragem sem influência. Agora é um lance em que a FIFA deixa ao critério de cada um, pois nunca se pronunciou de forma a terminar as dúvidas. É claro que a bola vai ao braço e que ele não está em posição natural, pelo que se entende da FIFA isto chega para ser penalty. Agora, para mim, neste caso não há intenção de cortar o esférico e o jogador nunca olha para a bola. Casual portanto. Mas se o árbitro marca a falta tem de dar o 2º amarelo a Filipe Gonçalves, o que não aconteceu.
- Bem nas 2 expulsões do desafio, uma para cada lado: Filipe Gonçalves (56') e Maxi Pereira (89').
- O árbitro não mostrou 2 vermelhos a jogadores do Estoril: João Pedro Galvão dá uma cotovelada a Maxi (49') e Seba tem uma entrada assassina sobre Siqueira por trás e em tesoura (65').

Arouca 1-3 FC Porto (Vasco Santos)
- Arbitragem sem influência no resultado mas com 2 lances a beneficiar o FC Porto. Primeiro é Helton que, aos 17 minutos, escapa ao amarelo quando abalroa Seballos numa saída da baliza.
 - Depois é Mangala, outro defesa do FC Porto a escapar a um lance em que claramente joga com mão a bola. Aos 47' Mangala corta remate de Bruno Amaral mesmo à frente da área - livre perigosos por marcar e amarelo por mostrar. Aliás o defesa do FC Porto vê dois minutos depois o cartão que na altura deveria ter sido o 2º.

Sporting 4-0 V. Setúbal (Duarte Gomes)
- Penalty mal assinalado a favor do Sporting: é o lance do 4-0, sem qualquer influência na atribuição dos pontos, mas é ridículo como se transforma uma falta atacante num castigo máximo. A camisola do defesa parecia um elástico...

6ª Jornada
Benfica 1-1 Belenenses (Jorge Tavares)
- Golo mal validado contra o Benfica: é claro o fora de jogo de Fredy no lance do empate, jogador que interfere claramente com a jogada e atrapalha Artur.
- Penalty por marcar a favor do Benfica: Cardozo é agarrado no braço pelo defesa azul, lance aos 71' com o resultado em 1-1.

FC Porto 1-0 V. Guimarães (Pedro Proença)
- Penalty mal marcado a favor do FC Porto: não existe falta nenhuma sobre Quintero no lance que dá o castigo máximo que decide o jogo. É o jogador que se atira para o defesa mas Pedro Proença inventou a favor do FCP.

SC Braga 1-2 Sporting (Paulo Baptista)
- Cartão vermelho bem mostrado a Aderlan Santos por travar Montero, lance aos 27'.

5ª Jornada
V. Guimarães 0-1 Benfica (Bruno Esteves)
- Expulsão mal assinalada a favor do Benfica: aos 60' Addy puxa Enzo e vê o 2º amarelo. Este cartão é bem assinalada, o problema é que o primeiro, na 1ª parte, não foi justo pois o defesa não chega a tocar em Enzo Pérez. Mesmo que fosse livre indirecto por entrada perigosa como não lhe toca nunca seria amarelo.
- Penalty por marcar a favor do Benfica - jogada aos 69' sobre Lima, sendo claro a falha do árbitro ao não assinalar o castigo máximo.
- 2 foras de jogo mal tirados a Enzo Pérez, ainda na 1ª parte, quando o argentino se isolava.
- Pelo critério do árbitro neste jogo Siqueira deveria ter visto o 2º amarelo.

Estoril 2-2 FC Porto (Rui Silva)
- Expulsão não mostrada a jogador do FC Porto: logo no início do jogo, 12', Otamendi faz falta sobre Luís Leal quando este se ia a isolar.
- Penalty mal assinalado contra o FC Porto: lance ridículo o do 1-1. Aos 33' Otamendi corta a bola com a mão mas é claramente fora da área. Para além disso o avançado que ia receber a bola está, primeiro que tudo, em fora de jogo.
-  Dúvidas, mas imagens de TV inconclusivas, no lance do 2º golo do Estoril quanto à posição de Luís Leal.
- Fico pasmado com o que Fernando pode refilar com os árbitros...

Sporting 1-1 Rio Ave (Carlos Xistra)
- Penalty não assinalado a favor do Sporting: é claro o corte com o braço de Marcelo aos 75', quando o jogo já estava 1-1. Xistra diz que não viu...

4ª Jornada
Benfica 3-1 Paços de Ferreira (Bruno Paixão)
- Nada a assinalar

FC Porto 2-0 Gil Vicente (Hugo Pacheco)
- Penalty por assinalar a favor do FC Porto: falta de Peck's sobre Varela, numa altura em que o marcador já mostrava 2-0 (76'). E ainda deu amarelo ao jogador por simulação...

Olhanense 0-2 Sporting (Olegário Benquerença)
- Golo mal validado ao Sporting, é o lance do 0-1 e é claro o fora de jogo de Fredy Montero.

3ª Jornada
Sporting 1-1 Benfica (Hugo Miguel)
- Golo mal validado a favor do Sporting: é claro o fora de jogo de Fredy Monteiro no início da jogada que dá o 1º golo da partida (10').
- Penalty por assinalar a favor do Benfica: aos 82' Maurício faz uma gravata a Cardozo dentro da área. O árbitro manda jogar e mal.
- Maxi Pereira poderia ter sido expulso no decorrer da 2ª parte com o 2º amarelo, pela sucessão de faltas. Mas o lance do seu 1º cartão amarelo é claramente para essa cor de advertência. Vai à procura da bola, falha o tackle, acerta no jogador - cartão amarelo.

Paços de Ferreira 0-1 FC Porto (Rui Costa)
- Dúvidas no único golo do jogo pois Jackson dá um toque no defesa na sua frente antes de cabecear a bola. Eu diria no limite mas legal.

2ª Jornada
Benfica 2-1 Gil Vicente (Paulo Baptista)
- Nada a assinalar

FC Porto 3-0 Marítimo (Jorge Ferreira)
- Penalty bem assinalado a favor do FCP: é o lance do 3-0 (51') e a falta sobre Otamendi é clara.

Académica 0-4 Sporting (Artur Soares Dias)
- Golo mal validado a favor do SCP: é o lance do 0-2 (42') e Fredy Montero está em fora de jogo.
- Dois penalties bem assinalados a favor do Sporting.

1ª Jornada
Marítimo 2-1 Benfica (Jorge Sousa)
- Penalty bem assinalado contra o Benfica: é o lance do 1-0 (45') e é clara a falta de Artur. Amarelo bem mostrado ao GR.
- Dúvidas, mas imagens de TV inconclusivas, no último lance do jogo quando Lima cai na área do Marítimo. Benefício da dúvida para o árbitro que deixou o jogo seguir e não marcou penalty.

V. Setúbal 1-3 FC Porto (João Capela)
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: é o lance do 1-1 (48') e apesar de Jackson ficar à espera do contacto para se atirar, o defesa toca e parece derrubar o avançado. Daqueles penalties que em Inglaterra não são assinalados mas cá são.
- Cartão vermelho bem mostrado a Kieszek por tentativa de agressão a Josué. Penso que pela atitude provocatória e pelas palavras de Josué o médio do FC Porto também poderia ter sido admoestado com o vermelho. Lance aos 49' com o marcador em 1-1.

Sporting 5-1 Arouca (Rui Costa)
- Nada a assinalar

Read More

Campeões do Mundo

Parabéns ao Bayern de Munique pela vitória no Campenato do Mundo de Clubes 2013. Hoje, na Final, venceu o Raja Casablanca por 2-0 com golos de Dante e Thiago Alcántara. Soma três vitórias nesta competição, o máximo de um clube alemão.


Read More

As melhores fintas de 2013!

Read More

Benfica é o 15.º clube mais valioso do mundo

As conclusões foram apresentadas ontem num estudo da Pluri Consultoria (AQUI), empresa brasileira especializada na avaliação de mercados no âmbito desportivo, e que anualmente publica os resultados.



Read More

V. Setúbal 0-2 Benfica: importante

O Benfica venceu o jogo da 14ª jornada com o Vitória de Setúbal por 2-0. Uma partida que teve, novamente, duas caras da mesma equipa nas duas metades do desafio. Olhando para o calendário é então uma vitória importante: pela proximidade da recepção ao FC Porto e pelo embalo que a equipa pode atingir com um mês de Janeiro em que só joga no Estádio da Luz. Nota também inicial para o facto do SLB já ter passado por 8 campos nesta liga com apenas 14 jornadas.

Antes do jogo tinha escrito que esperava que o regresso de Enzo Pérez não significasse o regresso ao 4-3-3 mas agora quem me dera ter estado calado... Jorge Jesus apostou em Oblak, Sílvio, Luisão, Garay, Maxi Pereira, Fejsa, Matic, Enzo Pérez, Gaitán, Rodrigo e Lima. Ou seja, 4-4-2 com Enzo encostado à direita e o meio campo do Benfica entregue a dois trincos puros. Na minha opinião esta opção é uma aberração! Nem preciso de tentar explicar porquê visto que queria tentar escrever algo sobre a 1ª metade e não tenho nada. Os números falam por si: o SLB fez 0 remates (!?!?) na 1ª parte. Nem estou a falar de remates no alvo, estou a falar até daqueles remates que saem na bandeirinha de canto. Nada! Não me lembro de alguma vez ter visto tal feito num jogo contra uma equipa que não tem os mesmos objectivos dos encarnados. E esta coisa de mudar os extremos de lado já não dá em nada, e parece que ainda atrapalha mais.

A 2ª parte é a história de como apenas uma substituição e alteração táctica pode mudar uma partida de futebol. Entrada de Sulejmani para o lugar de Fejsa e regresso da melhor dupla de médios a jogar em Portugal. Tudo diferente, um Benfica dominador, com Rodrigo e Enzo Pérez a soltarem-se e com várias jogadas bem construídas. Resumindo: Gaitán ofereceu o 1º golo a Rodrigo aos 54 minutos e Dani fez penalty aos 67', que Lima converteu no 2-0 final.

Homem do jogo: Rodrigo, foi o jogador em destaque na mudança de atitude dos encarnados. Fiquei satisfeito com a estreia a titular do jovem GR de 20 anos.
Read More

A importância de vencer em Setúbal

O Benfica desloca-se hoje a Setúbal para encontrar o Vitória em desafio da 14ª jornada da Liga Zon Sagres. Um jogo decisivo no calendário dos encarnados, pois antecede a recepção ao FC Porto e pode ser aproveitado para embalar para um fase mais positiva da temporada pois em Janeiro só irão jogar no Estádio da Luz. Ficará também mais um estádio visitado neste campeonato, sendo que será o 8º jogo fora em 14 jornadas.
Mas atenção a este Vitória de José Couceiro que está numa fase muito boa a jogar no Bonfim: 4 vitórias seguidas e nenhuma derrota desde princípio de Setembro. No entanto, desde 1999 que a equipa da casa não vence o Benfica em jogos do Campeonato.

Curiosamente, o Benfica de Jorge Jesus só não venceu na cidade do Sado, no ano do único título nacional do treinador das águias.

Muitas novidades na convocatória de Jorge Jesus mas ainda sem Cardozo e Salvio. Quem tem lugar garantido na baliza é Oblak, a estreia no 11 inicial do jovem GR, volta também Enzo Pérez e Rúben Amorim. Só espero é que o regresso do argentino, depois de castigo, não signifique a adopção do 4-3-3...
Atenção que Maxi Pereira tem 4 amarelos e se vir outro fica de fora do clássico por castigo.

Read More

IBM

Temas

2011 2011/12 2012 2012/13 2013 2013/14 2014/15 2015/16 2016/17 2017/18 2ª Divisão A Bola A Magia do Futebol AC Milan Academia Seixal Académica Adeptos Agenda Aguero Aimar Ajax Alemanha Alex Ferguson Alex Sandro Amigável análise tática Andebol Anderson Talisca André Gomes André Silva Andrea Pirlo Angola Aniversário Antevisão António Salvador Anzhi Apagão Apito Dourado arbitragem árbitro Argentina Arouca Arsenal Artur Artur Soares Dias AS Roma Atlético Madrid Atletismo auto-golo Balotelli Barcelona Basquetebol Bayer Leverkusen Bayern Munique Beckenbauer Beira-Mar Belenenses Benfica Benfica B Benfica Campeão Benfica TV Bernardo Sassetti bilhetes Blatter Blogs Blogs Benfica Blogs Futebol Boavista Boca Juniores Bola de Ouro Bolt Borussia Dortmund Bota de Ouro Boxing Day Braga Brasil Brasileirão Bruno Alves Bruno César Bruno de Carvalho Bruno Paixão Buffon Bundesliga C. Ronaldo Calendário Campeão Campeonato Alemão Campeonato Argentino Campeonato Brasileiro Campeonato da Europa Campeonato da Europa 2016 Campeonato do Mundo Campeonato do Mundo de Clubes Campeonato Escocês Campeonato Espanhol Campeonato Holandês Campeonato Italiano Campeonato Maicon Campeonato Nacional campeonatos europeus CAN Canoagem Capdevilla Cardinal Cardozo Carlo Ancelotti Carlos Martins Casagrande Casillas Caso vouchers Cavani Cech Celtic Glasgow Chalana Champions Chelsea Chicotada Ciclismo clássico Coluna Conselho de Arbitragem Conselho de Disciplina contas título contrato Copa do Mundo 2014 Copa dos Libertadores Corinthians corrupção Cosme Damião CR7 Cristiano Ronaldo crónica futebol D. Kiev David Beckham David Luiz Defeso Del Piero derby Derby della Madonnina Desportivo de Chaves Desporto Di Maria Di Matteo Diego Costa Direitos TV Djuricic Domingos Doping Doyen Sports Drogba Éder Ederson El Pibe Eleições Emerson Enke Enzo Pérez Equipa Equipas B Eredivisie escândalo Escutas Espanha Estádio da Luz Estádio de Alvalade Estádio do Jamor Estádio Dragão Estatísticas Estoril Estrelas do Futebol Euro 2004 Euro 2012 Euro 2016 Eusébio Eusébio Cup Everton FA Cup Fábio Coentrão Fair Play Fair Play financeiro Falcao FC Porto FCP Federação Portuguesa Futebol Fédération Internationale de Football Association Fehér Fernando Gomes Fernando Pimenta e Emanuel Silva Fernando Santos Fernando Torres FIFA Final Final Euro 2016 Final Liga dos Campeões Final Liga Europa 2012/13 Final Liga Europa 2013/14 finanças Fintas Flamengo Fluminense Football Leaks FPF França França 2016 Funny Football Fura-Redes Futebol Internacional Futebol Mundial Futebol Nacional Gaitán Galatasaray Garay Gareth Bale Gianni Infantino Giggs Gil Vicente Glorioso SLB Golden Boy Golo de Bicicleta Golo de Calcanhar Golo de Livre golo do ano Golo do Dia Golo Fantasma Gonçalo Guedes Grimaldo Guarda-Redes Guardiola Gyan Hat-Trick História Holanda Hóquei em Patins Hulk Ibrahimovic IFFHS Inferno da Luz Inglaterra Iniesta Inter International Board Itália Jackson Martínez James Rodríguez Jardel Jardel (33) Javi Garcia Jimmy Hagan JJ JO Joaquim Oliveira jogadores Benfica Jogos Olímpicos Johan Cruyff John Terry Jonas Jorge Jesus Jorge Mendes Jorge Sousa Jornal Jornal Record José Gomes José Mourinho José Pratas jovem promessa Júlio César juniores Jupp Heynckes Juventus Kaká Kardec Kelvin Klose Kompany La Liga Lampard Lazio Lázio Lebron James Leicester Leis do Futebol Léo Leonardo Jardim lesões Lewandowski LFV liga Liga BBVA Liga da Verdade Liga dos Campeões Liga Europa Liga Inglesa Liga Nos 2014/15 Liga Nos 2015/16 Liga Nos 2016/17 Liga Nos 2017/18 Liga Orangina Liga Portuguesa Liga Portuguesa Futebol Profissional Liga Zon Sagres Liga Zon Sagres 2012/13 Liga Zon Sagres 2013/14 Ligue 1 Lima Lindelof Lionel Messi Lisandro López Liverpool Ljubomir Fejsa Londres 2012 Lopetegui LPFP Luís Figo Luís Filipe Vieira Luisão Maicon Man. City Man. United Manchester City Manchester United Mantorras Manuel Fernandes Maracanã Maradona Mário Wilson Marítimo Markovic Matic Maxi Maxi Pereira Medalheiro Melgarejo melhor marcador melhores golos 2013 melhores golos 2014 melhores golos 2015 melhores golos 2016 Mercado Mesquita Alves Messi Mexes México Miccoli Michael Jordan Mitroglou Modalidades Moreirense Mourinho Moutinho Mundial 2014 Mundial 2018 Mundial Clubes Museu Cosme Damião Nacional Nani Nápoles NBA Nélson Oliveira Newcastle Neymar Nike nº 10 No Name Boys Nolito novo contrato Nuno Espírito Santo Nuno Gomes O. Lyon Oblak Ola John Olegário Benquerença Olhanense Olheiro Olivedesportos Os três grandes Ozil Paços de Ferreira Pantera Negra Paolo Maldini Parceiros Paulo Bento Paulo Fonseca Pedro Proença Penafiel penalty Pepe Petardos Petit Phelps Ping Pong Pinto da Costa Pizzi PJ Platini Polvo Portugal Portugal Campeão 2016 Postiga pré-época Premier League Prémio Puskas PSG PSV Ramires Raúl González Raúl Meireles Real Madrid Recordes Red Pass Reforços Regulamentos 72 horas Rei Eusébio relatório contas Renato Sanches Ribery Rio Ave Riquelme River Plate Robben Roberto Carlos Rodrigo Rodrigo Mora Rojo Ronaldinho Ronaldinho Gaúcho Ronaldo Ronaldo vs Messi Rooney Rúben Amorim Rui Costa Rui Vitória Rússia SAD Salvio Samaris Saviola SCB Scholes Scolari SCP Selecção Sérgio Conceição Sergio Ramos Serie A Sevilha Shevchenko Simão Sabrosa Sistema SL Benfica SLB Slimani sorteio Sport Lisboa e Benfica Sport tv Sporting Steven Gerrard Suárez sub-20 Suécia Suiça Sulejmani Super Maxi Supertaça Taça da Liga Taça da Liga Inglesa Taça das Confederações Taça das Nações Africanas Taça de Portugal Taça do Rei Tecnologia Golo Ténis Tévez Tondela Toni Top 10 Torneio Toulon Tottenham Totti tragédia futebol Transferências Treino Triplete Twitter U. Leiria UEFA UEFA Champions League União da Madeira Urreta V. Guimarães V. Setúbal Valdés Valência Valentim Loureiro Van Persie vídeo-árbitro Vídeos/Golos Villas-Boas Vitor Baia Vítor Pereira Walcott Wesley Sneijder Witsel Xavi Xistra Zenit S. Petersburgo Zidane