domingo, 6 de maio de 2012

Tudo às claras no Dragão: dá cá um abraço Pedro!

Festa do título azul e branco com um convidado especial: Pedro Proença foi o árbitro do jogo entre o FC Porto e o Sporting. Nomeação inexplicável depois de ter sido este o juiz da partida que decidiu o campeonato: SLB - FCP no estádio da Luz, com todos os erros que sabemos.

Novo capítulo no pesadelo Pedro Proença (lembrem-se do "penalty" de Yebda sobre Lisandro), com o FCP a acabar o jogo contra 9 - 1º amarelo a Onyewu ridículo e propositado, tal e qual como o 1º amarelo a Emerson no jogo da Luz. Mas, ficou bem à Comissão de Arbitragem ter convidado o Proença para a festa, então o homem fez tanto para que ela acontecesse e agora não ia festejar.
Como dizia um seguidor do Fura-Redes na página do Facebook esta é a imagem que marca o campeonato, não é montagem:


Bruno - Parabéns Vítor!
Vítor - Obrigado Bruno! Sem ti não teria sido possível.
Bruno - Oh Vítor... Muito Obrigado! nem sabes como tudo isto me alegra.
Vítor - Para o ano não sei se o FCP conta comigo mas contigo conta de certeza.
Bruno - Cá estarei então.
Vítor - Ok então. Pronto... Já sabes que se precisares de conselhos matrimoniais temos uma enorme gama ao serviço dos árbitros portugueses.


Desculpem lá, nem sei o que disseram um ao outro, provavelmente só uma troca de parabéns, a marioneta/treinador desejou-lhe sorte para o Euro 2012. Mas, precisava de ser assim, não acharam que isto ia ser entendido como uma provocação... Claro que acharam! E, como tal, só pode ser entendido como mais uma tentativa de gozar com a nossa cara.

Da arbitragem do jogo nem podia ser de outra forma o FC Porto nunca perdeu nenhum clássico contra Benfica ou Sporting quando o árbitro é este artista e o Benfica nunca ganhou nenhum clássico com Pedro Proença a apitar. Palavras para quê, são tudo coincidências... Não me vou alongar porque já não há paciência mas quem quiser saber mais sobre o árbitro veja aqui, aqui ou aqui.

E, o problema é que este não é o único palhaço: o FC Porto, nos últimos 3 jogos, marcou o seu 1º golo na conversão de um penalty, são tantos os que o Benfica se queixa que lhe retiraram para abrir o marcador. Hulk é o jogador com mais golos de penalty, são 7 em 16 tentos deste jogador.
Contra números não há argumentos: nesta Liga da mentira o FCP teve 8 expulsões a favor, o SLB metade; expulsões dos próprios jogadores são 3 para o FCP, todas já nos descontos da 2ª Parte e, incrivelmente, o SLB, a uma jornada do fim, tem mais jogadores expulsos do que expulsos das equipas adversárias (4vs5). Só não vê quem não quer...

35 comentários:

Jotas disse...

a nomeação de Pedro Proença para o jogo da consagração portista, é um prémio justo a um dos grandes obreiros do título portista, seria até de mau tom, Pedro Proença faltar à festa e não receber as suas merecidas faixas de campeão, ontem em mais uma brilhante exibição, fez jus ao seu título de campeão pelo Porto.

6 de maio de 2012 às 11:27
Fura-Redes disse...

:-) bem Jotas! gozam com a nossa cara mesmo à força toda. e que dizer desta imagem?????

6 de maio de 2012 às 11:33
Leão Eterno disse...

Um jogo igual a um campeonato. Uma mentira. Nada mais que isso, equipa que não mostra qualidade contra 11, nem contra 10, teve em james o actor que consegue já estar a lançar-se sobre o relvado antes do polga ensaiar o desarme. Só mesmo numa peça de teatro uma equipa assim pode ganhar campeonatos. Na europa, onde eles não andam, é o que se vê, são goleados e até cipriotas gozam com eles...A melhor nota foi sem dúvida para o hulk, custar 100 milhões e ficar no bolso do polga o jogo todo sem sacar uma unica falta não é para todos

6 de maio de 2012 às 11:56
Fura-Redes disse...

Leão Eterno em grande!
Essa do Polga meter no bolso o Hulk está bem vista e dá que pensar. Grande jogo do Polga.
Na Europa já todos sabemos que canta outro galo. Até porque se for a ver o FCP, nas suas conquistas europeias mais recentes, só venceu um tubarão europeu, o Man. United que nesse ano até ficou em 3º lugar. Levam sempre tareias de equipas a sério.

6 de maio de 2012 às 12:04
Pedro Barros disse...

Proença, de facto, é um grande nome. O único árbitro que conheço que precisa que um jogador (Cardozo) tenha TRÊS mãos para marcar um penalti.
Pobres benfiquinhas, que tivestes 5 pontos de avanço... foi a vossa INCOMPETÊNCIA que vos fez perder o campeonato. O Proença é só mais uma das vossas muitas desculpas.

6 de maio de 2012 às 13:13
Fura-Redes disse...

Pedro já falei desse penalty aqui, umas 6 vezes.
Existe uma coisa que se chama BOLA NA MÃO!
A bola vem da cabeça para a mão, ele está de olhos fechados, não há penalty nenhum. Se viesse directo para o braço claro que era penalty, agora da cabeça para o braço nunca pode ser penalty. só se quiser que os do Benfica joguem sem braços
Desses 5 pontos 2 foram roubados em Coimbra e 3 contra o FCP

6 de maio de 2012 às 13:26
Anónimo disse...

não podia concordar mais contigo!

6 de maio de 2012 às 16:15
João Pererira disse...

Concordo com o Pedro Barros. A desonestidade dos benfiquistas ao analisar esse lance passa por tentar escamotear que a bola vem de um braço para a outra mão! Ou seja, se a primeira situação pode ser considerada bola-na-mão, a segunda é penalti inequívoco porque Cardozo ajeita a bola, amortecendo-a, para evitar que ela caia num jogador do Porto (essa dos olhos fechados fazerem com que não seja penalti é a anedota do ano). Como o resultado estava 2-2 nesse lance, é óbvio que o 3-2 final é o resultado que traduz a verdade desportiva desse jogo. Aliás, a coerência dos benfiquistas a analisar estes lances é tal que, para eles, os três penaltis que deram a vitória em casa contra o Guimarães (que são, esses sim, sem dúvida, bolas-na-mão) não merecem dúvidas, mas uma jogada em que um seu jogador mete quantas mãos tem a uma bola, é bola-na-mão. Bola-na-mão conheço, mas "bola-nas-mãos" é coisa que, sinceramente, me escapa!

6 de maio de 2012 às 18:32
Fura-Redes disse...

Ele não mexe o 2º braço João. Fica quieto como tantas outras vezes! :-)
do Guimarães há um penalty mal assinalado e 2 bem marcados

6 de maio de 2012 às 18:39
Eduardo Pereira disse...

Acho estranhos alguns comentários à arbitragem de PP, ontem, no Porto. O SLB e/ou Cardozo não jogaram e o jogo de ontem teve matéria qb para comentarmos a sua arbitragem.
Gostaria de começar os meus comentários com o realce à nomeação em si mesma. Eu não gosto de ver PP a arbitrar (independentemente das equipas intervenientes) e acho que, relativamente ao jogo de ontem como a todos os que arbitra, PP merece em absoluto o comentário de Jorge Coroado (em O Jogo de hoje): 'muito convencido, pouco convincente'. Na mouche! PP está convencido que está num nível acima dos demais árbitros; eu acho que ele é só pose e aparência e que há 2 ou 3 árbitros portugueses bem melhores. O problema de PP (não é só dele) é que tem uma boa imprensa, vá lá saber-se porquê.
Ontem, PP inclinou o campo a favor do FCP e fez tudo quanto pôde para prejudicar o SCP. A sua arbitragem foi um exemplo acabado de como decidir um jogo sub-repticiamente. Uma vergonha! Creio que só por ter sido o SCP o prejudicado é que a imprensa não dá o devido realce ao que se passou. Na minha opinião, foi isto:
1) O 1º amarelo a Onyewu é indecente. O americano não faz falta, não toca em Moutinho e este atirou-se para o chão quando o pressentiu por perto. As repetições são inequívocas. O árbitro não as tem, mas PP estava ali mesmo ao lado e, se tivesse a qualidade (e a isenção) que pretende ter, teria discernido correctamente e amarelava Moutinho por simulação grosseira (comportamento anti-desportivo).
2) Os jogadores do FCP passaram o tempo a atirar-se para o chão sempre que um do SCP aparecia perto para disputar a bola. Uma vergonha! Nenhum foi punido por comportamento anti-desportivo. Em contrapartida, numa fase em que o SCP manifestava grande ascendente, na 1ª parte, distribuiu amarelos a jogadores do SCP por faltas que o não justificavam, condicionando a equipa. Dualidade de critérios gritante.
3) Capel não conseguiu iniciar uma única jogada que não fosse tocado em falta por um jogador do FCP, geralmente Sapunaru. Sapunaru foi substituído porque a sua manutenção em campo já roçava o escandaloso e VPereira não é completamente parvo.
4) O FCP praticou jogo faltoso sistemático na fase de construção ofensiva do SCP. Vejam uma repetição do jogo e contem as vezes que os jogadores do SCP são parados em falta nas imediações da linha de meio-campo. A reincidência em jogo faltoso é punível com amarelo. PP não parece saber (mas vai ao Euro). Para tentar branquear a sua complacência, expulsou Fernando, mas fê-lo só nos descontos e com o resultado em 2-0 e o jogo decidido, não fosse o Diabo tecê-las.
5) O 2º amarelo a Onyewu é justificado, mas deveria ter sido o 1º. Ao expulsar o americano (curiosamente, pouco depois de o Braga ter feito 1-0 e quando era óbvio que o SCP tinha de atacar ainda mais), PP desequilibrou a compita decisivamente.
6) O vermelho directo a Polga é vergonhoso e revoltante. A falta não é violenta, James não está de frente para a baliza e há mais 2 defesas do SCP e RPatrício entre ele e a baliza. É penaltu claro, mas só justifica o amarelo.
7) o 1º golo do FCP é precedido de falta ostensiva (empurrão) de Hulk a Pereirinha. Toda a gente viu!
E assim PP cumpriu o frete que lhe encomendaram e proporcionou uma vitória falsa como Judas a uma equipa do FCP que só adquiriu ascendente quando o adversário ficou reduzido a 9 jogadores. Vejam a repetição e verifiquem quando é que o FCP cria o 1º lance de verdadeiro perigo.

6 de maio de 2012 às 20:42
Fura-Redes disse...

Sempre um prazer ler os seus comentários Eduardo.
Concordo em tudo o que diz sobre a arbitragem, apesar de ter visto só um resumo do jogo. 1º amarelo ao americano é de quem tinha uma ideia na cabeça. Vermelho a Polga nem consigo falar
Já agora gostava de saber o que acha das fotos que têm aparecido do Proença em grande amizade com os jogadores e treinador do FCP.

6 de maio de 2012 às 21:17
Eduardo Pereira disse...

Quanto às fotos, Tiago, sejamos objectivos: era dia de festa para os do FCP e, depois da performance 'arbitrária' durante o jogo, porquê disfarçar mais o que toda a gente sabe?
Pois se até com um tal de Vítor Pereira ao volante o FCP ganha o campeonato?! Então, a nomeação de PP para o jogo de ontem não é a demonstração cabal do controlo que o Bimbo da Bosta e sua pandilha exercem sobre a arbitragem?
Como sabe, eu estava convencido de que o SCP ia dar um banho de bola do FCP, ontem. Pelos vistos, não era só eu; os do FCP acharam que essa era uma possibilidade séria e trataram de fazer o controlo dos danos, arranjando um árbitro que sabiam prejudicaria sempre o SCP. Ou era PP ou era Olegário...

6 de maio de 2012 às 22:40
Eduardo Pereira disse...

O desplante do PP naquela confraternização de ontem é o resultado, também, da mania que ele tem de que é superior aos seus colegas árbitros e aos que o criticam. Ele acha-se acima dos outros e da crítica. PP é um flop, é só basófia. Nunca vi um jogo que ele apitasse em que gostasse do seu trabalho. Toda a gente falha e os árbitros também, até mais do que na maior parte das outras actividades. Eu acho que arbitrar bem é muito difícil e dou o benefício da dúvida aos árbitros (excepto ao cretino do Bruno Paixão). O problema é que PP falha mais que outros árbitros, mas fá-lo com arrogância e sobranceria. Acho Artur Soares Dias e João Capela melhores árbitros do que PP: parecem-me mais isentos e mais preocupados em fazer bem. Claro que também falham, mas são muito menos manhosos do que PP. Repare que eu acho que João Capela fez uma péssima arbitragem no SLB-SCP da 1ª volta (por exemplo, não marcou um penalti claro de Jardel sobre Onyewu e não expulsou Aimar por agressão a Insúa, deu-lhe apenas amarelo), mas não me pareceu que tivesse agido de forma pré-determinada. Errou, simplesmente, e para o mesmo lado. Já PP, ontem, executou um plano pré-concebido. Estou absolutamente convicto do que acabo de escrever. No período entre os 10-15 min e os 35-40 min, o 'trabalho' de PP foi - ao menos, para mim - premonitório. Disse ao meu filho mais velho, com quem assisti ao jogo, que o árbitro ia expulsar pelo menos um jogador do SCP e ele ficou incrédulo a olhar para mim. No final do jogo, perguntou-me (na inocência dos seus 16 anos): como é que o pai adivinhou o que se ia passar?
Imagine que o Braga também perdia o jogo com o Beira-Mar; com que defesa jogaria o SCP na última jornada? Porque é que os golos do FCP foram celebrados em Braga como se fossem do SCB?

6 de maio de 2012 às 23:27
Fura-Redes disse...

Pois é lembro-me de ter 16 anos e ter reacções como a do seu filho.

Concordo em absoluto no plano pré-concebido, amarelo ridículo ao americano, como já tinha sido quando deu aquele amarelo ridículo ao Emerson no SLB-FCP. Sabem muito os árbitros portugueses. Muita gente chama-lhes incompetentes, eu acho que eles são é muito competentes, na mentira mas competentes.
Podre esta Liga podre... E ainda gozam connosco com Pinto da Costa a falar de arbitragens, em que país do mundo um homem que tem as escutas que ele tem podia falar de árbitros????

E agora este circo dos abraços do Proença é gozar com a cara dos adversários

Quando eu falo aqui do FC Porto, falo da gente que está à frente do clube, pois tenho muitos amigos que são do FCP. Essa máfia que está na frente do clube não se contenta em ganhar, tem que ganhar e humilhar os outros, não sabem o que é desporto - felizmente nada haver com o meu clube,

7 de maio de 2012 às 10:42
Anónimo disse...

[img]http://farm9.staticflickr.com/8005/7000284676_4fbebdcb9e.jpg[/img]

7 de maio de 2012 às 22:57
Eduardo Pereira disse...

No SLB-FCP há uma coisa - aliás, determinante - que eu nunca vou perceber: como é que, numa bola parada (!), o árbitro assistente não vê que há dois jogadores (dois !) fora de jogo, aquando da execução do livre. O resultado foi o 2-3.
Quanto aos amarelos e às expulsões 'por encomenda', remeto-vos para o Gil Vicente-SCP (2-0). O árbitro desse jogo (o cretino Paixão) agiu de forma tão alarve e provocatória contra o SCP e os seus jogadores, durante todo o jogo, que o Sá Pinto teve de controlar os jogadores para estes não passarem à acção directa no final do jogo.
Depois, admiram-se quando algo de menos agradável sucede a estes energúmenos...

7 de maio de 2012 às 23:33
Fura-Redes disse...

Eu acho que ele vê Eduardo. O problema é que ninguém me consegue convencer do contrário. Ele está a olhar logo vê...
É altura do Paixão, do Proença e de outros passarem algum tempo a apitar nas distritais

8 de maio de 2012 às 10:22
Anónimo disse...

Palhaços mouros que não sabem as regras do futebol... Só para um exemplo... A mão do Cardoso no SLB-FCP é mão porque o futebol joga-se com os braços junto ao corpo. São as regras... Se o braço estiver junto ao corpo, não é penalti. Se por outro lado estiver a "alargar" a área de acção do corpo (como era o caso) é penalti. Não é preciso haver intenção!

Já a atitude do Artur no FCP-SLB, em que levanta o pé expondo os pitons ao corpo de um jogador do Porto que deveria ter dado expulsão, ninguém vê... E não foi a única desse senhor sarrafeiro deste género no campeonato...

Erros há para todos os lados... O próprio pasquim do benfica publicou uma liga "real" em que dizia que o benfica era o mais beneficiado dos "grandes"!

8 de maio de 2012 às 20:07
Fura-Redes disse...

Caro anónimo 8 de Maio,
Quantas vezes não vi Bruno Alves, Vitor Baia, Helton fazer esse movimento. Não gosto que Artur siga maus exemplos mas quem mais faz esse gesto são os jogadores do Porto.

Não sei que pasquim se refere nem quando o consultou mas se isso é agora, na 29ª Jornada, gostava de ler esse atestado de estupidez.

Quanto ao que diz que é a regra: para si os jogadores têm que ser tipo espantalhos não? Claro que essa não é a regra. O que é regra diz é que tem que haver intenção, claro que se um jogador está de braços abertos, tipo terry na Luz, o arbitro lê que ele esta intencionalmente a ocupar mais espaço do que deve e marca falta. Não é o caso deste lance pois a bola vem da cabeça para a mão em espaço de milesimos de segundos e a leitura é que não existe intenção de Cardozo jogar a bola com os braços. Intenção sim de jogar a bola com a cabeça que é o que faz. depois é um resalto. Pela sua regra os clubes iam começar a contratar jogadores sem braços.
Não existe nenhuma regra no futebol que diga onde devem estar os braços.

8 de maio de 2012 às 20:17
Anónimo disse...

Bruno Alves ainda acredito, pois apesar de ser um jogador destacado pela UEFA pelo fair play é mais duro. Agora o Vitor Baia e o Helton... Acho que os seus óculos vermelhos não o deixam ver mais além... Apesar disso, acho que TODAS as situações desse género devem ser punidas com cartão vermelho e castigo de alguns jogos pois trata-se de uma agressão pura e dura...

Por outro lado, já que se queixa do Bruno Alves... Tanto o Javi Garcia como o Maxi do Benfica protagonizaram vários lances passíveis de expulsão, alguns repetidos no mesmo jogo, sem sequer um amarelo verem... Não sei se se recorda inclusivé de um jogador do Porto que saiu com uma perna partida de um jogo com o SLB... Anderson é o seu nome... Não vi castigos por causa deste lance não acidental e propositado (acredito mesmo que recompensado).

Por acaso já ouvi vários árbitros e antigos árbitros dizer que existe... Não a sei especificar, mas agradecia que me transcrevesse então a regra onde a casualidade (jogar a bola com a mão por acidente) está definida (nunca consegui encontrar o texto da mesma)...

É que não sei se tem reparado, mas por via das dúvidas, grande parte dos defesas agora aborda jogadas dentro da área com as mão cruzadas atrás dos braços...

Quanto ao pasquim, não sei precisar qual dos dois, bola ou record...

8 de maio de 2012 às 21:59
Eduardo Pereira disse...

Mãos cruzadas atrás dos braços?!
Isso é para malabaristas, caramba! Deve querer dizer braços (e mãos) atrás das costas...
Já que, pelos vistos, fui (anonimamente) incluído no rol dos 'palhaços mouros' (isto de certas pessoas se afirmarem pela ofensa ou tentativa de a fazer é, para mim, sinal de menoridade intelectual...), gostava de lhe perguntar em que medida é que os meus comentários demonstram ignorância das regras do futebol.
Quer-me parecer que deve ser por o PP não ter deparado vezes suficientes com jogadores do FCP a reincidir no comportamento anti-desportivo durante o jogo com o SCP do passado sábado. Ou será que existe alguma regra do jogo que determine que quando o Moutinho se atira para o chão com o americano por perto é amarelo para este e livre contra o SCP?

8 de maio de 2012 às 22:37
Fura-Redes disse...

a sério insistir que Benfica ou Sporting foram beneficiados neste campeonato é demais para a minha capacidade argumentativa. Quem consegue olhar para o campeonato e ver isso nunca verá qualquer um dos meus argumentos. Peço só que pense em quem é que ganhou o campeonato, foi o beneficiado Benfica? Ainda hoje li na bola o Miguel Sousa Tavares dizer que não foi Vítor Pereira que venceu o campeonato, quem foi então? os jogadores? são os mesmos que levaram 4 do City e 3 da Académica. com o plantel que o FCP tem e com o treinador que tem só mesmo no seu clube essa combinação daria título e ai temos que perguntar porquê?

8 de maio de 2012 às 22:48
Anónimo disse...

Vou-lhe pedir desculpa pelo "palhaços mouros"... Realmente conheço bastantes decentes e como não o conheço apenas posso inferir pelos comentários clubísticos a categoria em que se enquadra.

Mas sinceramente, não sei de que se queixa... Se é em relação ao Moutinho atirar-se para o chão, olhe para o Aimar, que em quase todos os jogos do SLB que tive a oportunidade de ver se atira para o chão... E quando há umas jornadas AGREDIU um jogador e foi por isso punido, caiu o carmo e a trindade só por ser do SLB...

Volto a dizer, acho que casos há em todos os jogos. Se a situação do Cardozo fosse com um jogador do FCP, estou certo que a sua análise seria diferente. Se a situação do Artur fosse com o Helton (e tal como já disse, nunca tal vi), estava a reclamar em vez de aplaudir... Se o Anderson fosse do SLB na altura em que lhe partiram a perna, estava a clamar pela irradiação do jogador que lhe tinha feito isso... Não percebo porquê por exemplo o Rui Costa foi apanhado em vídeo a ameaçar uma pessoa relacionada com a arbitragem e nada lhe aconteceu!!! Não percebo porquê são apanhados os presidentes dos dois maiores clubes portugueses a encomendar árbitros (sim o Vierinha dos pneus também foi, como o youtube pode comprovar) e só se fala de um...

Só gostava que todos os benfiquistas ganhassem juízo e olhassem primeiro para dentro. Acho que o FCP não pode ser assim tão beneficiado porque senão não ganhava nada lá fora! E sim, temos uma ou outra época má... Mas o Benfica tem uma ou outra boa e ainda assim é sempre roubado quando não ganha... Não percebo como o mundo pode estar todo errado e não perceber o mestre da tática Jesus, apanhado também em vídeo a ordenar ao Artur para se deitar no chão quando o SLB estava em apuros próximo do final do jogo...

Já agora, este é o meu último post aqui a não ser que me queira ensinar algo em relação às regras acompanhado da respectiva prova, situação na qual terei que fazer um último post a agradecer a informação, pois acho que o futebol deve ser avaliado pelas regras em vigor e não pelo que sempre foi ou pelo que os comentadores maioritariamente benfiquistas (sim, já vi na TV golos não existentes do SLB serem festejados com alto entusiasmo, o mesmo entusiasmo que vi a festejarem golos que também não existiram contra o FCP) acham que deveriam ser...

8 de maio de 2012 às 23:53
Anónimo disse...

ps: quanto ao jogo da Académica, recordo-lhe que o benfica não teve uma prestação brilhante com eles também. E já que estamos a analisar jogos do FCP, compare Feirense-FCP com o Feirense-SLB... Se a coisa tivesse acontecido ao contrário era mais uma prova do roubo e influência que o Porto tem na arbitragem...

Já agora, em relação ao VP... Concordo que lhe faltou uma coisa, que foi liderança... Em relação a tática... Dá 20 a 0 ao vosso messias...

8 de maio de 2012 às 23:59
Fura-Redes disse...

Essa do 20 a 0 é de chorar a rir. Pois imaginemos que tinha sido o VP a perder no último minuto com um golo fora de jogo. todos nós sabemos onde ele estaria agora. Se o Jesus se mantem é porque lhe reconhecem qualidade acima de a bola bater na trave ou no caso português de ter azar com as nomeações dos árbitros.
Não me conhece minimamente para estar a dizer o que eu diria se a situação do Cardozo fosse com o Janko, e só lhe posso dizer que a minha leitura destes lances é sempre a mesma. Como não tenho qualquer problema em dizer que todos os penalties, desta verdadeira chuva que foram as últimas jornadas para o Porto, foram bem assinalados. Só me queixo que os penalties escandalosos não sejam assinalados para todos. Ou o Saviola tem é que levar com um defesa do Rio aVe e calar? Gaitan tem é que admitir que Polga tocou na bola e não na perna dele?

Quanto à Lei do Futebol. Se procurar no google "football rules FIFA", encontrará um PDF, que com certeza chamará um folhete de propaganda benfiquista, em que na regra 12 do futebol, parte handling the ball diz: "involves a deliberate act of a player making contact with the ball with his hand or arm"

Feirense - Benfica: existe como já escrevi aqui no blog um golo mal anulado ao Feirense. Antes tinha era havido um penalty por assinalar a favor do Benfica por mão na bola, ainda na 1ª parte. Um lance em tudo semelhante ao penalty assinalado em braga, quando o Porto B recebeu o Benfica.

Foi realmente pena não ter visto a cena dos palhaços mouros pois teria de imediato apagado o seu comentário. mas agora prefiro responder-lhe, pois para alguém que se acha tão sabedor de bola e tão pronto a chamar parvos aos outros, vê-lo escrever que VP dá 20-0 em tática já me fez rir um bom bocado. Acho que nem ao roupeiro do Porto ele dá 20-o em tática

9 de maio de 2012 às 00:19
Anónimo disse...

Em primeiro lugar, obrigado pela referência, efectivamente 99% dos comentadores em Portugal estão errados e eu estava enganado também.

No entanto há-de reparar que além da intencionalidade ser subjectiva, um dos pontos a ter em consideração é a distância da bola ao jogador, que no caso do Cardozo era muita... Se ele colocou as mãos de forma a que em caso de ressalto na cabeça sem a melhor direcção a bola não saísse do raio de acção dele, há alguma intencionalidade... Verifica-se também que no segundo toque com a mão na bola, a mão acompanha a bola até o braço não poder esticar mais (o movimento do braço é intencional senão ele não se mexia)... Mas estamos a entrar no ramo do subjectivo...

Quanto ao VP... Ainda posso verificar que estou enganado, mas espero sinceramente que ele lá continue. Assim como espero que o messias continue no SLB, pois, fora um dos 3 anos que lá esteve, tem dado muitas alegrias aos Portistas... Quer seja por não saber falar, quer seja pelas muitas vitórias que nos tem proporcionado nos ũltimos tempos, quer seja por estourar com duas equipas em cada época e não dar para chegar ao fim...

Quanto aos erros de arbitragem... A única coisa que me chateia é ver os adeptos benfiquistas a queixar-se tanto, quando a coisa tem dado para os dois lados (daí o comentário inicial menos correcto, pelo qual já me penitenciei)... Não se queixem só dos lances mal avaliados do benfica, queixem-se de todos! Não andem com tretas de que perderam o campeonato por causa da arbitragem quando foi o vosso messias que estourou os jogadores antes do tempo!

9 de maio de 2012 às 00:59
Pedro disse...

Vê este vídeo.

http://www.youtube.com/watch?v=hF7YTlaY4Lw

Depois vai bater com a testa na parede, em sinal de penitência.

A hipocrisia é foda.

9 de maio de 2012 às 01:21
Fura-Redes disse...

Anónimo 00:59

Tem toda a razão quando diz que a regra não está bem explicita. Mais uma que devia ser alterada para ajudar a tarefa dos árbitros.

Acho que VP não fica para provar que estou errado. Do que vi muito fraquinho. Quantidade de vezes que a vencer por 1 golo colocou o Rolando lá atrás. Teve sorte de não sofrer nenhum golo mas é coisa que já não se usa e especialmente num grande.

Lógico que erros há para todos os lados, não me esqueço do jogo do Porto em Barcelos. Mas acho sinceramente que com o penalty escandaloso sobre o Aimar assinalado em Coimbra e com o empate na Luz, sem golo do Maicon portanto, o Benfica seria campeão. Também não me parece uma invenção de tamanho descomunal.
Concordo que Jesus estoirou os jogadores por causa da Champions, já o disse aqui várias vezes, como vê não falamos só de árbitros.
Abraço

9 de maio de 2012 às 10:00
Fura-Redes disse...

Pedro,
Não precisa de usar esse tipo de linguagem. Estamos a falar de futebol não de guerras... Só não apago porque acho importante que todos tenham direito a apresentar as suas provas.

Lembro-me bem deste lance e não gostei na altura, jogo arbitrado por Proença. Lembro-me também que o Porto foi campeão nacional, portanto o prejuízo não foi grande. Se me disser que sem o golo do Maicon o FCP seria campeão então tudo bem. sinceramente acho que foi o lance que decidiu este campeonato renhido.

E já agora tantos portistas aqui e nenhum condena esta foto? Ou acham normal? Se fosse o JJ a abraçar o árbitro não estariam a berrar. Isso sim é hipocrisia. Hipocrisia é vir falar de um golo em fora de jogo quando tanta gente do seu clube, e aposto que você também, veio desvalorizar o lance do Maicon, esse sim decisivo na ultrapassagem do FCP ao SLB

9 de maio de 2012 às 10:08
Eduardo Pereira disse...

Desisto de tentar 'falar' com alguém que insiste em permanecer 'Anónimo' e que, ainda por cima, me confunde com o Tiago (o Fura-Redes).
Mas não desisto antes de fazer um comentário: quando o Moutinho era jogador do SCP, não se atirava para o chão. Era atirado para o chão, pela pancada que levava em todos os jogos.
Sinceramente, chocou-me ver o Moutinho (e quase todos os jogadores do FCP, no jogo contra o SCP) atirar-se para o chão, a fazer-se à falta e aos amarelos aos adversários que estivessem próximos. Cheguei a comentar com o meu filho que os jogadores do FCP pareciam o Aimar e outros do SLB, a fingirem faltas. Detesto esse tipo de comportamento anti-desportivo, seja quem for que o pratique; tal como detesto (sempre detestei, já detestava quando ele jogava no SLB) certas atitudes maldosas do João Pereira.
Creio que a fussanguice é tão grande que a maior parte de nós se esquece que o futebol é um JOGO. Treinar uma equipa para torpedear e frustrar essas regras ou actuar em campo por forma a prejudicar os adversários (em vez de os vencer pela superioridade em futebol jogado) é um mau serviço que se presta ao futebol.
Se eu fosse adepto do FCP sentir-me-ia verdadeiramente envergonhado pelo jogo que a minha equipa fez contra o SCP e pela forma como ganhou aquele jogo. Em momento nenhum do jogo, antes de o SCP estar reduzido a 9 jogadores (obrigado PP, cantarão os adeptos portistas que não querem saber como é que lhes surgem certas vitórias), o FCP exerceu superioridade ou sequer criou qualquer perigo. Ganhar aquele jogo por 2-0 é, a meu ver, uma fraude.
Achei piada a um comentário de um comentador portista (não me recordo o nome, creio que também é Tiago) no programa 'Grandes Adeptos' da Antena 1, ao dizer que votava o SCP para o pior da semana por 'não ter sido audaz enquanto pôde'. É fácil falar de barriga cheia. Eu diria, apenas, que o SCP foi audaz enquanto o deixaram. Quando se percebeu que essa audácia poderia dar resultados, PP entrou em acção e acabou com o jogo e com a aflição do FCP. Simples!
Estas imagens da confraternização de PP com os treinadores e jogadores do FCP merecem a seguinte legenda: 'Pronto, já fiz o meu trabalho; posso participar na festa?'.

9 de maio de 2012 às 23:01
Pedro disse...

Camarada a linguagem está ao nível da escrita aqui depositada.

Não comento futurologia, nem tampouco consigo afirmar que este ou aquele lance mudou o campeonato, quando já são mais de 3 pontos que separam 1º do 2º classificado.

Apenas lhe demonstrei, com o vídeo acima 2 coisas bastante simples:

1. Todos os árbitros falham seja contra A ou B

2. Você não percebe nada de futebol nem tampouco das regras que o regem

10 de maio de 2012 às 20:25
Fura-Redes disse...

Essa do serem 3 pontos a separar o 1º e 2º classificado é para rir. Chorar a rir mesmo. Para vocês é isso que limpa toda a aldrabice que fazem. Pois é um pressuposto parvo, mesmo com o campeonato ganho atropelamentos ao Saviola não dão penalty...
O que eu gosto é que somos nós que passamos por pessoas a quem nos limpam as ideias com desculpas. Olhem para vocês antes de falarem dos outros.
Penso que as regras do futebol são tão básicas que peço desculpa mas não tem o domínio do conhecimento sobre elas

10 de maio de 2012 às 20:36
Eduardo Pereira disse...

Consta que Pedro Proença vai apitar a final da Liga dos Campeões (Bayern-Chelsea).
Consta que o árbitro da final da Taça de Portugal (Sporting - Académica) vai ser...João Ferreira!
A ser verdadeira qualquer uma destas notícias, vou ter de fazer reciclagem intensiva dos meus critérios.
Se João Ferreira for o árbitro da Taça é (mais) uma provocação ao SCP.
Está tudo doido!

13 de maio de 2012 às 18:52
Anónimo disse...

Caro Eduardo Pereira...

Concordamos numa coisa... O SCP foi uma excelente equipa... Não concordamos no resto... Perdeu o jogo porque foi duro demais de acordo com as regras em vigor! E portanto, perdeu e perdeu bem!

Por outro lado, esquece-se que o SLB, no primeiro jogo com o SCP também fez das suas... A começar pela gaiola (estupidez completa, já normal vindo desse clube em jogos grandes...), a terminar no jogo, que não mereceu ganhar, mais faltoso sem dúvida que o jogo com o FCP e ao mesmo tempo sancionado apenas para o lado do SLB, ao contrário do último em que as sanções foram para os dois lados...

Esquece-se também que o SLB foi largamente beneficiado na primeira volta... Esquece-se também que o SLB foi o ÚNICO clube que pôs os árbitros a tentar justificar as suas acções na semana passada... Esquece-se de muitas coisas, como é normal nos adeptos vermelhos (do Benfica: não quero usar mouros para não ser ofensivo... :P) Esquece-se do seu amado presidente também presente nas escutas!

E ainda falam de verdade? E de roubo? Benfiquistas, ganhem juízo que ainda não é tarde para vocês...

15 de maio de 2012 às 10:58
Eduardo Pereira disse...

Ao Anónimo: respondo-lhe para esclarecer que não sou benfiquista; sou sportinguista, com muito orgulho.
Outro pequeno detalhe: também não sou mouro, se com isso quer significar lisboeta. Nasci 140 kms a norte de Lisboa.
Quanto aos demais comentários seus, não me mereceriam...comentários, pois não tenho por hábito falar com anónimos.
Contudo, a sua interpretação de dureza excessiva a jogar futebol (reportada ao comportamento dos atletas do SCP no jogo contra o FCP) não deve ficar sem resposta.
Já vimos (ou lemos) acima que o seu conhecimento das regras do futebol é muito reduzido e peculiar. Por isso, pergunto-lhe: Qual foi o jogador do FCP que ficou lesionado em consequência de agressão praticada por jogador do SCP, nesse jogo? Polga rasteirou inadvertidamente James na grande área. Porque há-de ser vermelho directo, se a falta não é violenta e o jogador derrubado não estava de frente para a baliza e tinha entre ele e esta 2 defesas e o GR adversário? Eu explico-lhe (novamente) porque é que PP deu vermelho directo ao Polga: é que, mesmo a jogar contra 10 (por expulsão totalmente injustificada do Onyewu, pois o 1º amarelo é uma fraude), o FCP não conseguia superiorizar-se ao SCP. Assim, para além de assinalar (justificadamente) o penalti, PP retirou mais um jogador ao SCP, não fosse o marcador da penalidade falhá-la. Percebeu ou precisa de ver a repetição do jogo?
Outra pergunta: a falta de Onyewu sobre Hulk (um toque ligeiro por trás, suficiente para o desequilibrar) que permite a PP mostrar-lhe o 2º amarelo é violenta ou dura? Se acha que sim, aconselho-lhe vivamente uma visita ao oftalmologista e, bem assim, que remova as palas azuis.
Quem é capaz de escrever que o SCP perdeu e perdeu bem aquele jogo ou não viu o mesmo jogo que eu ou deixa que a sua clubite lhe tolde o raciocínio e destrua a sua honestidade intelectual (se a tiver, é claro).

16 de maio de 2012 às 23:08

Enviar um comentário

Partilha a tua opinião!

Temas

2011 2011/12 2012 2012/13 2013 2013/14 2014/15 2015/16 2016/17 2017/18 2018/19 2019/20 2ª Divisão A Bola A Magia do Futebol AC Milan Academia Seixal Académica Adeptos Agenda Aguero Aimar Ajax Alemanha Alex Ferguson Alex Sandro Alverca Amigável análise tática Andebol Anderson Talisca André Gomes André Silva Andrea Pirlo Angola Aniversário Antevisão António Salvador Anzhi Apagão Apito Dourado Apostas online arbitragem árbitro Argentina Arouca Arsenal Artur Artur Soares Dias AS Roma Atlético Madrid Atletismo auto-golo Balotelli Barcelona Basquetebol Bayer Leverkusen Bayern Munique Beckenbauer Beira-Mar Béla Guttmann Belenenses Benfica Benfica B Benfica Campeão Benfica TV Bernardo Sassetti Bernardo Silva bilhetes Blatter Blogs Blogs Benfica Blogs Futebol Boavista Boca Juniores Bola de Ouro Bolt Borussia Dortmund Bota de Ouro Boxing Day Braga Brasil Brasileirão Bruno Alves Bruno César Bruno de Carvalho Bruno Lage Bruno Paixão Buffon Bundesliga C. Ronaldo Calendário Campeão Campeonato Alemão Campeonato Argentino Campeonato Brasileiro Campeonato da Europa Campeonato da Europa 2016 Campeonato da Europa 2020 Campeonato do Mundo Campeonato do Mundo de Clubes Campeonato Escocês Campeonato Espanhol Campeonato Holandês Campeonato Italiano Campeonato Maicon Campeonato Nacional campeonatos europeus CAN Canoagem Capdevilla Cardinal Cardozo Carlo Ancelotti Carlos Martins Carlos Vinícius Casagrande CashBall Casillas Caso e-mails Caso vouchers Cavani Cech Celtic Glasgow Chalana Champions Chelsea Chicotada Ciclismo claques clássico Coluna Conselho de Arbitragem Conselho de Disciplina contas título contrato Copa do Mundo 2014 Copa dos Libertadores Corinthians corrupção Cosme Damião CR7 Cristiano Ronaldo crónica futebol D. Kiev David Beckham David Luiz De Gea Deco Defeso Del Piero derby Derby della Madonnina Desportivo das Aves Desportivo de Chaves Desporto Di Maria Di Matteo Diego Costa Direitos TV Djuricic Domingos Doping Doyen Sports Drogba Éder Ederson El Pibe Eleições Eleven Sports Eliseu Emerson Enke Enzo Pérez Equipa Equipas B Eredivisie escândalo Escutas Espanha Estádio da Luz Estádio de Alvalade Estádio do Jamor Estádio Dragão Estatísticas Estoril Estrelas do Futebol EUA Euro 2004 Euro 2012 Euro 2016 Euro 2020 Eusébio Eusébio Cup Everton FA Cup Fábio Coentrão Fair Play Fair Play financeiro Falcao Famalicão FC Porto FCP Federação Portuguesa Futebol Fédération Internationale de Football Association Fehér Feirense Fernando Gomes Fernando Pimenta e Emanuel Silva Fernando Santos Fernando Torres FIFA FIFA World Cup Filipe Final Final Euro 2016 Final Liga dos Campeões Final Liga Europa 2012/13 Final Liga Europa 2013/14 finanças Fintas Fiorentina Flamengo Fluminense Football Leaks FPF França França 2016 Frederico Varandas Funny Football Fura-Redes Futebol feminino Futebol Internacional Futebol Mundial Futebol Nacional Futsal Gaitán Galatasaray Garay Gareth Bale Gianni Infantino Giggs Gil Vicente Glorioso SLB Golden Boy Golo de Bicicleta Golo de Calcanhar Golo de Livre golo do ano Golo do Dia Golo Fantasma Gonçalo Guedes Grimaldo Guarda-Redes Guardiola Gyan Harry Kane Hat-Trick História Holanda Hóquei em Patins Hulk Ibrahimovic IFFHS Inferno da Luz Inglaterra Iniesta Inter International Board Islândia Itália Jackson Martínez James Rodríguez Jardel Jardel (33) Javi Garcia Jimmy Hagan JJ JO João Félix Joaquim Oliveira jogadores Benfica Jogo Duplo Jogos Olímpicos Johan Cruyff John Terry Jonas Jorge Jesus Jorge Mendes Jorge Sousa Jornal Jornal Record José Gomes José Mourinho José Pratas jovem promessa Júlio César juniores Jupp Heynckes Jürgen Klopp Justiça Juventus Kaká Kardec Kelvin Klose Kobe Bryant Kompany Krovinovic Kylian Mbappé La Liga Lampard Lazio Lázio Lebron James Leicester Leis do Futebol Léo Leonardo Jardim lesões Lewandowski LFV liga Liga BBVA Liga da Verdade Liga das Nações Liga dos Campeões Liga Europa Liga Inglesa Liga Nos 2014/15 Liga Nos 2015/16 Liga Nos 2016/17 Liga Nos 2017/18 Liga Nos 2018/19 Liga Nos 2019/20 Liga Orangina Liga Portuguesa Liga Portuguesa Futebol Profissional Liga Zon Sagres Liga Zon Sagres 2012/13 Liga Zon Sagres 2013/14 Ligue 1 Lima Lindelof Lionel Messi Lisandro López Liverpool Ljubomir Fejsa Londres 2012 Lopetegui LPFP Luís Figo Luís Filipe Vieira Luisão Luka Modric Maicon Man. City Man. United Manchester City Manchester United Mantorras Manuel Fernandes Maracanã Maradona Mário Wilson Marítimo Markovic Matic Maxi Maxi Pereira Medalheiro Melgarejo melhor marcador melhores golos 2013 melhores golos 2014 melhores golos 2015 melhores golos 2016 melhores golos 2018 melhores golos 2019 Mercado Mesquita Alves Messi Mexes México Miccoli Michael Jordan Mitroglou MLS Modalidades Moreirense Mourinho Moutinho Mundial 2014 Mundial 2018 Mundial 2022 Mundial Clubes Museu Cosme Damião Nacional Nani Nápoles NBA Nélson Oliveira Newcastle Neymar Nike nº 10 No Name Boys Nolito novo contrato Nuno Espírito Santo Nuno Gomes O. Lyon Oblak Ola John Olegário Benquerença Olhanense Olheiro Olivedesportos Os três grandes Ozil Paços de Ferreira Pantera Negra Paolo Maldini Parceiros Paulo Bento Paulo Fonseca Pedro Proença Pelé Penafiel penalty Pepe Petardos Petit Phelps Ping Pong Pinto da Costa Pizzi PJ Platini Polónia Polvo Portimonense Portugal Portugal Campeão 2016 Postiga pré-época Premier League Prémio Puskas PSG PSV Rafa Silva Ramires Raúl González Raúl Jiménez Raúl Meireles Real Madrid Recordes Red Pass Reforços Regulamentos 72 horas Rei Eusébio relatório contas Renato Sanches Ribery Ricardinho Ricardo Quaresma Rio Ave Riquelme Rivaldo River Plate Robben Roberto Carlos Rodrigo Rodrigo Mora Rojo Ronaldinho Ronaldinho Gaúcho Ronaldo Ronaldo vs Messi Rooney Rúben Amorim Rúben Dias Rui Costa Rui Patrício Rui Vitória Rússia Rússia 2018 SAD Salah Salvio Samaris Santa Clara Saviola SCB Scholes Scolari SCP Seferovic Selecção Sérgio Conceição Sergio Ramos Serie A Sevilha Shakhtar Donetsk Shéu Shevchenko Simão Sabrosa Sistema SL Benfica SLB Slimani sorteio Sport Lisboa e Benfica Sport tv Sporting Steven Gerrard Suárez sub-20 Suécia Suiça Sulejmani Super Maxi Supertaça Taça da Liga Taça da Liga Inglesa Taça das Confederações Taça das Nações Africanas Taça de Portugal Taça do Rei Tecnologia Golo Ténis Tévez The Best Tite Tondela Toni Top 10 Torneio Toulon Tottenham Totti tragédia futebol Transferências Treino Triplete Twitter U. Leiria UEFA UEFA Champions League UEFA Youth League União da Madeira Urreta Uruguai V. Guimarães V. Setúbal Valdés Valência Valentim Loureiro Van Persie VAR vídeo-árbitro Vídeos/Golos Villas-Boas Virgil Van Dijk Vitor Baia Vítor Pereira Vlachodimos Voleibol Walcott Wesley Sneijder Witsel Xavi Xistra Zenit S. Petersburgo Zidane